Compartilhe
0

O que fazer no Rio de Janeiro durante o Rock in Rio

Este ano, o Rock in Rio, considerado um dos maiores festivais de música do mundo, completa 30 anos e volta para sua casa em mais uma edição especial, que vai levar milhares de pessoas a uma incrível viagem para o Rio de Janeiro. O evento, que já passou por cidades como Lisboa, Madri e Las Vegas, costuma atrair viajantes do mundo todo que adoram combinar duas grandes paixões: música e pé na estrada.

Você pode apreciar o Rio por milhares de ângulos, seja por ar ou terra, dentro d eum helicóptero ou sobre uma bicicleta (Crédito da foto: Natalie Soares)

Você pode apreciar o Rio por milhares de ângulos, seja por ar ou terra, dentro d eum helicóptero ou sobre uma bicicleta (Crédito da foto: Natalie Soares)

Nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27 de setembro, a capital carioca vai respirar as mais diversas notas musicais e a Cidade do Rock vai ser palco de shows memoráveis de artistas como Queen, Sam Smith, A-Ha, Metallica, Elton John, Faith no More e Rihanna. Se você não sabe o que fazer no Rio durante o Rock in Rio, entre um dia de festival e outro, reunimos algumas sugestões inusitadas para curtir o melhor da cidade do samba, do pop, do rock e do funk.

Curtir um roteiro pelos principais botecos cariocas

Sempre digo que a melhor maneira de você conhecer realmente a alma do Rio de Janeiro é aproveitar essa cultura despojada dos botecos cariocas. Petiscos, bons drinks gelados e belos cenários fazem desse programa sempre uma ótima pedida.

Um bom petisco, torresminho, caipirinha, cerveja: nada pode ser mais a cara do Rio de Janeiro (Crédito da foto: Natalie Soares)

Um bom petisco, torresminho, caipirinha, cerveja: nada pode ser mais a cara do Rio de Janeiro (Crédito da foto: Natalie Soares)

Recentemente, publiquei uma lista com os meus botecos favoritos no Rio, mas, se você está na Barra da Tijuca a caminho da Cidade do Rock, vale uma paradinha na Casa do Alemão (Av. das Américas, 1.699, loja C) para provar um dos melhores croquetes do Rio e ainda curtir uma boa cerveja.

Fazer o walking tour pelo Centro Histórico

Talvez caminhar pelo centro histórico não tenha passado pela sua cabeça, mas conhecer essa região do Rio de Janeiro é ver a cidade com outros olhos e aprender sobre a história do Brasil.

O centro histórico do Rio tem muito mais a oferecer além do famigerado Arco da Lapa

O centro histórico do Rio tem muito mais a oferecer além do famigerado Arco da Lapa

Lá, você vai encontrar importantes cartões postais e núcleos culturais do Brasil, como o Real Gabinete Português, o Museu Nacional de Belas Artes, o Theatro Municipal e o Centro Cultural Banco do Brasil. Aliás, na quadra do CCBB você ainda encontra lugares bem descontraídos para almoçar ou curtir um happy hour antes dos shows.

Se esse passeio faz a sua cabeça, dê uma olhada no roteiro mais detalhado que já saiu aqui no blog. 🙂

Ver o Rio do alto do MAR

O Museu de Arte do Rio de Janeiro reserva uma boa surpresa aos seus visitantes. No topo do seu prédio fica um dos mirantes mais bonitos e inusitados da cidade. A vista de lá de cima é de tirar o fôlego e contempla a zona portuária e a Ponte Rio-Niterói – dizem que é a mais bonita de todo o Rio.

A ponte que corta a Baía de Guanabara é considerada uma das mais bonitas do mundo

A ponte que corta a Baía de Guanabara é considerada a mais bonita do Rio

Você ainda pode combinar esse passeio perfeitamente com um roteiro a pé por Morro da Conceição, Jardins do Valongo e Pedra do Sal. Ali pertinho ainda fica o Mironga, lugar perfeito para almoçar bem e sem gastar muito.

Se perder na feira de São Cristóvão

Esse é o tipo de surpresa boa que você não espera encontrar ao visitar o Rio de Janeiro. Em um grande galpão, fica a feira, que é uma imersão direta nas tradições, gastronomia e festividades da cultura nordestina.

Da literatura de cordel ao baião de dois, um passeio pela feira é uma maneira incrível para fazer um contraponto às batidas da música pop que vai rolar no Rock in Rio.

Se apaixonar pela vista do Mirante da Paz

Essa é uma dica de como ver o Rio do alto sem gastar nada. O Complexo Rubem Braga foi construído pensando no Morro do Cantagalo, mas, com ele, também foi inaugurado um elevador panorâmico que chega no Mirante da Paz.

Do alto dele, você poderá ver a Praia de Ipanema, o Arpoador, o Corcovado e até um pedacinho da Lagoa Rodrigo de Freitas. Um programão para quem está viajando no modo bem econômico.

Fazer a trilha do Morro da Urca

Outro roteiro diferente para quem quer curtir o Rio de Janeiro sob uma nova perspectiva é fazer a trilha do Morro da Urca, cuja entrada fica na Pista Claudio Coutinho, na Praia Vermelha. A subida pode levar até 30 minutos e pode ser um programa para a família toda, inclusive para quem viaja com crianças e adolescentes – uma boa dica para quem vai levar os filhos para ver o show da Rihanna.

Bem ao lado do Pão de Açúcar está o morro da Urca, um ótimo passeio para quem curte a natureza

Bem ao lado do Pão de Açúcar está o morro da Urca, um ótimo passeio para quem curte a natureza

No topo do Morro, você vai encontrar uma pequena lanchonete e banheiros, além de uma das vistas mais incríveis da cidade maravilhosa.

Visitar o Instituto Moreira Sales e o Parque Lage

Um belo jardim projetado por Burle Marx envolve o Instituto Moreira Sales, um espaço dedicado às artes e à fotografia. É um reduto de muita paz e tranquilidade caso você queira respirar ares mais puros ou precise de um pouco de silêncio para seus ouvidos depois de tanto barulho.

Dê uma pausa no rock fazendo um programa cultural, como visitar o Instituto Moreira Sales (Crédito da foto: Natalie Soares)

Dê uma pausa no rock fazendo um programa cultural, como visitar o Instituto Moreira Sales (Crédito da foto: Natalie Soares)

De lá, é possível esticar até o Parque Lage, famoso pelo seu animado café da manhã, sempre uma das melhores maneiras de acordar no Rio de Janeiro.

Alugar uma bicicleta e pedalar

Outra onda que veio para ficar no Rio de Janeiro foi a possibilidade de conhecer a Zona Sul pedalando. O Bike Rio é um programa que visa a disponibilizar bicicletas – a um custo bem acessível – para quem quer curtir o melhor do clima carioca.

Pedalar pela orla é uma das atividades mais democráticas do Rio

Pedalar pela orla é uma das atividades mais democráticas do Rio

Um roteiro perfeito é passear por Ipanema, pedalar à beira mar e chegar até a Lagoa Rodrigo de Freitas. Acho que não tem jeito mais carioca de vislumbrar essa região do que sobre duas rodas.

Ir à feira de antiguidades da Praça Santos Dumont

Todos os domingos acontece na Gávea uma das feiras de antiguidades mais interessantes para quem gosta de objetos retrô. A Feira da Praça Santos Dumont é ótima para quem quer cacifar artigos diferentes como louças, objetos de decoração mais antigos e até brinquedos!

E tem mais: jogo no Maracanã, praia em Niterói, drinks requintados no Copacabana Palace, voo panorâmico, pôr do sol no Arpoador…

O Rio de Janeiro é realmente uma cidade única, cujas opções de passeios e entretenimento nunca se esgotam. Por ser um destino cheio de possibilidades, garanto que programas diferentes não vão faltar e com certeza você encontrará um que é a sua cara pra curtir um fim de semana no Rio.

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)