Compartilhe
0

Top 5 praias para fugir do frio no Nordeste

Se você é da turma que detesta frio e adora fugir para o Nordeste no inverno, esse post é para você. Reunimos cinco praias incríveis e tranquilas por lá para quem quer escapar deste finalzinho de inverno – embora esteja quente inclusive aqui no sul do país. Escolha a que mais combina com você, faça as malas e vá aproveitar aquele clima de sossego, sombra e água fresca que você só encontra na beira do mar na Bahia, no Ceará, em Pernambuco, Alagoas…

Praia do Toque – São Miguel dos Milagres, Alagoas

Meu canto favorito no Brasil, a Praia do Toque merece todos os elogios e adjetivos que você provavelmente vai ouvir de quem já a conheceu ao vivo. Tem um tom de mar caribenho, mas com a vantagem de ter água morna. Está longe das praias superlotadas com cadeiras de plásticos, e os hotéis dessa região são um convite perfeito para o descanso e, por que não, para uma bela lua de mel fora de hora.

Fala sério: é impossível voltar estressado de uma viagem de férias numa praia como essa (Crédito da foto: Natalie Soares)

Fala sério: é impossível voltar estressado de uma viagem de férias numa praia como essa (Crédito da foto: Natalie Soares)

A região é formada por 40 quilômetros de praias praticamente desertas e muitas pousadas charmosas. A menina dos olhos, precursora desse movimento e que ainda segue na contramão do turismo de massa é a Pousada do Toque, famosa pela gastronomia e pelas caipirinhas caprichadas. Você não vai querer curtir outro programa fora do circuito praia–piscina–espreguiçadeira.

A praia do Toque é linda, sim, mas também vale a pena perder um tempinho na piscina na sua pousada (Crédito da foto: Natalie Soares)

A praia do Toque é linda, sim, mas também vale a pena perder um tempinho na piscina na sua pousada (Crédito da foto: Natalie Soares)

Mais restaurantes estão abrindo na região e você sempre pode optar também por provar a cozinha das pousadas na vizinhança – entretanto, não se esqueça de ligar e fazer a reserva antes de sair.

Como o clima é um convite perfeito para o descanso do corpo e da mente, esqueça aquela agenda lotada de passeios. Se quiser diversificar a programação, agende um tour de jangada até a piscina natural e uma visita ao peixe-boi no rio Tatuamunha.

Para chegar até São Miguel dos Milagres, o coração da Rota Ecológica, pegue um voo para Maceió e siga por terra pela rodovia AL 101 Norte. Mas atenção: a estrada corta o interior do estado e quem não conhece a região pode se perder facilmente.

Ou seja, se você não tem serviço de transfer até a Praia do Toque, alugue um carro no aeroporto e siga o GPS do seu carro. Vale dar uma boa olhada e até imprimir um mapa antes – vai que o 3G do seu celular não pega…

Taipu de Fora – Barra Grande, Bahia

Com 50 quilômetros de praias pouco exploradas e desconhecidas, a Península de Maraú guarda grandes segredos do litoral baiano. Assim como a Rota Ecológica, essa região ainda não é tomada pelo turismo de massa e preserva cenários incríveis e pousadas fofas.

O combo céu + areia + mar + sossego descreve bem o clima e a paisagem de Taipu de Fora (Crédito da foto: www.flickr.com.br/matheuslotero - Creative Commons License)

O combo céu + areia + mar + sossego descreve bem o clima e a paisagem de Taipu de Fora (Crédito da foto: www.flickr.com.br/matheuslotero – Creative Commons License)

A praia mais famosa dessa área talvez seja Taipu de Fora, que fica a 20 minutos de jardineira de Barra Grande. Você já deve ter visto fotos das piscinas naturais de Taipu ou ouvido falar da pousada Pousada Taipu de Fora, que levou fama para lá.

Dona de um mar azul clarinho e areia fina, a praia ainda foi presenteada com coqueiros que emolduram o cenário ideal assim como no nosso imaginário de praia perfeita. Você pode curtir esse belo destino numa boa e ainda aproveitar a estrutura de bares espalhados pela região.

O passeio mais famoso, sem dúvidas, é nadar ou fazer snorkel nas piscinas naturais. Mas fique atento para não perder a viagem: elas só aparecem em determinados períodos do mês, por isso, é importante visitar Taipu de Fora durante a maré baixa e checar a tábua das marés antes, para madrugar na praia e pegar as piscinas.

O acesso à Península do Maraú ainda depende de um certo requebrado. É preciso voar até Ilhéus, reservar um transfer com a pousada, ou tomar um ferry ou lancha rápida saindo de Salvador. Consulte sua pousada antes de embarcar, eles podem ajudar a explicar qual é a melhor logística para chegar até esse pedacinho de paraíso.

Fernando de Noronha – Pernambuco

É difícil descrever Noronha sem cair nos clichês e termos comuns, como “praias paradisíacas”. Mas uma coisa é fato: a ilha provoca desejos e arranca suspiros até dos viajantes mais inveterados.

Fernando de Noronha é sinônimo de praia paradisíaca; nem adianta tentar fugir do clichê

Fernando de Noronha é sinônimo de praia paradisíaca; nem adianta tentar fugir do clichê

Apenas 700 sortudos são permitidos por noite na ilha. Por isso, aproveite para ficar o máximo de tempo que conseguir e curtir esse cantinho especial do nosso país. E olha só a boa notícia: já pode reservar sua pousada! Estamos entrando na época ideal para visitar Fernando de Noronha, pois é o começo do período da seca, que vai de agosto até meados de fevereiro. 🙂

Chegar é fácil: todos os dias saem voos do Recife para Noronha e rapidamente você chegará à sua pousada. Mas, para tanto, é preciso pagar duas taxas de preservação que são importantes para a manutenção e a infraestrutura da ilha.

A Vila dos Remédios é considerada o centro histórico de Fernando de Noronha. Nela, se concentram vários barzinhos e lugares legais para caminhar durante a noite. Na ilha, são oferecidos diversos tipos de hospedagem que se adequam a todo tipo de bolso.

Além de curtir as belas praias, é possível fazer um passeio de barco e quem sabe até cruzar com simpáticos golfinhos, ou talvez mergulhar pela primeira vez e se encantar com a diversidade marinha. Outro programa bacana é ver a captura das tartarugas na praia do Sueste.

Flecheiras – Trairi, Ceará

Cerca de 150 quilômetros separam a capital do Ceará de uma das praias mais bonitas e tranquilas do estado: Flecheiras. Como no Nordeste o inverno é sempre gostoso e o frio praticamente não existe, essa época do ano é um ótimo período para aproveitar as pousadas da região, os restaurantes de comida tipicamente caseira e dormir com aquele barulhinho do mar super relaxante.

Águas calmas e clarinhas são uma das marcas registradas da praia de Flecheiras (Crédito da foto: www.flickr.com.br/deltrafrut - Creative Commons License)

Águas calmas e clarinhas são uma das marcas registradas da praia de Flecheiras (Crédito da foto: www.flickr.com.br/deltrafrut – Creative Commons License)

A praia é um misto de rusticidade, belas paisagens e muito sossego, perfeita para quem quer passar uns dias descansando em uma pousada e esquecer a vida.

Querendo diversificar os passeios, na região ainda é possível fazer um tour com o catamarã Bicho Preguiça e visitar a praia vizinha de Mundaú, uma das paisagens mais bonitas do Ceará.

No quesito hospedagem, o novo hotel Zorah Beach, em Trairi, é referência em bom gosto e clima aconchegante no Nordeste.

Para chegar até Flecheiras é fácil: basta alugar um carro em Fortaleza e seguir de Fortaleza pela rodovia estadual CE-085 que é bem sinalizada.

Barra Grande – Cajueiro da Praia, Piauí

A praia fica a 400 quilômetros de Teresina e é o ponto de encontro dos apaixonados por kitesurf. Ainda não descoberta pelo turismo de massa, Barra Grande viu surgir nos últimos anos várias pousadas que integram perfeitamente esse clima rústico e sereno da região. A maioria é daquele delicioso tipo “pé na areia”, de frente para praias tranquilas e que ainda não sofrem com a superlotação.

Em Barra Grande, seu grande companheiro sera o vento, que atrai praticantes de kitesurf (Crédito da foto: www.flickr.com.br/Adri00 - Creative Commons License)

Em Barra Grande, seu grande companheiro sera o vento, que atrai praticantes de kitesurf (Crédito da foto: www.flickr.com.br/Adri00 – Creative Commons License)

O point no centrinho de Barra Grande é o restaurante Manga Rosa. Se você estiver passando férias por lá, não deixe de reservar o passeio pelo mangue para ver os cavalos-marinhos.

Não sabe como chegar? Basta pegar um voo até Parnaíba, que fica a 70 quilômetros de Barra Grande, e seguir de carro até a praia.

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)