Compartilhe
0

Emirados Árabes: o que você precisa saber

Antes de qualquer dica ou informação sobre este pequeno país do Oriente Médio, é preciso saber que lá, assim como em todo país islâmico, o fim de semana é diferente do nosso. Nos Emirados Árabes Unidos (EAU), não se trabalha de sexta nem de sábado, e o domingo é dia útil (o domingo é a segunda-feira deles).

As repartições públicas e algumas empresas funcionam de sábado a quarta-feira, ou até meio-dia de quinta, enquanto a maioria das companhias privadas funciona de domingo a quinta-feira. Sexta é o grande dia lá, quando a cidade se arruma e sai para jantar, com os restaurantes oferecendo extensos cardápios de brunch, o equivalente local do tradicional almoço de domingo, mas muito mais popular. A maioria das atrações e lojas está fechada nas manhãs de sexta-feira e os serviços de ônibus também ficam mais espaçados. Portanto, antes de planejar as datas da sua viagem, tenha isso em mente.

Outro item importante a que se deve atentar antes de marcar a viagem para os Emirados é a data do Ramadã, o mês sagrado do Islã. A cada ano, o Ramadã acontece em uma data diferente, de acordo com a posição astronômica da lua, mas costuma ser entre agosto e setembro.

Para os muçulmanos, este é o mês dedicado à purificação do corpo e da alma. Eles têm de jejuar do amanhecer ao por do sol e, como turista, você precisa respeitar as restrições. É claro que você pode comer e beber na privacidade do seu quarto de hotel ou em qualquer das áreas de refeição cercadas de treliças que são montadas em todos os hotéis do país. Comer, beber, fumar ou mastigar chiclete em público são atos considerados ofensivos aos muçulmanos, assim como cantar, dançar ou xingar durante esses dias. Além disso, no mês do Ramadã, a música ao vivo é proibida e todas as baladas da cidade fecham. As lojas também têm seus horários de funcionamento reduzidos.

Ao anoitecer, o jejum termina. Então, todos iniciam uma celebração com comida, bebida e convívio social (chamada Iftar). Muitos hotéis montam maravilhosas “tendas de Iftar”, com bufês árabes, e a animação rola até de madrugada, quando todos vão dormir para se preparar para mais um dia de abstinência.

A melhor época para visitar os Emirados Árabes é o inverno (de dezembro a fevereiro), quando fica com um agradável clima mediterrâneo, com temperatura média diária de 20 e poucos graus centígrados. De março a abril e de outubro a novembro, as temperaturas sobem muito e o termômetro fica acima de 30 graus C regularmente, embora o calor ainda seja suportável, já que venta bastante.

De maio a setembro, a cidade ferve e até sufoca em julho e agosto, quando a temperatura média chega a quase 40 graus (às vezes até mais!). A única vantagem dessa época é que as tarifas dos hotéis costumam despencar até 75% (oportunidade para abusar dos luxos de Dubai, por exemplo, por um preço razoavelmente acessível)!

Brasileiros precisam de visto para entrar nos Emirados Árabes. Se forem somente para um dia (como uma escala, por exemplo), o visto pode ser adquirido de graça, através da companhia aérea. É aconselhável que o visto seja solicitado com pelo menos 20 dias de antecedência, ok?

Para um visto válido por mais dias, é preciso fazer a solicitação através do que eles chamam de “sponsors” (patrocinadores) que ficam responsáveis pelos visitantes enquanto durar suas estadas no país.

Os sponsors podem ser hotéis ou agências de turismo, ou parentes de primeiro grau residindo e trabalhando nos Emirados.

No primeiro caso, o turista deverá solicitar seu visto ao fazer a reserva do hotel. Mas atenção: não são todos os hotéis que prestam esse serviço, por isso antes de efetuar o pagamento da reserva, é melhor confirmar com o hotel. Para saber quais hotéis prestam o serviço de solicitação de vistos, acesse aqui.

Você receberá um formulário para preencher, com todas as informações sobre a viagem, valor das taxas e documentos a serem encaminhados via fax ou email para a emissão do visto. Eu e a Ana Sabbag tiramos o nosso visto através de uma empresa chamada VFS, redirecionada da Emirates Airlines (a companhia da qual compramos nossas passagens), por US$ 63.30.

Assim que o visto for autorizado pelo Ministério de Imigração nos EAU, o hotel envia uma autorização de entrada, a qual deverá ser apresentada à imigração no embarque e, posteriormente, no desembarque no aeroporto nos EAU.

No segundo caso de sponsors, os parentes poderão providenciar o visto e agir como responsáveis pelo turista. No caso de amigos residindo nos EAU solicitarem o visto, algumas restrições e condições se aplicam, por isso é importante que o amigo residente nos EAU se informe dessas condições no Departamento de Naturalização e Residência do Ministério do Interior.

Agora você já pode planejar sua viagem aos Emirados Árabes. O básico você já sabe. Em breve, daremos dicas sobre os programas imperdíveis desse país.

Até!
Beijo,
Luciana Sabbag   

Compartilhe
0
Expedia Brasil

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.
Expedia Brasil