Dinamarca: chegando de carro à Escandinávia

Não é sempre que podemos ir passar o fim de semana na Escandinávia! Para nós, chegar até a Dinamarca de carro teve um gostinho especial. Essa, com certeza, será nossa coordenada mais ao norte ao longo dos três anos de viagem.

Crédito: Viajo Logo Existo

Crédito: Viajo Logo Existo

Os países da Escandinávia são conhecidos mundo afora pela gritante qualidade de vida, e também pelos altos preços e impostos. Mas, quando se viaja de férias com tempo para acabar, dá para se planejar e aproveitar essa região que tem toda uma história única, com marcas da cultura viking e a monarquia ainda vigente.

No verão, as temperaturas chegam a 20, 25 graus e é possível ter luz até as 22h em junho. Se conseguir ir um pouco mais para o norte, você vai conseguir ver o dia claro até a meia-noite.

Crédito: Viajo Logo Existo

Crédito: Viajo Logo Existo

Mas, voltando para a capital Copenhagen, começamos nosso passeio pelo famoso parque de diversões Tivoli, um dos mais antigos do mundo, em operação desde 1843. O parque funciona de abril a setembro, e abre para o Halloween e o Natal. É uma delicia passear pelo centro da cidade, onde é possível visitar a casa do famoso escritor Hans Christian Andersen – autor de livros como O Patinho Feio, A Pequena Sereia e a Princesa e a Ervilha, entre outros. Não deixe de conhecer a estátua da pequena sereia (Den lille havfrue), um dos principais pontos turísticos da cidade. Para quem gosta de castelos, é possível ir ao Rosenborg Castle, além de muitos museus.

Crédito: Viajo Logo Existo

Crédito: Viajo Logo Existo

Nos dias em que estávamos por lá, ainda presenciamos muitos caminhões com formandos do ensino médio passando pelas ruas com música e muita bagunça! Vimos, inclusive, um deles parar em frente a uma fonte e algumas das moçoilas tirarem a roupa na frente dos turistas e, de calcinha e sutiã, entrarem na água como parte da comemoração!

Crédito: Viajo Logo Existo

Crédito: Viajo Logo Existo

Eu já tinha visitado o país e fiquei muito feliz de voltar. Nyhavn ainda é minha região preferida, com os prédios coloridos e o canal. Ali, é possível sentar e aproveitar um pouco da gastronomia local – não deixe de experimentar o delicioso smørrebrød, que é um prato frio feito com uma fatia de pão preto coberta com algum tipo de salada, carne, peixe e até frutos do mar. É simplesmente delicioso e muitos dos menu incluem três ou quatro opções assim, para que você possa provar diferentes sabores. Eu sou suspeita para falar, pois foi a primeira coisa que eu quis comer quando cheguei.

Crédito: Viajo Logo Existo

Crédito: Viajo Logo Existo

Sobre a qualidade de vida, tivemos a oportunidade de ficar na casa de locais e conversar um pouco sobre isso. Na primeira vez que visitei o país, o que mais me impressionou foram pequenos detalhes, como não ter catraca nos transportes públicos ou encontrar uma banca de frutas sem ninguém e somente uma caixinha, onde você deposita o dinheiro e pega o que quiser comprar. O imposto é aproximadamente 50% para até um nível de rendimento e, a partir daí, você paga 70% sobre o que for a mais. Parece muito, mas por outro lado você tem todos os serviços de qualidade à disposição, como saúde, educação e por aí vai.

Viajo Logo Existo
Siga-nos no

Viajo Logo Existo

Rachel e Leonardo estão em uma jornada de volta ao mundo! A viagem começou em maio de 2013 e, após um ano na América, estão desbravando o velho continente. Nos próximos dois anos, ainda terão muita história contar com África e Ásia, até completarem sua jornada na Austrália. Saiba mais sobre a história do casal no blog Viajo Logo Existo.
Viajo Logo Existo
Siga-nos no

Últimos posts por Viajo Logo Existo (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *