Compartilhe
0

Os melhores lugares do mundo para uma mulher viajar sozinha

Quando uma mulher decide viajar sozinha, pode ser complicado pensar em quais destinos são melhores e mais seguros. A princípio, qualquer lugar no mundo pode e deve ser visitado por solo travellers, mas, por questões culturais, comportamentais e até mesmo de segurança pública, algumas cidades exigem um pouco mais de atenção e cautela de nós, mulheres – seja no caso de viajantes convictas ou de primeira viagem.

Se você sempre quis cair na estrada sozinha e com a mochila nas costas, mas ainda não se sente 100% segura, aí vai o empurrãozinho que faltava para tirar os planos do papel e cair na estrada. Listamos algumas cidades pelo mundo que são perfeitas para quem quer embarcar nessa jornada de autoconhecimento.

Toronto – Canadá

Quem quer viajar para o Canadá pode pegar voos direto de São Paulo e Rio de Janeiro. Toronto é a maior e mais vibrante metrópole canadense e oferece uma sensação de segurança impecável para quem ainda não se sente muito confortável em explorar grandes centros urbanos por conta própria.

A CN Tower, um dos principais cartões-postais de Toronto, é visita indispensável para quem está na cidade (Crédito da foto: Natalie Soares)

A CN Tower, um dos principais cartões-postais de Toronto, é visita indispensável para quem está na cidade (Crédito da foto: Natalie Soares)

Toronto é uma cidade cosmopolita e possui ótimos museus, shoppings, parques e um belo skyline – além de boas opções de hotéis. A vista do alto da CN Tower, um dos maiores prédios do país, é incrível. Aproveite para conhecer outros pontos interessantes, como o St. Lawrence Market, o shopping Eaton Centre e a luxuosa Queen Street.

No quesito museus, vale visitar o Royal Ontario Museum (ROM), o Bata Shoe Museum, que conta a história dos sapatos, a Art Gallery of Ontario e a Casa Loma, um castelo que já foi cenário para vários filmes de Hollywood.

Pertinho de Toronto, você ainda pode fazer passeios pelas cataratas do Niágara e pela região produtora de vinhos.

Sydney – Austrália

Os australianos são um povo alegre e simpático, que se parece muito com o lado bom do nosso jeitão brasileiro. E o melhor de tudo: são sempre solícitos e dispostos a ajudar.

O impressionante skyline de Sydney, por si só, já vale a viagem (Crédito da foto: Natalie Soares)

O impressionante skyline de Sydney, por si só, já vale a viagem (Crédito da foto: Natalie Soares)

Em uma viagem para Sydney, além de encontrar uma das metrópoles mais bonitas que eu já conheci, você terá plena sensação de segurança e tranquilidade, algo que me impressionou muito durante os dias que passei por lá.

Das belas praias à Opera House, o cartão postal mais famoso do país, é quase impossível não se apaixonar pela cidade. Sydney é um ótimo destino para quem quer viajar sozinha ou acompanhada – só o skyline da cidade todo iluminado já vale a viagem.

Programas que não podem faltar no seu roteiro: caminhar pela Praia de Bondi, fazer um passeio de ferry pela baía de Sydney durante o entardecer e dar um pulinho no Queen Victory Building, seguido por um drink no bar do descolado QT Hotel.

Frankfurt – Alemanha

Quando pensamos em uma viagem para Frankfurt, geralmente associamos a cidade apenas a um ponto de conexão de voos, mas ela é muito mais do que isso e pode ser a porta de entrada para muitas regiões belíssimas da Alemanha.

Esqueça a ideia de que Frankfurt é apenas um hub aéreo; a cidade é segura e tem muitas atrações bacanas (Crédito da foto: Natalie Soares)

Esqueça a ideia de que Frankfurt é apenas um hub aéreo; a cidade é segura e tem muitas atrações bacanas (Crédito da foto: Natalie Soares)

Um dos cartões postais mais fofos de Frankfurt é chamado de Römerberg Platz, ou, em bom português, o centrinho histórico que foi reconstruído no período pós-guerra.

Estenda sua visita ao Kleinmarkthalle, um mercado local cheio de produtos tipicamente regionais como queijos, embutidos, pães e doces.

Uma caminhada à beira do rio Main para apreciar o skyline que une prédios antigos ao lado de estruturas modernas é um programa fundamental de quem viaja para Frankfurt.

Ah! Fique sempre de olho na programação oficial de eventos, pois entre a primavera e o verão a cidade fica tomada de programas legais, festas muitos programas ao ar livre.

Viena – Áustria

Dos tradicionais cafés às óperas e à música clássica, passando pelos bairros da moda, uma viagem para Viena é perfeita para quem quer cair na estrada sozinha. A grande maioria das atrações pode ser conhecida caminhando ou a uma curta distância de bondinho. Você ainda pode prolongar seu roteiro por Budapeste e Praga, ou explorar o interior da Áustria, indo para cidades como Salzburg e Innsbruck.

Com clima bucólico e atrações clássicas, Viena rende um belo roteiro de viagem junto com outras cidades do leste europeu (Crédito da foto: Natalie Soares)

Com clima bucólico e atrações clássicas, Viena rende um belo roteiro de viagem junto com outras cidades do leste europeu (Crédito da foto: Natalie Soares)

Viena é uma cidade clássica e que inspira ares monárquicos; por isso, as principais atrações envolvem os grandes palácios, as tradicionais óperas e os museus de acervos raros.

Tudo acontece no coração do centro histórico (Innere Stadt) e pela grande avenida Ringstrasse. Comece seu roteiro por lá e siga explorando cada cartão postal. Com tempo de sobra, ainda é possível passar um dia na vizinha Bratislava, capital da Eslovênia.

Uma dica extra

No geral, as grandes capitais europeias e países como Canadá e Austrália são destinos perfeitamente factíveis para mulheres viajarem sozinhas. Muito longe, talvez? Então, comece viajando aos poucos pela sua região.

Já pensou em aproveitar os atrativos turísticos da sua própria cidade? Depois, é só ampliar seu radar e curtir um feriado em alguma capital dos países da América do Sul. Quando você menos esperar, já estará embarcando em uma viagem rumo a um grande e inesquecível roteiro.

Antes de sair de casa e querendo tomar um fôlego extra ou querendo ler histórias inspiradoras, indico sempre a leitura dos artigos da jornalista brasileira Mari Campos, especializada nesse tema, e do site Journeywoman, uma das primeiras referências a criar um site em língua inglesa exclusivo sobre esse assunto. Impossível não se animar e cair na estrada!

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)