O que fazer no carnaval de Salvador

É festa! Muita festa! Considerado o maior evento de participação popular do mundo, o Carnaval de Salvador, na Bahia, é um daqueles itens para fazer pelo menos uma vez na vida. Na maioria das vezes, está na lista apenas daqueles que curtem uma bagunça, muita azaração e têm disposição para aguentar o fervor dos blocos e a animação dos cerca de dois milhões de foliões cheios de energia.

A tradição é acompanhar o trio elétrico. Há três circuitos diferentes: o Osmar (Avenida); o Dodô (Barra-Ondina); e o Batatinha (Centro Histórico) e 11 categorias, que vão desde o samba e afoxés, até infantis e travestidos. A área chamada de Cidade do Carnaval ocupa 25 quilômetros em uma estrutura especial montada para a folia. O complexo oferece arquibancadas, camarotes, banheiros químicos, postos de saúde e postos policiais. Sem ter hora para acabar, os seis dias de comemorações são de intensa alegria.

Circuito Barra/ Ondina - Salvador

Circuito Barra/ Ondina – Salvador Foto: Flickr/Creative Commons/Rodrigo Sá/Via/https://flic.kr/p/7Fr9Bh

Se você gosta mesmo é de estar no meio da galera, a melhor opção é comprar o abadá – a camiseta que funciona como seu ingresso, e seguir o trio. O circuito dura aproximadamente de quatro a seis horas. Na rua você pode pular a vontade e ter a chance de ficar pertinho do seu cantor preferido. Mas lembre-se que assim como você, as outras milhares de pessoas super animadas estarão também pulando pra valer. Os foliões têm como comprar bebidas no carro de apoio ou dos vendedores ambulantes. Os banheiros estão espalhados pelo circuito mas, se tiver que escapar antes, é bom lembrar que os bares e lanchonetes costumam cobrar alguns reais para usar os sanitários.

Vista aérea do carnaval em Salvador

Vista aérea do carnaval em Salvador – Foto: Flickr/Creative Commons/Turismo Bahia/Via/https://flic.kr/p/bxcY6z

Tem gente que prefere a conveniência de um camarote. Alguns são open bar, tem também as opções all-inclusive (com comida), além das atrações e programações exclusivas de cada um. A desvantagem é que é praticamente impossível conseguir um espacinho para assistir o trio passando. Por outro lado, quem está no camarote pode descer pra rua e voltar, contanto que tenha o abadá do trio para entrar.

A outra maneira de acompanhar os trios elétricos é na “pipoca”. O apelido popular é para quem não tem abadá e vai andando ao lado da galera mas fora das cordas que delimitam a entrada. De acordo com os “experts” do Carnaval de Salvador, as pipocas mais concorridas são as dos blocos Camaleão, Coruja e Crocodilo. Você pode escolher ainda um lugar fixo para se instalar e apenas esperar os blocos passarem. Uma boa ideia é o Farol da Barra.

Farol da Barra de noite

O Farol da Barra.
Foto por: Flickr/Creative Commons/Fotos GOVBA/Via/https://flic.kr/p/9cTHAA

Para chegar nos locais das festas o ideal é pegar táxi ou, dependendo de onde estiver hospedado, ir caminhando. As regiões de Ondina e Rio Vermelho são boas opções para encontrar hotel em Salvador com preços razoáveis. Os mais jovens também costumam procurar pelos albergues e, para os que viajam em uma turma maior, as vezes compensa alugar uma casa ou apartamento.

Dicas antes de sair de casa: leve uma xerox autenticada do seu RG; use sapatos confortáveis – se possível fechado para proteger dos pisões; não ande com muito dinheiro; vista roupas leves; e passe protetor solar.

Confira também esse artigo sobre outros carnavais pelo mundo.

 

Expedia Brasil

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.
Expedia Brasil

Últimos posts por Expedia Brasil (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *