Entrevista do mês: Como viajar com seu pet?

Eu sempre tive um bocado de dúvidas sobre como viajar com animais, principalmente nos aviões. Será que eles ficam muito assustados? É seguro? Qual é a documentação necessária? Pensando nisso, fui atrás de quem entende do assunto e já rodou diversos países na companhia dos seus amigos de quatro patas: o pessoal do blog Pequenos Monstros.

Na entrevista abaixo, você encontra as principais informações sobre o assunto e tira suas dúvidas sobre como embarcar numa viagem livre de estresse e ainda descobre como organizar toda a documentação.

Viajando com a Expedia: Como viajar com seu bichinho de estimação no avião?

Blog Pequenos Monstros: Você precisa pesquisar informações sobre como levar animais para o país de destino e ir atrás de toda a documentação, com certa antecedência, para conseguir embarcar. Como o Brasil ainda não erradicou a raiva, o processo pode ser longo, porque precisa ser feito um exame de anticorpos (a sorologia) em laboratório autorizado pelo país de destino e depois aguardar 90 dias até poder dar continuidade ao processo. Isso tudo é definido pelo país que você vai, não pelo Brasil, então tudo precisa estar impecável.

Já viajamos muito com nossos dois cachorros e ajudamos mais de 200 animais a mudarem de país com seus donos, por isso resolvemos criar um livro digital com o passo a passo completo para quem quer mudar de país com seu bichinho.

Viajar com animais no avião parece meio assustador de início, porque as informações não são bem explicadas nos órgãos oficiais e quase ninguém sabe como tudo funciona direito. Como já viajamos sem parar há 2 anos com nossos dois cães, o livro conta tudo que aprendemos e explica como as pessoas podem viajar com seus animais também.

Pet sendo transportado no terminal: as companhias sempre sinalizam os comandantes de cada voo se há algum pet à bordo, para garantir a segurança deles e temperatura correta no compartimento

Pet sendo transportado no terminal: as companhias sempre sinalizam os comandantes de cada voo se há algum pet à bordo, para garantir a segurança deles e temperatura correta no compartimento onde eles estão

Viajando com a Expedia: Quais cuidados devemos tomar na hora de reservar o voo?

Blog Pequenos Monstros: Você precisa escolher uma companhia aérea confiável para viajar com animais e que autorize o embarque deles. Sempre olhamos primeiro no site e depois ligamos direto na companhia aérea para confirmar todas as informações – só depois disso compramos nossas passagens.

É preciso escolher com muito cuidado uma companhia que trate os animais muito bem, não tendo histórico de perda de animais e que tenha regras claras de embarque.

A maioria das companhias aéreas aceita animais, mas você precisa ter toda a documentação do destino correta em mãos na hora do embarque, pois, sem ela, você corre o risco de não conseguir embarcar com seu bichinho.

Viajando com a Expedia: Quais documentos e procedimentos veterinários são necessários para viagens nacionais e internacionais?

Blog Pequenos Monstros: Para viajar dentro do Brasil, você precisa ter o Passaporte para Trânsito de Cães e Gatos, as vacinas em dia e verificar a saúde do seu bichinho com um veterinário antes de embarcar. Para viajar para o exterior, os documentos e procedimentos dependem do país de destino.

Para viajar para a Europa, por exemplo, você precisa fazer o exame sorológico, mas isso não é necessário para viajar para os Estados Unidos. Varia muito de país para país mesmo. O que é unanimidade é que todos os países pedem a microchipagem e vacinação contra raiva do animal em dia.

Sim, o seu pet ganhará um passaporte, como esse da foto

Sim, o seu pet ganhará um passaporte, como esse da foto

Viajando com a Expedia: Com quanto tempo de antecedência preciso começar a organizar esses detalhes?

Blog Pequenos Monstros: Depende do país de destino. Se você vai para a Europa e seu bichinho ainda não tem nem microchip, o processo demora em torno de 5 meses. Se você vai viajar dentro do Brasil ou até mesmo para os EUA, o processo é mais curto que isso. Se você vai para a Austrália, por exemplo, o processo é bem mais longo. Viajar com animais não é uma ciência exata porque cada país tem sua regulamentação – e é por isso que as pessoas tem tanto medo do processo.

Viajando com a Expedia:  Como saber se a caixa transportadora que quero comprar é adequada?

Blog Pequenos Monstros: Você precisa verificar o manual da IATA (International Air Transport Association) e seguir todas as recomendações deles. Algumas marcas de caixas de transporte colocam nos seus sites “Aprovada pela IATA”, mas como a IATA não aprova nenhuma caixa, é preciso confirmar todas as recomendações mesmo assim.

O mais básico é que a caixa precisa ter porta de ferro, travas com parafusos de ferro e ventilação em todos os lados, mas eles dão bem mais detalhes do que isso no site.

A caixa para transportar seu pet é uma das escolhas mais importantes para garantir uma viagem em segurança

A caixa para transportar seu pet é uma das escolhas mais importantes para garantir uma viagem em segurança

Viajando com a Expedia: O que fazer para ele se adaptar ao novo ambiente?

Blog Pequenos Monstros: A palavra chave para o animal se adaptar rapidamente é rotina. Já mudei para mais de 5 países com meus dois cães e, desde que eu mantenha a rotina dos dois intacta, eles estão bem. Ter horários para os passeios, para a comida, para o descanso e para as brincadeiras. Desde que eu continue saindo para passear com eles nos mesmos horários de sempre, eles sentem muito pouco a diferença de onde estamos.

Isso porquê são dois cachorros também, né? Gatos são mais sensíveis a mudanças e a adaptação pode demorar alguns dias. O mais importante, na verdade, é que seu bichinho precisa ficar ao seu lado. Não interessa se isso vai acontecer no Brasil ou do outro lado do mundo. A maior segurança do seu pet é estar perto de você e é isso que mais importa pra ele.

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)