Top 5 destinos sustentáveis que você precisa conhecer

Um conceito que vem crescendo entre os viajantes do mundo todo é o turismo sustentável. Na prática, ele pode ajudar a minimizar os impactos dos turistas nos destinos visitados – tanto ambientais quanto socioculturais –, enquanto promove benefícios econômicos para as comunidades locais.

Nos últimos anos, têm pipocado iniciativas que tentam premiar as melhores ideias ou orientar os turistas para que cada viagem possa causar menos impacto no meio ambiente. No final do ano passado, a instituição Green Destinations premiou os 100 destinos mais sustentáveis do mundo de acordo com uma avaliação feita por especialistas, que levaram em conta critérios como meio ambiente, cultura, bem-estar social e economia verde.

Segundo esse índice, Bonito, no Mato Grosso do Sul, foi considerada uma das cidades mais sustentáveis do mundo, graças ao programa de desenvolvimento turístico da região. Outro destino nacional que entrou para o ranking foi o arquipélago de Fernando de Noronha. Você pode conferir a lista completa no site oficial da Green Destinations.

Se você curte a ideia de praticar o turismo sustentável, dê uma olhada nas dicas abaixo, que têm tudo a ver com esse conceito. Os lugares não estão no top 100 da Green Destinations, mas um deles pode ser o destino das suas próximas férias. 🙂

Top 5: destinos sustentáveis

  1. Whitepod Resort – Suíça

O Whitepod Resort é formado por tendas que oferecem uma experiência exclusiva e de baixo impacto ambiental no coração dos alpes suíços – encontre sua passagem aérea para a Suíça aqui. A única maneira de chegar até o hotel durante o inverno é caminhando com snowshoes, aqueles sapatos que parecem raquetes, enquanto, no verão, é preciso fazer uma trilha. O resort se orgulha por ser livre de carros e repleto de muita calmaria.

É possível curtir uma viagem sustentável pelos alpes suíços, seja no inverno ou no verão

É possível curtir uma viagem sustentável pelos alpes suíços, seja no inverno ou no verão

Cada tenda, em formato de cápsula, é montada sobre uma plataforma de madeira, de modo que possa ser levada para outros lugares e remontada com pouco impacto ambiental. O hotel utiliza apenas fontes de energia renováveis e já ganhou inúmeros prêmios por conta dessas características, incluindo o Prêmio Mundial de Turismo Sustentável e o Prêmio de Turismo Responsável pela Inovação.

  1. EcoCamp – Chile

No parque nacional Torres del Paine fica o EcoCamp, um acampamento que segue a mesma linha do Whitepod e é formado por grandes domos que lembram os antigos abrigos do povo Kaweskar, uma tribo nômade que viveu há muito tempo na região. Para chegar, você deve voar até o aeroporto de Punta Arenas.

No parque de Torres del Paine, é possível acampar em uma área dedicada ao turismo sustentável. (Crédito da foto: Natalie Soares)

No parque de Torres del Paine, é possível acampar em uma área dedicada ao turismo sustentável. (Crédito da foto: Natalie Soares)

Autointitulado o primeiro hotel geodésico (ligado a geodesia, ciência que trata das formas da Terra) sustentável no mundo, o EcoCamp utiliza energia gerada apenas com recursos naturais renováveis e fez uma parceria com o programa CarbonFree para compensar todas as suas emissões de carbono.

  1. Hi Hotel – França

Em Nice, na famosa Côte D’Azur, o Hi Hotel também tem atraído olhares. Ele recebeu recentemente a certificação Green Globe pelo uso de papel reciclado, tinta orgânica, produtos de limpeza ecológicos e alimentos orgânicos. O hotel e spa apresenta um novo conceito de luxo e conforto, com espaço e decoração funcionais.

Na riviera francesa, é possível combinar luxo e sustentabilidade em um só destino

Na riviera francesa, é possível combinar luxo e sustentabilidade em um só destino

O hotel fica na beira da praia em plena Riviera Francesa, que dispensa maiores apresentações, afinal, é uma das regiões com mais belas paisagens de toda a Europa.

  1. Refúgio Ecológico Caiman – Brasil

A reserva fica em Miranda, no Mato Grosso do Sul, em pleno Pantanal, e oferece dois tipos de hospedagem. Os visitantes podem ficar nas private villas, que são como chalés, e duas pousadas, a Cordilheira e a Baiazinha – ambas são separadas por 22 quilômetros de distância.

Você pode se hospedar dentro de uma área de preservação em meio ao Pantanal

Você pode se hospedar dentro de uma área de preservação em meio ao Pantanal

A fazenda onde fica a reserva tem 53 mil hectares. Lá, é desenvolvido um programa de conservação da natureza, que inclui apoio a projetos de pesquisa e manejo de espécies.

  1. Monte Azul – Costa Rica

O hotel fica em meio às montanhas de Talamanca, na Zona Sur, região menos turística do país, e a cerca de três horas de carro do aeroporto da capital San José. As acomodações ficam cercadas pela natureza local, sem televisão e sem permissão para fumar em todas as dependências. É só descansar e curtir o clima – e, para quem quer relaxar, vale também uma visita ao spa, onde são usados produtos orgânicos, como o sabão que é feito no próprio hotel.

As preguiças estão entre os animais preservados na reserva de Monte Azul

As preguiças estão entre os animais preservados na reserva de Monte Azul

Além de conforto e tranquilidade, o Monte Azul oferece atividades como tour guiado para ver a natureza de pertinho e observar pássaros, visita a fazendas da região para conhecer a produção de café e de laticínios, workshops de arte e culinária local, tudo com pegada sustentável.

Tomara que inciativas como essas se tornem cada vez mais frequentes e acessíveis para os viajantes do mundo todo. 🙂

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *