Compartilhe
0

Dresden: destino ideal entre Praga e Berlim

Dresden foi uma das cidades mais destruídas pelos bombardeios da Segunda Guerra Mundial na Alemanha. Os estragos foram tão grandes e fortes que, até hoje, muitos prédios do centro histórico ainda estão sendo reconstruídos, mesmo após quase 70 anos do final desse trágico capítulo da nossa história. Mas, afinal, por que a cidade merece a sua visita?

Foto: Natalie Soares

Foto: Natalie Soares

Porque, em poucas décadas, a cidade se reergueu, se reinventou e, hoje, mostra com orgulho cenas do seu passado e do seu futuro. Bons motivos para visitá-la não lhe faltam: o conjunto arquitetônico completamente restaurado é fabuloso, o acervo dos museus é impecável e os concertos musicais e tradições populares são ótimos.

A capital da Saxônia é um destino perfeito para quem procura um pit-stop entre Praga e Berlim – encontre aqui um bom hotel em Dresden. Com poucos dias na cidade, você conhece os principais pontos históricos e ainda curte a noite agitada na região da Cidade Nova. Aliás, as principais atrações estão divididas entre os bairros de Altstadt (Cidade Antiga) e Neustadt (Cidade Nova).

O que visitar na Altstadt

É possível conhecer todo o centro histórico caminhando, sem precisar se preocupar com transporte. É na Cidade Antiga que ficam os principais conjuntos arquitetônicos de Dresden, como a Semperoper (ópera de Dresden), o Palácio Zwinger e a Galeria dos Antigos Mestres Renascentistas, o Residenzschloss (Palácio Real de Dresden), o Fürstenzug (mural dos príncipes da Saxônia) e a Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora).

Foto: Natalie Soares

Foto: Natalie Soares

Cada prédio histórico, cada igreja ou museu guarda um pedaço diferente da história da Saxônia, desde os grandes reis que por ali passaram até grandes nomes da música clássica como Wagner, Mozart e Liszt.

Outro ponto impressionante de Dresden é o complexo conhecido como “Staatliche Kunstsammlungen Dresden” ou Dresden State Art Collections. São 14 diferentes museus com acervos riquíssimos, que incluem desde joias das coroas e outras peças da antiga corte até obras de arte renascentistas e contemporâneas.

dicas-roteiro-viagem-dresden-alemanha-04

Foto: Natalie Soares

Se você puder visitar apenas um desses museus, vá até o Gemäldegalerie Alte Meister ou Old Masters Picture Gallery. Lá fica “La Madonna di San Sisto”, um dos quadros renascentistas mais emblemáticos desse período, que retrata aqueles dois famosos “anjinhos” olhando para outros personagens da arte cristã – impossível não reconhecê-los.

O que visitar na Neustadt – a Cidade Nova

dicas-roteiro-viagem-dresden-alemanha-21

Foto: Natalie Soares

Na parte nova da cidade ficam inúmeros cafés, restaurantes, bares, galerias de arte e lojas de artistas mais descolados. Neustadt é um ponto em constante transformação; por isso, não deixe Dresden antes de caminhar por essa região.  Além das ótimas street arts e instalações contemporâneas, a Cidade Nova é o lugar ideal para você que procura uma noite mais autêntica e animada.

Você ainda precisa de mais motivos para incluir este país no seu próximo roteiro pela Europa? Veja algumas dicas de rotas pela Alemanha e se apaixone. E não se esqueça de Dresden na hora de fechar seu roteiro! 🙂

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)