Compartilhe
0

Suas 36 horas em Amsterdã

Pisei pela primeira vez em Amsterdã em 1997 e achei a cidade bem pequena, mas ainda assim internacional, intensa, jovem e cheia. Desde então a cidade se expandiu de norte a sul, tornou-se ainda mais cosmopolita e interessante. A cada pisada na cidade, eu me apaixono um pouco mais por ela. E a paixão tem sido em doses homeopáticas, não foi amor à primeira vista. Esse ano eu pisei 3 vezes na capital holandesa e 8 vezes no aeroporto.

Amsterdã é hoje a oitava cidade mais visitada da Europa. É uma cidade culturalmente rica em todos os sentidos. História, música, arte, arquitetura, design, moda e gastronomia é algo presente o suficiente para fazer uma viagem para lá focando apenas em um desses campos. A capital holandesa abriga cerca de 800 festivais de música no verão para todos os estilos. É por lá que acontece, por exemplo, o ADE – Amsterdam Dance Event -, a maior conferência de música eletrônica do mundo.

Os canais estão por todos os lados e são o cenário clássico e belo da cidade

Os canais estão por todos os lados e são o cenário clássico e belo da cidade

É também a capital da bicicleta ou você já viu em algum lugar do mundo estacionamentos de 2 andares só para acomodá-las? Mas a sugestão é: não fique somente no centro da cidade, visite o norte de Amsterdã. É por lá que a cidade respira ainda mais criativamente.

Um fim de semana é pouco para Amsterdã, ainda assim dá para aproveitar o que há de melhor nela.

Se você manda bem em cima de uma bicicleta, ela é com certeza a melhor alternativa para se virar na cidade. Alugue uma pelo fim de semana e não se acanhe em encarar o trânsito feroz que existe nas ciclovias.

As tupilas, em plena cidade, sinônimos de Holanda

As tupilas, em plena cidade, sinônimos de Holanda

Onde tomar um bom café da manhã

O Coffee & Coconuts fica num antigo cinema construído nos anos 20 num dos bairros mais descolados de Amsterdã, o Pijp. O espaço é amplo com 3 andares, é charmoso, tem uma atmosfera relaxada e um público bem estiloso, a maioria locais. O menu é bem diversificado e saboroso. Quem adora um café além do expresso, tem várias outras opções para pedir. Os ovos beneditinos é de comer com joelhos. Endereço: Ceintuurbaan 282-284, Pijp, Amsterdã. Horários: Diariamente, das 8 às 23h.

Quem preferir um café da manhã no belo Vondelpark, já aproveita para passear no parque depois. O ’t Blawe Theehuis fica num pavilhão modernista redondo construída nos anos 1930 e funciona como a “Casa do Chá Azul” desde então. O terraço é super concorrido no verão e é um bom pit stop para um drink também. Endereço: Vondelpark 5, Amsterdã. Horários: Diariamente, das 9 às 21h.

Caso queira um bom café da manhã acompanhado de panquecas holandesas, anote o Pancakes Amsterdam, que tem também panquecas sem glúten e feitas das mais variadas formas, salgadas ou doces, além de ótimas opções de sucos. Endereço: Berenstraat 38, Jordaan, Amsterdã.

O ambiente aconchegante do ’t Blawe Theehuis

O ambiente aconchegante do ’t Blawe Theehuis

Para inspirar

Um fim de semana apenas em Amsterdã pode tornar a experiência um suplício, já que as opções são muitas, mas é relaxar e escolher o que mais tem a sua cara. A cidade tem ótimos museus e alguns imperdíveis. Se arte for a sua praia, dá para passar um dia só nos museus de Museumplein, onde fica a famosa placa “I love Amsterdam”. O Stedelijk Museum tem um amplo acervo com cerca de 90.000 obras dedicadas à arte moderna e contemporânea e design. São diversas coleções dos principais movimentos artísticos como Expressionismo Abstrato, Pop Art, Bauhaus, Amsterdam School, De Stijl. O acervo conta com trabalhos de Cézanne, Chagall, Van Gogh, Kandinsky, Picasso, Pollock, Warhol, Kienholz, De Kooning, só para citar alguns. Endereço: Museumplein, 10, Amsterdã. Horários: Diariamente, das 10 às 18h (sexta até às 22h).

O Rijskmuseum reabriu suas portas em 2013 depois de uma grande reforma. O museu é dedicado à arte holandesa desde a Idade Média até o século 20. Ótima oportunidade para destrinchar a história dos Países Baixos através da arte. São 80 salas espalhadas em quatro pisos. Ou seja, só ali dá para passar um dia inteiro. Endereço: Museumstraat, 1, Amsterdã. Horários: Diariamente, das 9 às 17h.

Obras dos talentos da FOAM em exposição à beira dos canais, em 2013

Obras dos talentos da FOAM em exposição à beira dos canais, em 2013

Quem gosta de fotografia tem que colocar o FOAM na lista. O lugar é uma mistura de museu, galeria, revista e fundação. São três casas interligadas que dão espaço ao museu, exposições permanentes e uma média de quatro temporárias acontecendo simultaneamente. Quem gosta de visita guiada pode usufruir às quintas-feiras de tours gratuitos pelo museu, que duram 1 hora e acontecem à noite. Quem for lá até 7 de Dezembro, poderá conferir uma bela exposição do Ai Weiwei. Endereço: Keizersgracht 609, Amsterdã. Horários: Segunda a quarta, 10 às 18h; Quinta e sexta, 10 às 21h; Sábado e domingo, 10 às 18h.

Já atravessando para o lado norte da cidade tem o belíssimo Eye, um incrível prédio projetado pelo escritório Delugan Meissl. O museu é dedicado ao cinema e conta com um acervo com mais de 46.000 filmes, 450.000 fotografias e 35.000 posteres. Tem sempre novas exibições rolando, uma ótima livraria e um delicioso restaurante, que inclusive vale a parada para um almoço ou jantar. Endereço: IJpromenade 1, Amsterdã. Horários: Domingo a quinta, das 10 às 22h; Sexta e sábado, das 10 às 23h.

Para ver a cidade

Caso queira passear pelos canais, o Amsterdam by Candlight é um tour noturno com duração de duas horas. O passeio é uma ótima opção para casais, vem acompanhado de vinho, queijos e biscoitos. Custa € 29,50 por pessoa e acontece somente entre os meses de abril e outubro, saindo de Rokin às 21h. Mais infos aqui.

Para ver a cidade das alturas, Amsterdã conta com o novo Adam Lookout, um deck instalado no 20º de um prédio, onde é possível tomar um drink e contemplar o pôr-do-sol e a cidade 360º. É imperdível! Fica ao lado do Eye. Endereço: Overhoeksplein 5, Amsterdã. Horários: diariamente, das 10 às 22h (última entrada às 21h). Tem cobrança de entrada: € 12,50 (adulto) e € 20 no horário do pôr-do-sol (inclui um drink).

Para comer

Se tem algo que Amsterdã também esbanja é na gastronomia variada. Boas opções não faltam, tanto de cozinha local, quanto internacional.

Um dos lugares que fui e mais gostei por lá é pllek, construído em antigos contêineres bem ao norte de Amsterdã. É totalmente fora do burburinho turístico e te oferece uma outra visão da cidade. É uma ótima opção para um longo almoço, esteja o dia ensolarado ou não. Mas se estiver ensolarado, espere por um clima praia, já que o restaurante fica bem em frente ao Lago IJ, que também é possível contemplá-lo no inverno, já que suas paredes possuem uma grande fachada de vidro. O cardápio não é muito extenso, mas conta só com produtos orgânicos. Sanduíches, sopas ,saladas, sucos e opções de vinho. Também rola uma programação cultural e musical. Vale conferir a agenda. O melhor jeito para chegar lá é de ferry a partir da estação Central. Endereço: TT Neveritaweg 59, Amsterdã Norte. Horários: Domingo a quinta, das 9h30 à 1h; Sexta e sábado, das 9h30 às 3h.

O diferenciado Pllek

O diferenciado pllek

Já no centro da cidade tem o delicioso Café de Jaren, que conta com um ótimo terraço aberto para um canal, perfeito para dias quentes. Também tem uma grande área interna, perfeita para dias frios. Vale a parada para um café, um almoço ou até mesmo um chá da tarde. O menu conta com opções fartas para café da manhã, sanduíches, saladas, sopas. No jantar opções mais elaboradas com peixes, carnes, massas e saladas. Endereço: Nieuwe Doelenstraat 20 – 22, Amsterdã. Horários: Diariamente, das 8h30 à 1h; Sexta e sábado, até às 2h (o restaurante funciona diariamente das 17h30 às 22h30)

O Tolhuistuin, ou THT como é chamado, funcionou entre 1941 e 2011 como refeitório da Shell, onde mais de 1.200 funcionários almoçavam diariamente. Foi reformado e agora conta com um cardápio contemporâneo, utilizando somente produtos sazonais. Opções vegetarianas e peixes, carnes, frias ou quentes, compõem o menu do jantar. No almoço são servidos sanduíches, saladas e sopas. Ótimo custo & benefício também. Endereço:Tolhuisweg 2, Amsterdã. Horários: diariamente a partir das 10h. O almoço é servido entre 11 e 16h e o jantar, das 17h30 às 22h. Pagamento somente com cartão.

Apaixonados por lamen coloquem o Ramen-Ya nos lugares para ir. O lugar é pequeno, concorrido e paraíso para amantes de lamem, que custam a partir de € 11,50 e são bem servidos. Ele fica bem escondidinho no porão de um prédio histórico. Endereço: Oudezijds Voorburgwal 236. Tel: +31 020-2103033. Horários: diariamente, das 12 às 22h (a cozinha fecha às 21h45).

Um pouco do De Kas

Um pouco do De Kas

O De Kas é comandado pelo estrelado chef Gert Jan Hageman, que conseguiu transformar uma antiga estufa de vegetais, usada desde 1926, em um restaurante. Claro que a estufa não foi desativada e é nela que são cultivados os vegetais e ervas que compõem o cardápio. É possível visitar a estufa. Mas claro, o restaurante é super concorrido e é necessário reservar uma mesa. O menu é degustação, mas há também opções apenas de pratos principais. Endereço: Kamerlingh Onneslaan 3, Amsterdã. Horários: Almoço, Segunda a sexta, das 12 às 14h; Jantar, Segunda a Sábado, das 18h30 às 22h. Não abre aos domingos.

 Para tomar drinks ou dançar

O Sky Lounge Amsterdam, ao lado da Estação Central, oferece uma vista incrível da cidade, conta com DJs, um delicioso cardápio de comidinhas e ótimos drinks. Endereço: Oosterdoksstraat 4. Horários: Domingo a terça, das 11 à 1h; Quarta e Quinta, das 11 às 2h; Sexta e Sábado, das 11 às 3h.

O Brouwerij ‘t IJ é uma boa opção para quem ama cervejas artesanais. São 25 tipos de cervejas produzidas artesanalmente no local. Endereço: Funenkade 7, Amsterdã. Horários: Funciona diariamente das 2 às 20h

O Disco Dolly existe há cerca de 50 anos e está sempre lotado. No segundo andar rola mais música pop e no primeiro, música eletrônica sempre com um line-up primoroso. O público é animadíssimo e o lugar é ótimo para encerrar a noite. Endereço: Handboogstraat 11/HS, Centro, Amsterdã. Horários: Segunda a Quinta, das 21 às 4h; Sexta e Sábado, até às 5h e Domingo, das 21 às 4h.

Vista do Brouwerij ‘t IJ

Vista do Brouwerij ‘t IJ

Compartilhe
0
Lalai Persson

Lalai Persson

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Lalai Persson é DJ e produziu festas por 5 anos em São Paulo, trabalhou por 10 anos com publicidade, é uma das co-fundadoras da agência Remix Social Ideas, além de ser curadora da área de música de eventos como youPIX e Campus Party. É blogueira desde o início de 2000 e em 2013 criou o Chicken or Pasta, site de lifestyle de viagens. Atualmente está na estrada sempre que possível.
Lalai Persson

Últimos posts por Lalai Persson (veja todos)