Os destinos mais baratos para viajar pela América do Sul

Eu sei que a desvalorização da nossa moeda e o câmbio atual assustaram muita gente, mas não é hora de desistir do sonho de viajar e conhecer o mundo todo. Já fizemos um post sobre como planejar sua viagem durante a crise, agora é a vez de sugerir os destinos baratos para viajar pela América do Sul e colocar novos lugares na sua wish list.

Para onde ir?

Salar do Uyuni – Bolívia

O Salar de Uyuni, um dos principais destinos da Bolívia, sempre figura nas listas de lugares mais baratos para viajar pelo nosso continente. Além de ser uma das formações geográficas mais impressionantes da América Latina, ele rende mesmo uma viagem econômica. A Bolívia, em geral, é um país barato para os turistas, por isso, vale a pena prolongar seu roteiro além do Salar, passando por Santa Cruz de la Sierra até chegar à capital La Paz.

Além de barata, uma viagem para o Salar de Uyuni é impressionante por conta das paisagens do enorme deserto de sal

Além de barata, uma viagem para o Salar de Uyuni é impressionante por conta das paisagens do enorme deserto de sal

Mais ao Sul da Bolívia, o Salar de Uyuni é considerado um dos maiores desertos de sal do mundo e foi resultado da evaporação de antigos lagos elevados. A estrutura turística é mais simples que o normal, portanto, não espere encontrar hotéis exclusivos como os da Patagônia ou outras regiões da América do Sul. Mesmo assim, o Salar vai te proporcionar experiências únicas e inesquecíveis.

No seu roteiro, não deixe de conhecer o cemitério de trens, a Isla Incahuasi e seus imensos cactos, as cavernas, os gêiseres e as lagoas. Use a pequena cidade de Uyuni como base para explorar a região e, se quiser seguir viagem para o Chile, ainda é possível combinar esse passeio com uma visita ao deserto do Atacama.

Ouro Preto – Brasil

Ouro Preto foi palco de muitos movimentos históricos brasileiros, como a Inconfidência Mineira, e por lá também passaram grandes artistas e poetas do nosso país. Até hoje, a cidade respira ares antigos e guarda, entre suas ruelas, lembranças desse passado.

A histórica Ouro Preto é um belo destino para quem quer viajar gastando pouco e sem sair do país (Crédito da foto: Natalie Soares)

A histórica Ouro Preto é um belo destino para quem quer viajar gastando pouco e sem sair do país (Crédito da foto: Natalie Soares)

A cidade merece entrar no seu roteiro por conta do seu belo conjunto arquitetônico, pelos museus e igrejas barrocas, e pela saborosa comida mineira.

Se comparado a outros destinos bem conhecidos em Minas Gerais, como Tiradentes, Ouro Preto também se torna uma opção viável e econômica para quem procura por roteiros mais baratos. Além de oferecer diversos tipos de hospedagem para todos os bolsos, Ouro Preto conta com várias opções de restaurantes de comida típica por preços acessíveis. E, no quesito atrações econômicas, ela também manda super bem: o ingresso mais caro na cidade custa apenas R$ 10.

A arquitetura da cidade impressiona e seus encantos se estendem também à deliciosa comida mineira (Crédito da foto: Natalie Soares)

A arquitetura da cidade impressiona e seus encantos se estendem também à deliciosa comida mineira (Crédito da foto: Natalie Soares)

Eu garanto que se come muito bem por lá gastando pouco e os pontos turísticos também praticam valores reais e nada exorbitantes. É um ótimo destino para um feriado prolongado.

Trujillo – Peru

Geralmente, quando pensamos no Peru, o primeiro destino que nos vem à mente são as emblemáticas ruínas de Machu Picchu. Entretanto, é importante lembrar que o país guarda inúmeras relíquias arqueológicas tão importantes quando Machu Picchu e talvez menos conhecidas entre muitos viajantes.

Bem menos conhecida que suas "concorrentes" Lima e Cusco, Trujillo é uma boa opção para quem quer conhecer o Peru (Crédito da foto: Natalie Soares)

Bem menos conhecida que suas “concorrentes” Lima e Cusco, Trujillo é uma boa opção para quem quer conhecer o Peru (Crédito da foto: Natalie Soares)

O norte do Peru é um ótimo exemplo disso. A região é famosa por guardar acervos riquíssimos do passado pré-inca, com templos administrativos e sacerdotais preservados até hoje, como o Complexo El Brujo.

A 50 minutos de avião da capital Lima está Trujillo, a cidade que abriga um dos antigos tesouros perdidos da cultura Chimú. Chan Chan é considerada a cidade de barro mais extensa da América pré-hispânica, com seus mais de 24 quilômetros quadrados de área. Ela também foi tombada como patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO em 1986.

Por não ser tão famosa como Cusco, Trujillo acaba se tornando uma alternativa mais econômica de roteiro pelo Peru. Você pode ficar em um dos hotéis na cidade para explorar a região e, de lá, prolongar o roteiro até a também histórica Chiclayo ou, quem sabe, até o Equador.

Córdoba – Argentina

Córdoba é a segunda cidade mais populosa da Argentina, perdendo apenas para a famosa capital Buenos Aires. Com voos diretos saindo de São Paulo, o destino se mostra bem versátil e interessante para quem quer conhecer novos lugares no país sem gastar muito.

A Plaza San Martin, em Córdoba, é um dos muitos pontos a serem explorados na segunda cidade mais populosa da Argentina (Crédito da foto: Wikipedia/Rafael Bravo - Creative Commons License)

A Plaza San Martin, em Córdoba, é um dos muitos pontos a serem explorados na segunda cidade mais populosa da Argentina (Crédito da foto: Wikipedia/Rafael Bravo – Creative Commons License)

Ela é uma cidade conhecida por suas inúmeras festas, graças à quantidade enorme de estudantes universitários, mas, ao mesmo tempo, tem também um clima de tranquilidade. Córdoba preserva construções históricas do período jesuítico e ainda oferece diversas opções de passeios ao ar livre.

Com clima agradável, bons restaurantes, vida cultural animada e opções de compras, Córdoba se mostra um destino mais econômico, se comparado a cidades e regiões mais “manjadas”, como Buenos Aires e Bariloche – e é tão interessante quanto.

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *