Viagens inesquecíveis de trem pelo mundo

Do clássico da literatura da Agatha Christie que conta as aventuras do detetive Hercule Poirot no Expresso do Oriente até a animação Expresso Polar, que narra uma viagem pelos trilhos até o Polo Norte: viajar de trem sempre despertou nossa curiosidade e nossa imaginação. E não é para menos; embarcar em um roteiro desses é a certeza de ter experiências inesquecíveis.

Diferente dos famosos trens de alta velocidade que operam principalmente na Europa e no Japão, viajar em trens panorâmicos é abrir a janela para memórias completamente únicas e especiais.

Uma estação de trem pode ser o ponto de partida para uma viagem sem igual (Crédito da foto: Natalie Soares)

Uma estação de trem pode ser o ponto de partida para uma viagem sem igual (Crédito da foto: Natalie Soares)

Você já pensou em cruzar o Canadá sobre trilhos? E quem sabe apreciar os belos Alpes Suíços da janela de um trem? E chegar a Águas Calientes, a última parada antes de Machu Picchu, em um luxuoso vagão? Veja seis bons roteiros para cair na estrada, ou melhor, nas ferrovias.

The Canadian, no Canadá

A Via Rail, companhia oficial de trens no Canadá, opera uma rota incrível que praticamente cruza esse grande país de ponta a ponta. A viagem começa em Toronto e termina em Vancouver.

Imagine olhar pela janelinha do trem e dar de cara com paisagens como essa (Crédito da foto: Natalie Soares)

Imagine olhar pela janelinha do trem e dar de cara com paisagens como essa (Crédito da foto: Natalie Soares)

Ao longo do caminho, você passará por várias paisagens inesquecíveis, das grandes pradarias até as famosas montanhas rochosas. É um jeito diferente e super original de viajar pelo Canadá, um país de dimensões continentais, com a oportunidade de ver tanta coisa bem de pertinho.

Grand Train Tour, na Suíça

Logo que pensamos em uma viagem para a Suíça, a imagem dos seus trens panorâmicos nos vem à mente. Essa é a maneira mais confortável e luxuosa de explorar as diversas regiões desse pequeno e belo país. A melhor maneira para tirar essa viagem do papel é comprar o Swiss Travel Pass e reservar seu assento em um dos roteiros que cortam o país.

Cruzar os alpes suíços de trem é uma experiência única até para o mais experiente dos viajantes (Crédito da foto: Natalie Soares)

Cruzar os alpes suíços de trem é uma experiência única até para o mais experiente dos viajantes (Crédito da foto: Natalie Soares)

As rotas são variadas; vão de Lucerna a Montreux, de Zermatt a Sankt Moritz, de Lugano ou Zurique até Sankt Gallen. A viagem de trem pode ser feita nas quatro estações do ano e os cenários vão mudando conforme as condições climáticas. Já imaginou cruzar os Alpes Suíços cobertos de neve?

Transiberiano, na Rússia

Se você perguntar para algum viajante de carteirinha qual é a grande viagem que ele sonha em fazer, mas que ainda não fez, provavelmente a resposta será a ferrovia Transiberiana. A rota clássica parte de Moscou e vai até Vladivostok, mas também existem outros itinerários. Um deles termina em Pequim, na China, e atravessa a Mongólia pela Trans-Mongoliana em aproximadamente oito mil quilômetros de estradas de ferro.

Você pode seguir o roteiro desse trenzinho de carga e ir da Rússia até a China (Crédito da foto: Natalie Soares)

Você pode seguir o roteiro desse trenzinho de carga e ir da Rússia até a China (Crédito da foto: Natalie Soares)

Os áridos cenários do deserto da Sibéria, a vida nômade da Mongólia e um passeio pelas grandes muralhas estão entre as atrações que fazem deste roteiro, sem dúvida, uma inesquecível viagem pela Rússia.

Crucero Ecuador, no Equador

O trem Crucero Ecuador foi reinaugurado recentemente e já desponta como um novo símbolo das viagens de trem panorâmicos de luxo no nosso continente. Os vagões e a estrada de ferro são inspirados nos famosos trens europeus; a viagem dura quatro dias e passa por vulcões, parques nacionais e pequenas comunidades indígenas. O trem parte de Quito e segue para Guayaquil, no litoral, cruzando os Andes. Destaque para o folclórico trecho sinuoso no final da viagem, que corta as montanhas, conhecido como Nariz del Diablo. Para quem sonha em viajar para o Equador, essa pode ser uma ótima ideia.

Rovos Rail, na África do Sul

Considerado um dos trens mais luxuosos do mundo, o Rovos Rail parte da Cidade do Cabo em direção a Pretória em uma viagem que percorre cerca de 1.600 quilômetros em uma viagem pelo coração da África do Sul. O trem, todo construído em estilo vitoriano, ainda conta com algumas antigas locomotivas a vapor totalmente restauradas. As cabines possuem grandes camas, Wi-Fi e até banheiras privativas. A carta de vinhos e a comida servida no restautante também são sempre muito elogiadas, assim como os belos cenários que a ferrovia corta. O trem passa também por Matjiesfontein, autêntica e preservada vila vitoriana, e por Kimberley, onde fica o Big Hole, o maior buraco do mundo já feito pelo homem.

Quem gosta de viagens luxuosas precisa conhecer o Rovos Rail (Crédito da foto: Natalie Soares)

Quem gosta de viagens luxuosas precisa conhecer o Rovos Rail (Crédito da foto: Natalie Soares)

Em alguns períodos do ano, ainda é possível fazer uma viagem a bordo do Rovos Rail saindo da Tanzânia ou da Namíbia em direção a África do Sul.

Hiram Bingham, no Peru

O antigo trem do grupo Orient Express, que atualmente se chama Belmond, cruza os mais belos cenários do Valle Sagrado, no Peru, até chegar a Machu Picchu, a cidade perdida dos incas. O trem leva esse nome em homenagem ao explorador que redescobriu a cidadela.

Quer ver Macchu Picchu por um ângulo diferente? Vá de trem (Crédito da foto: Natalie Soares)

Quer ver Macchu Picchu por um ângulo diferente? Vá de trem (Crédito da foto: Natalie Soares)

Ao longo da viagem, você pode aprender como preparar seu próprio Pisco Sour, bebida típica do Peru e do Chile. Com certeza, você também vai apreciar a boa gastronomia e o vagão aberto para observação da paisagem, que é realmente inesquecível para quem viaja para o Peru, seja de trem ou não.

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)