Destinos místicos: curiosidades para relaxar e conhecer a cultura local

Não sei se é culpa do retorno de Arquivo X ou dos inúmeros documentários conspiratórios do History Channel, mas quem nunca se pegou perguntando se aquela teoria da conspiração não teria um fundinho de verdade? Ou quem nunca ouviu histórias diferentes das contadas nos livros e ficou pensando o quanto de razão aquilo tudo poderia ter.

Como já diria o velho ditado popular galego, yo no creo en brujas, pero que las hay las hay, então você já pensou em conhecer alguns destinos que despertam a curiosidade mística e o olhar intrigado de muitos viajantes?

São tantos os destinos místicos que as vezes nem percebemos que uma floresta, um deserto ou mesmo uma praia podem ter tantas histórias para serem descobertas

São tantos os destinos místicos que as vezes nem percebemos que uma floresta, um deserto ou mesmo uma praia podem ter tantas histórias para serem descobertas

Chapada dos Veadeiros, Alto Paraíso

No coração do cerrado brasileiro fica uma das mais bonitas e místicas chapadas: a Chapada dos Veadeiros. O parque nacional é considerado patrimônio natural mundial e é repleto de belas cachoeiras, rios, matas e cânions. Entretanto, outro fator tem atraído muitos viajantes do mundo todo: seu clima místico e especial.

O epicentro esotérico é a pequena e simpática cidade de Alto Paraíso. Todas semanas, chegam por lá gente do mundo todo atraídos por históricas de contatos com naves extraterrestes, seres místicos e uma forte energia sobrenatural.

A cidadezinha ganhou ainda mais os holofotes no final de 2012, quando muitos acreditavam que ela estava protegida de um possível final dos tempos e hoje se tornou um ponto de peregrinação mística e esotérica.

Alto Paraíso está em cima de uma grande placa de quartzo e é cercada por grandes paredões, por isso muitos acreditam que essa energia diferente emana da terra. E as coincidências não param por aí: a cidade também está na mesma latitude de Machu Picchu, outro destino que é cercado por mistérios e teorias.

É possível encontrar muitos relatos de viajantes que trocaram suas cidades natais por uma vida mais pacata no vilarejo, atraídos principalmente por suas energias cósmicas e por ser um ótimo destino de peregrinação para quem gosta de meditar e praticar yoga – ou simplesmente por quem procura um lugar pacato e tranquilo para morar.

Para entrar no clima, muitas pousadas da região e restaurantes são caracterizados com seres verdes e figuras simpáticas de alienígenas.

Uma vez na Chapada, não deixe de visitar a Cachoeira dos Cristais, fazer as trilhas dos Saltos e dos Cânions e conhecer o Vale da Lua.

O Vale da Lua, no meio do parque da Chapada dos Veadeiros: sensação de estar realmente na lua ou em algum lugar muito diferente do que conhecemos

O Vale da Lua, no meio do parque da Chapada dos Veadeiros: sensação de estar realmente na lua ou em algum lugar muito diferente do que conhecemos

Nazca, Peru

É difícil falar sobre o Peru e não cair em argumentos que relacionam o misticismo do país com inúmeras teorias da conspiração. Talvez o maior exemplo disso, ao lado de Machu Picchu, sejam as próprias linhas de Nazca que, até hoje, intrigam e dividem a comunidade científica do mundo todo. Talvez essa seja a grande magia deste destino que atrai viajantes e pesquisadores ao redor do globo: tentar encontrar um significado para todos aqueles grandes símbolos.

Mais de 30 teorias diferentes tentam explicar a origem das linhas que atravessam grande parte do deserto peruano. Além dos desenhos mitológicos, nessa área também foram encontrados crânios alongados e muitas histórias tentam explicar suas origens. Alguns pesquisadores, no entanto, garantem que essa é a prova de que a civilização Nazca tinha contato direto com seres de outros planetas.

Entre tantos estudos, o mais curioso, principalmente para os fãs de teorias da conspiração, é baseado no livro “Eram os Deuses Astronautas” – do suíço Erich von Däniken – que garante que as linhas de Nazca foram traçadas como pistas de pousos ou aeroporto para seres extraterrestes.

As linhas de Nazca, no deserto peruano, um mistério até hoje não desvendado

As linhas de Nazca, no deserto peruano, um mistério até hoje não desvendado

Las Vegas, Estados Unidos

Quem, em sã consciência, colocaria Las Vegas em uma lista de destinos místicos? Isso não faz o menor sentido, certo? A princípio sim, mas é dessa cidade que verdadeiramente nunca dorme que parte um dos passeios mais curiosos e cheio de mistérios da região: a visita até a famosa Área 51, uma base militar secreta bem no deserto de Nevada, próxima ao Groom Lake.

Por décadas, o governo dos Estados Unidos negou a existência dessa área e muitos ufólogos ou interessados por esse tema afirmam que é ali que são feitas muitas pesquisas sobre formas de vida fora da Terra.

Se você também tem um tio que adora as teorias da conspiração que falam sobre alienígenas ou quer garantir uma foto ao lado do simpático ETzinho que mora por lá, o passeio saindo de Las Vegas até a Área 51 deve ser, no mínimo, curioso e divertido.

O tour promete nos mostrar alguns petróglifos de antigos índios americanos que já representavam figuras extraterrestes e um caminho pelas margens secas de um lago que é considerado ponto estratégico de avistamento desses seres verdinhos – ou não.

Muitas histórias depois e caminhos percorridos pela “Extraterrestrial Highway” e pelo bar Little A’le’Inn (cenário de filmes como Independence Day), o dia termina com a chegada à suposta entrada da Área 51.

Las Vegas vai muito além dos famosos casinos, os mistérios que circulam pelo deserto ao redor da cidade são muitos, incluindo a possível entrada da Area 51

Las Vegas vai muito além dos famosos casinos, os mistérios que circulam pelo deserto ao redor da cidade são muitos, incluindo a possível entrada da Área 51

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *