Um tour cultural pela Curitiba do poeta Paulo Leminski

“(…) mas problemas não se resolvem,

problemas têm família grande,

e aos domingos

saem todos a passear

o problema, sua senhora

e outros pequenos probleminhas”

Este é um trecho do poema “Bem no fundo” do famoso poeta curitibano Paulo Leminski, que ganhou recentemente um roteiro cultural em sua homenagem. O projeto foi desenvolvido com o apoio de sua família e do órgão oficial de turismo da cidade com o objetivo de homenagear um dos seus personagens mais célebres.

Paulo Leminski em um de seus retratos

Paulo Leminski em um de seus retratos 

O circuito passa pelas casas onde o poeta morou, restaurantes e bares favoritos, além de locais que costumava frequentar como forma de manter viva sua memória e suas poesias.

Infelizmente, ainda não existe nenhum tipo de mapa interativo ou site que você possa consultar no celular para organizar seu percurso. Apenas estão disponíveis folders impressos com o itinerário completo na oficina de turismo de Curitiba (Rua da Glória, 362 – Centro Cívico). Enquanto esse roteiro oficial não está disponível, aí vão alguns pontos imperdíveis para os fãs do poeta.

Livraria do Chain

Livraria do Chain

A produção intelectual que Leminski nos deixou é enorme e uma das grandes fontes para alimentar esses pensamentos inquietos é uma livraria da cidade chamada Livraria do Chain (Rua Gen. Carneiro, 441 – Alto da Glória), que, apesar de todas turbulências sofridas pelo mercado editorial, ainda continua de portas abertas.

Na Praça Osório, fica um dos bares favoritos do Leminski: o Bar Stuart. Aberto em 1904, o bar é um dos mais antigos da cidade e ainda preserva muito bem suas antigas características, assim como um cardápio de aperitivos bem brasileiros.

O tradicional bar Stuart

O tradicional bar Stuart

Da cerveja à música, seus versos passaram por grandes nomes da música brasileira como Caetano Veloso e Ney Matogrosso, por isso, como forma de homenageá-lo, o endereço dos grandes shows de Curitiba leva seu nome: a Pedreira Paulo Leminski.

Ah! Aproveite também para conferir o muro na entrada da Galeria Júlio Moreira, no Largo da Ordem, pois ali fica um grafite enorme com o rosto e um dos poemas do autor. Além dessa homenagem, esse trabalho faz parte de um projeto bem interessante de street art que acontece no centro de Curitiba.

Produção do retrato de Leminski na entrada da Galeria Júlio Moreira

Produção do retrato de Leminski na entrada da Galeria Júlio Moreira

A capital do Paraná é uma daquelas cidades fofas que sempre merecem uma nova visita, seja num bom feriado ou num final de semana prolongado. Ela ainda tem a vantagem de combinar muito bem com as quatro estações do ano e estar a praticamente uma ponte aérea de distância. Motivos para visitá-la ou revisitá-la são muitos: belos parques, museus, cafés, artesanatos regionais, ótimos restaurantes e um bocado de rimas e poesias também 😉

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)