Kruger Park: o parque de safári mais famoso da África do Sul

Fazer um safári é uma das experiências mais incríveis do mundo das viagens. Eu sei que essa afirmação pode soar um pouco exagerada, mas é difícil descrever a sensação de estar cara a cara com os verdadeiros reis da selva. É algo único e definitivamente inesquecível e quem vive essa experiência ao vivo, volta para casa ainda mais carregado de adjetivos.

Provavelmente quando falamos sobre safári na África, a primeira região que lembramos é a do famoso Kruger Park, na África do Sul. Ele faz parte da região mais visitada do país e quiçá do continente todo e possui diversas rotas e trilhas por entre a savana.

Interação muito próxima aos animais selvagens em safári na África

Interação muito próxima aos animais selvagens em safári na África

Criado oficialmente em 1926, o parque nacional Kruger tem uma extensão enorme e cobre uma área de aproximadamente 20 mil km2 e sua fronteira chega até Moçambique.

Como chegar ao Kruger Park?

Existem várias maneiras de chegar até a reserva. Saindo do aeroporto de Johanesburgo, são cerca de 5 horas de viagem pela rodovia ou 12 horas se você preferir seguir pela Rota Panorâmica e parar em alguns mirantes como o do Cânion do Rio Blyde. Também é possível chegar de avião, voando até Nelspruit, o principal aeroporto dentro do parque.

As fotos dos safáris são realmente impressionantes, com a vida selvagem real

As fotos dos safáris são realmente impressionantes, com a vida selvagem real

Quanto tempo ficar no Kruger?

Acho uma pena viajar todo esse longo caminho para dedicar apenas um dia para o safari. Imagine se você der azar e os bichinhos não derem as caras nesse período? Ou se você gostar muito da brincadeira e quiser repetir a dose? Sem contar a possibilidade de ficar numa boa, bem relax curtindo a infraestrutura do seu lodge. Por essas razões eu recomendo três dias de safári, assim é possível fazer várias saídas ou game drives, como eles costumam chamar, e ter mais chances de ver de perto os famosos Big 5 (leão, búfalo, leopardo, elefante e rinoceronte).

Que tal acordar com esta vista maravilhosa? Há muitas opções de hospedagens dentro de próximo ao Kruger

Que tal acordar com esta vista maravilhosa? Há muitas opções de hospedagens dentro de próximo ao Kruger

É um destino caro?

A África do Sul como um todo é um destino bem democrático, acessível e com uma infraestrutura turística muito bem estabelecida. Dessa forma, organizar um safári pelo Kruger é a garantia de encontrar diversas opções de hospedagem que cabem no bolso de qualquer viajante. Desde tendas e acampamentos, até hotéis fora do parque e lodges superexclusivos, a região é perfeita para férias inesquecíveis.

Por conta própria ou passeios em grupo?  

Dada a extensão e a infraestrutura do parque Kruger, muitos turistas preferem fazer os safáris por conta própria, os chamados self-drives. Eles alugam um carro e dirigem pelas rotas sinalizadas em busca dos grandes animais. Antes de optar por esse caminho, lembre-se que a África do Sul adota o sistema de mão inglesa e que, de forma alguma, é permitido sair do veículo durante o passeio, embora muitos visitantes não sigam essa regra e acabem assustando os animais.

Se for se hospedar fora do parque, muitas agências de receptivo oferecem um passeio em carro aberto ou fechado de apenas um dia, chamado de daily tour ou one day tour. Ele costuma ser um programa cansativo, porque você sai bem cedo e volta quando já escureceu.

Estes são os carros que fazem os safáris, a quantidade de pessoas depende do tipo de tour que escolher

Estes são os carros que fazem os safáris, a quantidade de pessoas depende do tipo de tour que escolher

Por fim, a opção que mais me agrada é a de se hospedar em algum lodge dentro da própria reserva que já ofereça todas as saídas – os game drives – dentro do valor da diária. Assim, você consegue passear em um carro menor, observar os animais mais de perto e ainda acompanhar as explicações dos guias. Muitos desses lodges oferecerem pequenas refeições dentro da própria savana.

Aproveite a oportunidade de tirar esse sonho do papel. A LATAM inaugurou em outubro uma nova rota que liga o Brasil à África do Sul, o que aumentou a competição com a South African, deixando os preços ainda mais atrativos.

Aproveite para conferir nosso post com dicas gerais sobre safáris pela África do Sul.

 

 

 

 

 

 

 

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *