Como transformar o National Mall na melhor academia de Washington, D.C.: uma corrida de oito quil√īmetros pelo Capit√≥lio

Se a palavra ‚Äúexerc√≠cio‚ÄĚ faz voc√™ se lembrar de esteiras, bicicletas ergon√īmicas, vistas sem gra√ßa e mon√≥tonas e um t√©dio que vai at√© a alma, me desculpe, mas arrisco dizer que voc√™ est√° fazendo alguma coisa errada. Entrar em forma s√≥ √© chato se voc√™ o fizer de maneira chata. E se estiver em uma cidade que adora, mas dificilmente tem uma boa desculpa para desvend√°-la, voc√™ est√° fazendo tudo errado mesmo.

Decidi fazer o teste por mim mesmo, dando uma volta de oito quil√īmetros no centro de Washington , para ver o que o National Mall poderia fazer pela minha sa√ļde.

Com meu Fitbit Alta preso de maneira segura no pulso e meu companheiro de academia do lado, fomos ao National Mall, em Washington, não apenas para ver alguns dos monumentos mais importantes da história dos Estados Unidos, mas também para fazer o sangue circular e o coração bater!

Ponto de partida: Constitution Avenue

Come√ßamos pela Constitution Avenue, esquina com a 17th St NW, pr√≥ximos a uma fileira de constru√ß√Ķes cl√°ssicas do National Mall. Seja bem-vindo √† vers√£o abrangente dos Estados Unidos da Am√©rica. Aqui √© a sede da OEA que, em 1889, formou uma uni√£o de rep√ļblicas americanas internacionais que se ampliou para abranger cada um dos 35 pa√≠ses independentes do continente americano. A miss√£o da institui√ß√£o √© a garantia da paz e da seguran√ßa e a consolida√ß√£o da democracia.

√Č um s√≠mbolo da pr√≥pria capital, por isso este √© o local ideal para come√ßarmos esse passeio.

De l√°, come√ßamos uma caminhada intensa para o leste, em dire√ß√£o ao distante Lincoln Memorial, que fica na extremidade do parque. O percurso completo por si s√≥ j√° √© um bom exerc√≠cio: s√£o tr√™s quil√īmetros que v√£o dos degraus do Capit√≥lio at√© o Lincoln Memorial. Se voc√™ ir e voltar correndo de l√° sete vezes, completar√° uma maratona. Parece um evento fitness anual esperando para ser descoberto. Que tal o chamarmos de ‚Äúpena capital‚ÄĚ?

2ª parada: Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos

Continuamos descendo a Constitution Ave. mantendo a velocidade, passando pelo edif√≠cio da Federal Reserve (atualmente fechado ao p√ļblico) e seguindo at√© o Albert Einstein Memorial, que fica em frente √† Academia Nacional de Ci√™ncias. √Č extraordin√°rio. O f√≠sico te√≥rico mais famoso do mundo sentado como se tivesse acabado de escorregar em uma casca de banana.

Albert parece bem relaxado/dolorido, mas o resto do lugar tem uma atmosfera mais agitada: um pequeno “parque de corrida” com alguns bancos baixos, perfeitos para exerc√≠cios de mergulho de tr√≠ceps, pranchas e flex√Ķes. √Ä direita, fica a entrada principal do Department of State, onde vimos um pequeno grupo de pessoas fazendo uma manifesta√ß√£o em apoio √† Rep√ļblica Democr√°tica do Congo. Todo dia, h√° pelo menos uma manifesta√ß√£o em algum lugar da cidade.

(Desafio divertido para quem corre em Washington: corra até encontrar a manifestação do dia!)

3ª parada: Lincoln Memorial

Do Department of State, seguimos até o Lincoln Memorial . A escada que leva até Abe tem 57 degraus. Em tese, isso representaria seus anos de vida, mas na verdade Lincoln morreu aos 56 anos.

Subir escadas correndo é uma ótima forma de aumentar sua frequência cardíaca, e é um exercício mais intenso do que parece. Então, vá com cuidado (e leve bastante água). Quando estiver descansando no topo, aproveite para ler o Discurso de Gettysburg:

‚ÄúH√° 87 anos, nossos antepassados deram origem, neste continente, a uma nova na√ß√£o, concebida na Liberdade e consagrada no princ√≠pio de que todos os homens nascem iguais.‚ÄĚ

(Viu só? Você é igual a Usain Bolt, então não tem nem desculpa. Corra pelo menos mais uma vez na escadaria, subindo e descendo. Daí você terá a liberdade de descansar dez minutos.)

Essa √°rea costuma ser bem movimentada, ent√£o tenha cuidado com os turistas caminhando conforme voc√™ sobe e desce as escadas. Parei para descansar no lugar exato onde Martin Luther King Jr. fez seu imortal discurso ‚ÄúEu tenho um sonho‚ÄĚ. Com seus 17 minutos, ele √© perfeito para ouvir enquanto descansa e se recupera (baixe em mp3 aqui).

Quarta parada: Memorial aos Veteranos da Guerra da Coreia

Ao descer a escadaria do Lincoln Memorial pela √ļltima vez, h√° algumas op√ß√Ķes de passeios. √Ä esquerda, o c√©lebre e inesquec√≠vel Monumento aos Veteranos do Vietn√£. V√° direto ao espelho d’√°gua, que foi cena de abertura de diversos filmes com tramas pol√≠ticas. √Ä direita, vemos o Memorial aos Veteranos da Guerra da Coreia. Dessa vez, viramos √† direita e passamos correndo pelos 38 soldados refletidos, que representam os 38 meses no Paralelo 38 e nos lembram de que a liberdade de que os norte-americanos desfrutam hoje veio a um alto pre√ßo, e sempre ser√° assim.

Há outro memorial nas proximidades, dedicado aos moradores de Washington D.C. que serviram na Primeira Guerra Mundial. Ao lado, ficam os estábulos da polícia do parque. Sempre gostei de ver a polícia montada em seus cavalos altamente treinados e de acariciá-los (falo dos cavalos) quando passo.

5ª parada: de Martin Luther King Jr. a Franklin Delano Roosevelt

Do Memorial da Primeira Guerra Mundial, é rápido atravessar a Independence Avenue e chegar ao
Martin Luther King, Jr. Memorial
. Se você ainda está com o discurso dele em mente desde aquele descanso no Lincoln Memorial, este é o lugar ideal para prestar suas homenagens.

O memorial fica em Tidal Basin, de onde você pode se maravilhar com a belíssima vista para o Thomas Jefferson Memorial. Ao sair daqui, vire à direita e atravesse o caminho pavimentado que circula a bacia. Apesar de ter que tomar cuidado com os galhos baixos, é um ótimo caminho para ir de um monumento a outro rapidamente, aproveitando a fascinante vista. Por isso, há outras pessoas caminhando e correndo por aqui, então fique atento.

À direita, saindo do MLK Memorial, fica o Franklin Delano Roosevelt Memorial, um dos meus favoritos. O memorial é um testemunho à altura da liderança implacável de Roosevelt, além de ser um belo lugar para visitar em qualquer época do ano.

6ª parada: National World War II Memorial

Nesse dia, decidimos dar uma volta no FDR Memorial e voltar pelo MLK Memorial, em dire√ß√£o ao pr√≥prio National Mall, para passar pelo World War II Memorial na extremidade oposta do espelho d‚Äô√°gua, assim como o Lincoln Memorial. O centro de visitantes, nas proximidades, tem fileiras de bancos perfeitos para mais pranchas, flex√Ķes e outros exerc√≠cios de sua escolha.

A outra op√ß√£o √© caminhar pela margem da Tidal Basin, em dire√ß√£o ao Jefferson Memorial : in√ļmeras flores de cerejeira, na √©poca certa, s√£o as protagonistas de um bel√≠ssimo festival anual.

7ª parada: Monumento de Washington

√Č comum ver outros adeptos √† vida fitness indo para o leste do World War II Memorial, em dire√ß√£o ao Monumento de Washington. A dist√Ęncia entre o monumento e o Capit√≥lio (quase dois quil√īmetros) √© perfeita para correr, e muitos moradores praticam corridas ao meio-dia ao longo das amplas avenidas de paralelep√≠pedos, que circundam as √°reas verdes dessa parte do National Mall.

8ª parada: Casa Branca

Passe pelo monumento e vire à esquerda na 15th th St. , no novo National Museum of African American History and Culture e siga para a Casa Branca. A 15th Street NW é uma subida gradual, perfeita para aumentar o ritmo e a frequência cardíaca de maneira confortável.

9ª parada: Departamento do Tesouro dos Estados Unidos

Geralmente, é possível correr pela Pennsylvania Avenue na grama em frente à Casa Branca, mas atualmente (janeiro de 2017), ela está bloqueada para a construção dos estandes para a posse do futuro presidente. Escolhemos continuar pela 15 th St até o edifício do Departamento do Tesouro. Dica fitness de improviso: o pequeno parapeito ao longo do quarteirão é um bom lugar para parar e fazer alguns exercícios.

10ª parada: Ellipse

Fazendo a volta, nossa √ļltima parada not√°vel foi o Ellipse, o parque que fica atr√°s do jardim sul da Casa Branca. Se tiver sorte, talvez veja o presidente entrando e saindo da Casa Branca pelo heliporto. O Marco ZeroMarco Zero fica aqui. Ele √© o marco a partir do qual todas as dist√Ęncias de estradas nos Estados Unidos devem ser medidas e, portanto, o ponto onde o pa√≠s come√ßa oficialmente. Em dezembro, a elegante √Ārvore de natal nacional √© uma vista convidativa, especialmente √† noite.

Foi f√°cil!

Parab√©ns! Completamos oito quil√īmetros. Aposto que nem deu para perceber. Al√©m disso, voc√™ viu alguns dos monumentos mais importantes dos Estados Unidos.

Essa rota pode ser feita o ano todo, mas eu recomendo que você a faça pelo menos uma vez por mês para poder apreciar as mudanças da estação (e ver as flores de cerejeira quando brotarem). Dá para seguir seu próprio ritmo, o que é bom para todos os níveis fitness, além de ser uma ótima forma de se apreciar a majestosa paisagem dessa parte da cidade.

Onde quer que esteja, desafio você a se adaptar a esta filosofia: calce seus tênis de corrida e redescubra o lugar onde você vive, mas rápido o suficiente para suar.

A academia está aberta. Vá até ela.