Top 5 viagens saindo de Curitiba

Aposto que você conhece alguém que visitou Curitiba e ficou morrendo de vontade de se mudar. Certinha e organizada, a capital do Paraná é realmente um bom exemplo de planejamento urbano e também manda muito bem como destino turístico consagrado no Brasil.

Além dos cartões postais conhecidos, a cidade costuma receber exposições diferentes e tem caprichado no quesito gastronomia. Então, bons motivos para conhecê-la ou revisitá-la não lhe faltam.

Quem dedica mais tempo para visitar a cidade, ainda tem a oportunidade de fazer alguns passeios pela região e explorar outros lugares bem legais e pouco conhecidos.

A vida cultural, os museus e galerias de Curitiba são uma boa opção de visita na cidade

A vida cultural, os museus e galerias de Curitiba são uma boa opção quando em visita na cidade

Os melhores bate e voltas saindo de Curitiba

Colônia Witmarsum

Na pacata cidade de Palmeira, a menos de 80 quilômetros de Curitiba, fica a Colônia Witmarsum, um reduto de imigrantes alemães fundado a menos de 100 anos. Hoje a região atraia principalmente quem gosta de fazer turismo rural e sentir como é a vida no campo.

O melhor período da semana para visitar a colônia é aos sábados e domingos quando acontece a feirinha gastronômica, em frente ao mercado central. Os produtores locais levam todo tipo de quitute típico para vender para os visitantes: de doces típicos, até geleias caseiras e queijos.

Você ainda pode conhecer o pequeno museu de história Witmarsum que explica como foi esse processo de imigração, comprar artesanatos do sul da Alemanha e ainda fazer um passeio de trator pela vila.

Casa típica da Colônia Witmarsum

Casa típica da Colônia Witmarsum

Lapa

Poderia ser a região boemia do Rio de Janeiro, mas na verdade estamos falando da simpática cidade histórica paranaense chamada Lapa. A 65 km da capital, ela guarda o maior conjunto arquitetônico bem preservado do estado e lembra um pouco os ares de Paraty.

Do Monumento ao Tropeiro siga pela Avenida das Tropas, a principal da cidade, até o centro histórico. O Theatro São João, Museu Histórico e Museu das Armas são alguns dos pontos imperdíveis. Uma visita ao Museu do Mate e ao Alambique do Lara também complementam bem seu dia pela Lapa.

A bela cidade de Lapa

A bela cidade de Lapa

Parque Estadual de Vila Velha

Outro nome pegadinha: o parque estadual de Vila Velha não faz divisa com a cidade de Vitória, no Espírito Santo. É um segredo bem guardado do Paraná que merece entrar no seu roteiro como uma extensão de viagem para Curitiba.

O parque fica no sentido de Ponta Grossa, a cerca de 100 km, e preserva diversas formações geológicas milenares impressionantes. Para conhecer as principais, basta seguir as trilhas sinalizadas ao lado do guia que explica cada trecho do percurso. Você não precisa ser um grande atleta para percorrê-las, todas são de intensidade leves. Não deixe de visitar a Lagoa Dourada, o ponto alto de Vila Velha.

Parque Estadual de Vila Velha

Parque Estadual de Vila Velha

Trem da Serra do Mar

Um dos passeios campeões de audiência no Paraná é, sem dúvidas, o trem que parte de Curitiba em direção a Morretes, cruzando a Serra do Mar. Esse é um dos roteiros contemplativos mais bonitos do Sul do Brasil e passa por um trecho preservado da Mata Atlântica, considerado reserva da Biosfera. Ao longo do percurso, você vai ver várias cachoeiras, cânions, pontes e túneis.

Ao final do tour, é hora de conhecer a pequena cidade de Morretes e provar seu famoso barreado, um dos pratos típicos da região. Se o trem não for uma opção de passeio, a alternativa é viajar de carro pela Estrada da Graciosa, que como você pode imaginar, tem esse nome por conta do lindo cenário que a envolve.

Trem da Serra do Mar

Trem da Serra do Mar

Ilha do Mel

E quem disse que não dá praia no Paraná? Dá praia e das boas! A Ilha do Mel é o trecho mais bonito do litoral e merece mais do que um bate e volta saindo de Curitiba. Com o passar dos anos, a infraestrutura de restaurantes e pequenas pousadas tem melhorado, possibilitando uma estadia maior a quem visita a ilha.

Com praias praticamente desertas, a Ilha do Mel atrai surfistas e viajantes em família. A Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres e Farol das Conchas são os principais cartões postais. A primavera e o verão são as melhores épocas do ano para passear por suas praias.

Ilha do Mel

Ilha do Mel

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)