Compartilhe
1

Washington: o que você precisa saber antes de viajar para lá

Washington DC, a capital do império americano, foi criada para impressionar, com seus imponentes edifícios e grandiosos prédios públicos. Escolhida pelo presidente George Washington para ser a sede do governo dos Estados Unidos, não é só de política que vive a cidade.

É claro que uma visita a Washington não pode deixar de conter passeios à Casa Branca, ao Capitólio ou ao Lincoln Memorial, afinal, esses lugares fazem parte do nosso imaginário, depois de tantos filmes, seriados e noticiários para os quais eles foram cenários. Mas Washington respira arte: é dona do maior complexo de museus do mundo, o Smithsonian Institute, com mais de 142 milhões de obras, em 19 museus. Nove deles servem como centro de pesquisa e estão localizados no National Mall, o parque mais famoso da cidade, que recebe mais de 25 milhões de turistas todos os anos.

National Mall abriga, além dos museus, os prédios enormes e majestosos de órgãos públicos e os monumentos mais famosos da cidade, como o obelisco National Monument. Para conhecê-lo por completo, você precisará de pelo menos três dias (e ainda será pouco), porque há muito que ver por ali. Mas, se não quiser entrar nos prédios e museus, só passar por eles já é um passeio válido. Há um centro de informações, o Smithsonian Information Center in the Castle, que pode ajudar a escolher o que fazer no National Mall. Mas não deixe de visitar o lindo Jardim Botânico e o grande The Capitol, que abriga o Congresso e a Suprema Corte dos Estados Unidos. No tour ao Capitólio, que precisa ser agendado, você poderá, além de admirar a arquitetura interior, aprender sobre a história política do país.

Em Washington, você viverá história. Quase tudo (ruas, avenidas, casas e monumentos) tem nome de ex-presidentes, de figuras importantes ou de temas referentes aos períodos históricos do país.

Um bom meio de transporte para conhecer a cidade é a bicicleta, já que Washington é bem plana e possui mais de 80 quilômetros de ciclovia e cerca de 160 estações de empréstimo de bikes. Até os ônibus têm suporte para carregá-las. Você pode alugar sua bike em uma estação e devolver na outra por US$ 7 ao dia. Mas atenção: se a devolução ou a troca passar de meia hora, você pode ser cobrado com uma taxa adicional.

Se não souber pedalar, saiba que Washington possui estações de metrô perto de seus principais pontos. Porém, a linha não cobre 100% da cidade, então, se preferir comodidade e não quiser depender somente dos transportes públicos, alugue um carro. Afinal, algumas atrações podem parecer estar bem próximas, mas vão exigir que você caminhe um bocado para chegar aonde planeja – isso porque as avenidas são bem largas.

A cidade também é muito conhecida pela diversidade da vida noturna. Há diversos pubs, teatros, bares, casas de show, clubes dedicados ao jazz, restaurantes, cafés, bistrôs e boates espalhadas por toda a Washington DC.

Não deixe de conhecer uma das opções de ostras do menu do restaurante Old Ebbitt Grill, que já foi muito frequentado por políticos, ex-presidentes e celebridades, desde a sua abertura em 1856. Mas reserve sua mesa pelo site antes. Se chegar sem reserva, você pode ficar até uma hora na fila de espera. O restaurante fica bem próximo da Casa Branca e pode ser um ótimo lugar para você almoçar depois de visitar a casa do presidente Obama. Aliás, para conhecer a White House, você não paga nada, mas precisa agendar sua visita com alguns meses de antecedência. O tour guiado pela Casa Branca leva ao Gold-and-White East Room, onde os presidentes recebem convidados importantes, e ao The Red Room, decorado com móveis vermelhos, usado para o chá da tarde.

Para jantar, vá à região do Golden Triangle, onde há diversos restaurantes – e onde você pode se hospedar –, mas certifique-se de que eles estarão abertos. Muitos estabelecimentos fecham aos finais de semana e outros, cedo de segunda a sexta. Os restaurantes são ótimos, e os hotéis, de primeira categoria.

Se você curte obras de arte, faça uma visita ao National Gallery of Art, que possui obras de Monet, Van Gogh, Dali, Gaugin e está pau a pau com o Metropolitan, de Nova York. São cerca de 110 mil obras em exibição, entre pinturas, esculturas e artes gráficas.

Por fim, para fazer suas compras, vá ao bairro Georgetown, que abriga, além de ótimos restaurantes e hotéis, famosas lojas de marca e boutiques locais.

Washington é uma cidade grande e, se quiser conhecê-la a fundo, vá com tempo. Mas qualquer visitinha já vale a pena, basta você administrar seus horários. 😉

Boa viagem!

Beijos,

Luciana Sabbag

Compartilhe
1
Expedia Brasil

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.
Expedia Brasil