Vista panorâmica de Brasília com o Congresso Nacional ao fundo

O que fazer em Brasília sem gastar muito

À primeira vista, visitar a capital do país e centro do poder político pode não parecer uma viagem muito barata, mas é possível se divertir em Brasília e conhecer o Distrito Federal sem estourar o orçamento. A cidade tem diversas opções de passeios gratuitos e econômicos que vão além da arquitetura mundialmente reconhecida de Oscar Niemeyer. Confira o nosso guia para conhecer Brasília sem gastar muito:

Praça dos Três Poderes

Monumento "Os candangos" ou "Dois guerreiros" com o prédio ao fundo

Centro do triângulo formado pelo Congresso Nacional (Legislativo), o Palácio do Planalto (Executivo) e o Supremo Tribunal Federal (Judiciário), a Praça dos Três Poderes é um dos principais pontos turísticos de Brasília.

Capriche nas fotos para as redes sociais e conheça as esculturas A Justiça, representada por uma mulher de olhos vendados, e Os Guerreiros (também conhecida como Os Candangos).

Congresso Nacional

Vista do lado em frente do Congresso Nacional em Brasília com o prédio ao fundo.

Um dos principais cartões postais de Brasília e situado no Eixo Monumental, o centro do Poder Legislativo do país oferece visitas guiadas que duram 60 minutos e são totalmente grátis. É só chegar à recepção e se inscrever para o tour seguinte.

Dicas importantes: às quintas-feiras, o agendamento é obrigatório e, nos dias úteis, é proibida a entrada trajando bermudas, shorts, camisas sem mangas, minissaias e chinelos. Por isso, uma boa dica é deixar para conhecer o Congresso Nacional no fim de semana.

Palácio da Justiça

A sede do Ministério da Justiça fica pertinho do Congresso Nacional e chama atenção pela arquitetura. Com projeto de Oscar Niemeyer, as cascatas artificiais que correm pelas calhas e o belo espelho d’água fazem do Ministério da Justiça um dos melhores lugares para tirar foto em Brasília.

Reserve um tempo para percorrer a Esplanada dos Ministérios à noite. A iluminação dá um toque de beleza à imponência dos prédios do Eixo Monumental, avenida que é o “corpo do avião” no desenho do Plano Piloto de Brasília.

Catedral Metropolitana

Aproveite a visita à Esplanada dos Ministérios para conhecer o primeiro monumento criado na capital do país. A beleza da Catedral Metropolitana é de tirar o fôlego. Dentro do prédio envidraçado há várias obras de artistas brasileiros e estrangeiros. Na parte externa, o destaque são as esculturas de bronze que representam os evangelistas Mateus, Marcos, Lucas e João.

Eixão do Lazer

Aos domingos e feriados, os 14 quilômetros que ligam a Asa Sul e a Asa Norte ao Plano Piloto se transformam em uma grande área de lazer. Com tanto espaço, você pode correr, caminhar, levar os cachorros para passear, andar de bicicleta e skate.

Esse é um ótimo programa gratuito em Brasília que mostra um lado mais descontraído da capital. Aproveite para garantir as lembrancinhas nas feiras de artesanato, levar as crianças para se divertir nos brinquedos infláveis e tomar um caldo de cana ou uma água de coco para repor as energias.

Pizzaria Dom Bosco

Onde comer em Brasília sem gastar muito? Queridinha dos moradores locais e com quase 60 anos de tradição, a Dom Bosco é famosa pela pizza caprichada e barata. A casa serve apenas um sabor: muçarela com molho de tomate e orégano, acompanhada por mate, refresco de caju ou laranja. Escolha uma das cinco filiais espalhadas pela capital e aproveite para comer bem gastando pouco.

Parque da Cidade

Rua do Parque da Cidade com uma roda gigante e uma montanha-russa ao fundo

Maior parque urbano da América Latina, o Parque da Cidade é um excelente passeio para incluir no roteiro de uma viagem em família para Brasília. As atrações do local incluem churrasqueiras, parques infantis, praças, lagos e quadras de futebol de campo, de areia e de beach tennis.

Ponto de encontro no Distrito Federal, a área verde aparece até na letra da famosa música “Eduardo e Mônica”, do grupo Legião Urbana. E o melhor: é de graça.

Estádio Mané Garrincha

Vista externa do Estádio Mané Garrincha

Reformado para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo de 2014, o estádio é o segundo maior do Brasil, perdendo apenas para o Maracanã. E os apaixonados por futebol que quiserem conhecer este templo do esporte não precisam colocar a mão no bolso: a visita à estrutura, que acontece aos sábados entre 9h e 12h, é grátis.

Como o Mané Garrincha fica em frente ao Parque da Cidade, aproveite para conhecer os dois no mesmo dia.

Jardim Botânico

Um oásis em meio ao concreto da capital federal, o Jardim Botânico de Brasília tem aproximadamente cinco mil hectares e é uma oportunidade de contato com a natureza e diversão para toda a família, com trilhas, orquidário, parquinho infantil e restaurante. Para gastar pouco, a pedida é fazer um piquenique.

Dica importante: leve sacos de lixo para recolher seus resíduos e ajudar a preservar o parque e os animais silvestres. Crianças de até 12 anos, portadores de necessidades especiais e idosos a partir de 60 anos não pagam a entrada, que custa R$ 5 para os demais visitantes.

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)

Monumento em frente ao Centro Cultural Banco do Brasil com o edifício ao fundo

A capital do país também tem uma vida cultural agitada. O Centro Cultural Banco do Brasil, mais um exemplo da arquitetura de Oscar Niemeyer, oferece exposições gratuitas, além de shows, peças e sessões de cinema a preços populares. Planeje bem a visita: o CCBB do Distrito Federal abre de terça a domingo.

Lago Paranoá

O Lago Paranoá foi criado para ser a orla da cidade e serve como centro de atividades ao ar livre, especialmente no verão. São muitas opções para caminhada, exercícios, natação e passeios gratuitos em Brasília com as crianças e os cachorros.

O Pontão do Lago Sul é um espaço com jardins, restaurantes, quiosques e deques. O local é muito procurado tanto de dia, pela paisagem e pelos parquinhos infantis, quanto à noite, pelos bares e restaurantes. Fazer um piquenique no Pontão é uma ótima pedida para curtir mais a região e, também, economizar.

Pertinho do Pontão fica a Praia do Cerrado, ambiente mais descontraído para estender a canga embaixo das árvores e levar bebidas no isopor.

A Ermida Dom Bosco é mais uma opção para incluir no seu roteiro em Brasília. Além do letreiro “Eu Amo Brasília”, que garante ótimas fotos, o parque onde fica essa capela inclui longas descidas, que são muito procuradas pelos skatistas.

No fim da tarde, visite a Orla da Ponte JK, que conta com restaurantes, calçadão e parquinho infantil. É o local ideal para ver o pôr do sol em Brasília e curtir o visual da ponte, que fica ainda mais bonita à noite.


Onde ficar em Brasília

Seja para uma viagem em família ou com os amigos, vai ser fácil encontrar um hotel em Brasília perfeito para você relaxar depois de visitar as atrações turísticas da capital federal. Confira estas opções de hospedagem em Brasília:

 Se a sua viagem for muito curta, vale a pena alugar um carro em Brasília para ir do hotel para os pontos turísticos mais rapidamente.

Autor

Expedia Brasil

Adoramos viajar e queremos ajudar você a planejar suas férias com dicas e informações interessantes sobre destinos no Brasil e no mundo. Leia os nossos artigos e prepare-se para a sua próxima aventura!

Anterior Top 5 - O que fazer em Nova York
Próximo As 10 melhores praias de Natal e região

0 Comentários

Ainda sem comentários

Deixe um comentário