Londres: o que você precisa saber antes de viajar para lá

Quando escuto falar sobre um destino super conhecido, tenho a sensação de que sei absolutamente tudo sobre ele. Ledo engano. Assim como qualquer lugar turístico popular, Londres está no consciente da maior parte das pessoas que viaja e, mesmo que você ainda não tenha ido para lá, pensa já conhecer a cidade, não é? Bom, considerando que nosso cérebro possa pregar peças, aqui vão informações importantes para ter na manga sobre a capital britânica. 🙂

 

Para chegar

Londres conta com cinco aeroportos, porém, os dois mais populares são o Heathrow Airport, o mais importante, maior e que recebe a maioria dos voos diretos internacionais, e está localizado a 24 km do centro da cidade; o outro é o Gatwick Airport, mais distante, a 45 km do centro da cidade. Procure sempre ter uma ideia das diferenças de custo das passagens entre um aeroporto e outro, pois essa variação pode ser muito grande dependendo da origem do voo.

Para entrar

Para entrar em Londres como turista não é necessário visto ou vacinas. No entanto, após ataques terroristas, o Reino Unido fez algumas mudanças e a entrada ficou mais, digamos, seletiva. Além disso, os agentes da imigração farão o possível para serem convencidos de que você não ficará no país para trabalhar ilegalmente. Na chegada ao aeroporto, você irá para a fila de imigrantes não-europeus e passará por uma entrevista com um oficial. Geralmente, a entrevista dura poucos minutos e você será questionado sobre o básico: o que está fazendo em Londres, quanto tempo ficará e onde ficará. No entanto, conhecemos pessoas e lemos muitos relatos por aí de quem passou por alguns apuros. Prevenir é melhor que remediar, não é mesmo?

O visto de turista é válido por seis meses e não é permitido pedir uma extensão se estiver por lá. Isso pode ser feito antes de sair do Brasil, uma espécie de pré-visto, mas aí são outros quinhentos que devem ser estudados aqui. Tenha em mãos sua passagem de volta e os endereços de onde se hospedará. Caso seja na casa de amigos que morem legalmente no país, há uma recomendação de que a pessoa escreva uma carta convite. Há diversos modelos disponíveis na Internet. Ah, outra informação importante é poder comprovar que você tem o dinheiro necessário para se bancar durante a sua permanência no país. Sugere-se um valor diário de £46 (libras) ou US$ 70 dólares, mas o valor total não precisa estar em espécie. Leve um extrato bancário, se for do tipo de pessoa que gosta de ter cuidado extra. E, se realmente não quiser ter dor de cabeça, leve também uma declaração do seu empregador aqui do Brasil, impresso em papel timbrado. Se for empresário ou autônomo, esteja com algum documento que comprove a existência da sua empresa, lembrando que este documento não é obrigatório.

Se você pretende viajar para Londres para estudar ou trabalhar, sugiro entrar no site da agência reguladora e verificar quais são as exigências.

Para trocar dinheiro

Sim, a Libra esterlina, moeda corrente no Reino Unido, sempre será cara. Enquanto escrevo este texto, a bonita está a R$ 5,93, logo, o que você escutou sobre Londres ser cara é verdade? Bom, comprar a moeda, certamente, não é muito barato. Eu, particularmente, quando viajo procuro pensar como nativa e usar o dinheiro que tenho em mãos como se tivesse ganhado ele na moeda local. Acredito que se sofre menos se pensar na fatura ou nos gastos diários. Sou mulher, esqueceu? 🙂

Troque uma quantia pequena para deixar no bolso e para gastos menores quando chegar à Londres, e não, não faça o câmbio no aeroporto. Aliás, não troque dinheiro em aeroporto nenhum, a não ser que exista uma agência do banco central do país, onde as taxas são as mais equilibradas. Em Londres, você pode sacar nos caixas eletrônicos (ATM) com bandeiras internacionais ou no seu banco. Hoje, muitos bancos mantêm agências fora do Brasil. Informe-se, no entanto, sobre a taxa sobre os saques para não ter surpresas depois. Os cartões pré-pagos também são uma boa opção, pois as bandeiras são aceitas em praticamente todos os países.

O que fazer em Londres

Apesar de ser difícil montar um roteiro em tão pouco espaço e com tanta coisa bacana pra fazer, é sempre válido destacar as principais atrações e aí você decide em que direção seguir. No centro de Londres, por exemplo, em uma breve caminhada dá pra visitar o Palácio de Buckingham, a Abadia de Westminster e o Parlamento Britânico. Se estender um pouquinho dá para conhecer ainda o belíssimo Parque St. James e a famosa praça Trafalgar.

Os mercados, o que para nós seriam algo como as tradicionais feiras livres, são as principais atrações do bairro Camdem Town. Já no Covent Garden estão concentradas boas lojas, restaurantes e pubs que dá pra passar boas horas passeando. Às margens do rio Tâmisa, no bairro South Bank, você pode conhecer a grande variedade de eventos culturais do Southbank Center. O espaço tem uma programação variada de shows, apresentações e eventos o ano todo.

O parque mais famoso de Londres não deve ficar de fora do roteiro. O Hyde Park tem uma extensa área verde, muito procurada para piqueniques, pistas de ciclismo e um lago famoso pelos passeios de barquinho. Bem do lado do parque está o Palácio de Kensington (local onde morou a princesa Diana), com seus jardins italianos e suas tradicionais fontes e estátuas.

Para se locomover

Ao chegar a Londres por um dos aeroportos que mencionei, você encontrará as seguintes opções:

Heathrow

Heathrow Express – das 5h03 às 23h58, há trens a cada 15 minutos para o centro de Londres e a viagem dura 15 minutos. Para embarcar, vá aos terminais 1, 3 ou 5 da Hethrow Central. Quem estiver no terminal 4 deve pegar o shuttle (gratuito) para um destes terminais. A tarifa para uma viagem é £18 e, para ida e volta, é £34, e os tickets podem ser comprados pela internet, no guichê da estação ou dentro do trem. Algumas vantagens na viagem: televisão, wireless e bom espaço para a bagagem. Tem opção de primeira classe.

Táxi – estes são os charmosos e famosos black cabs, que circulam por toda Londres e abrem a porta pelo lado contrário. 🙂 Do aeroporto até o centro, a viagem, que dura de 30 minutos a 1 hora (dependendo do trânsito), custa entre £45 e £85, começando com um mínimo de £2.40. Se estiver com um grupo de pessoas, pode valer a pena. Neste site você pode ter uma ideia do custo x distância. Há também a opção de contratar um minicab, que são carros comuns e não podem pegar passageiros na rua. Funcionam apenas com agendamento. Você pode optar também por motoristas particulares e transfer.

Tube (metrô) – dos terminais 1, 2, 3 e 4 (o último, sem escada rolante) saem os trens da linha azul escuro, Picadilly que vai até o centro de Londres, viagem que demora cerca de 1 hora. As tarifas começam em £4.30 e os trens começam a funcionar às 5h, encerrando às 23h40. Aos finais de semana, começam uma hora mais tarde e encerram as atividades mais cedo. No site do metrô, além das tarifas, você também pode conferir as rotas de acordo com o que fizer na cidade (lateral direita – Journey Planner). Muito legal!

Ônibus – a plataforma fica entre os terminais 1 e 3,e fica aberta 24h, embora o serviço só fique disponível entre 6h e 22h30. A viagem custa apenas £2.30 e você também tem a opção de comprar um passe para vários dias. O único ônibus disponível depois das 22h é o N9, que sai do terminal 5 e vai até Aldwych. Há também uma linha de ônibus chamada National Express, que faz várias rotas saindo do aeroporto com passagem a partir de £6, e leva, pelo menos, 50 minutos até o centro de Londres.

Gatwick

Gatwick Express – das 5h50 às 00h35, oferece trens a cada 15 minutos para a estação London Victoria e a viagem dura 30 minutos. Os trens saem do terminal Sul e, se você estiver no Norte, pegue um shuttle (gratuito) dentro do aeroporto mesmo. A tarifa para uma viagem é £18.90 e ida e volta é £33.20. Se comprar pela internet, fica mais barato.

Táxi– como o aeroporto de Gatwick é mais distante, o táxi também será mais caro. Fiz uma simulação pelo World Taximeter, que calcula os preços de táxi no mundo todo e, o trecho do aeroporto até a London Victoria, que dura 1h10, pasmem, fica em £99,40! :O

Ônibus – a MetroBus oferece transporte que sai do terminal Sul, e, além de não ser expresso, não chega até o centro de Londres. Aqui estão os destinos atendidos pela empresa. A tarifa média de Londres é £2.30, mas existem trechos que custarão entre £1.30 e £2. Outra empresa disponível é a EasyBus, um serviço adicional, não-expresso, que vai até o centro de Londres. Com certeza, é a opção com o melhor custo-benefício disponível para quem chega pelo Gatwick. Saindo dos terminais Norte e Sul, a viagem, que dura 1h10, tem preço variado de acordo com o horário escolhido. As tarifas começam em £2. Achei mara!

 

Se você quiser ou precisar dirigir por lá, primeiro, darei os parabéns por saber dirigir do lado esquerdo! hahahaha Bom, além disso, não tem segredo, pois brasileiros podem guiar se tiverem uma carteira de habilitação válida por 1 ano. Sugiro também andar sempre com o seu passaporte, que é o mais seguro a fazer. Ah, sim! Se não tiver prática na direção dos carros britânicos, sugiro alugar um automóvel automático, porque, mesmo que você seja canhoto, tenho dúvidas que sairá pilotando como um profissional! 🙂 E o seu carro você pode alugar pelo site da Expedia.com.br 🙂

Para ter à mão

  • Língua: Inglês
  • Moeda: Libra esterlina
  • Visto: não é necessário
  • Vacina: não é necessária
  • Ligar para o Brasil: 0800-89-00-55 ou 0800-056-74-42
  • Polícia, Bombeiros e Ambulância: 999 ou 112
  • Telefonista: 118 118
  • Consulado-geral do Brasil em Londres

3 Vere Street

+44 (20) 76591550 / Emergências consulares: 07958 404 012 (ligação de Londres)

Até mais!
Ana Samadelo

Expedia Brasil

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.
Expedia Brasil

Últimos posts por Expedia Brasil (veja todos)

One thought on “Londres: o que você precisa saber antes de viajar para lá”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *