Lugares para conhecer: tesouros de povos perdidos pelo mundo

O que uma cidadezinha ao noroeste do Peru tem em comum com a simbólica Ilha de Páscoa e com a Cidade do México? Elementar, meu caro leitor. Ambas são berços de grandes legados de povos perdidos, de civilizações que não existem mais. Cada uma com sua característica especial e distinta, elas guardam grandes tesouros e memórias importantes de um passado distante.

E por que vale a pena conhecê-las? Além de saber mais sobre suas histórias e tradições, essas ruínas nos contam muito sobre os diferentes hábitos e crenças que ainda despertam muito a nossa curiosidade: “como eles conseguiram fazer tal coisa sem acesso a determinadas tecnologias?”. Garanto: é como construir um quebra-cabeça em tamanho real. 🙂

Cidadela de Chan Chan – Trujillo

A 50 minutos de avião da capital peruana Lima está Trujillo, a cidade que abriga um dos antigos tesouros perdidos da cultura Chimú. Chan Chan é considerada a cidade de barro mais extensa da América pré-hispânica, com seus mais de 24 quilômetros quadrados de área. Ela também é considerada patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO desde 1986.

Moais – Ilha de Páscoa

Ainda envoltas em muito mistério, as famosas estátuas dos Moais na Ilha de Páscoa foram descobertas em 1722. Alguns pesquisadores afirmam que essas grandes construções de mais de mil anos de idade representam figuras humanas ou deuses protetores do antigo Povo Rapanui. Para visitar os moais e chegar a essa ilha no meio do Oceano Pacífico, é preciso ir até Santiago e de lá seguir de avião ou barco.

Teotihuacán

Hoje restam apenas seis quilômetros quadrados da área que era considerada uma das maiores cidades pré-hispânicas da América. As ruínas de Teotihuacán ficam perto da Cidade do México e é possível visitá-las por conta própria chegando de ônibus ou contratando uma agência de receptivo local. Como as caminhadas entre um templo e outro são longas, não se esqueça de levar protetor solar e água mineral. Se as câmeras digitais ainda não existissem, eu provavelmente iria sugerir para você levar muitos rolos de filme fotográfico, afinal, você não vai querer perder nenhum detalhe desse patrimônio que é considerado um dos mais importantes de todo o México.

Culturas, tradições, curiosidades e mitos: ainda há muita coisa incrível para conhecermos por este mundão afora. É hora de começar a tirar os sonhos do papel e a Expedia pode lhe ajudar a organizar a sua viagem. São milhares de hotéis pelo mundo e ofertas de voos para os mais variados destinos.

Natalie Soares

Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e Diretora de Mídias Digitais da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem. 

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *