Cuba: nova mas ainda autêntica

“Vá antes que mude completamente”, provavelmente esse deve ser o mote mais propagado nas matérias publicadas sobre Cuba e você mesmo já deve ter pensado “preciso ir logo antes que acabe”. O país caribenho sempre foi um destino muito interessante e rico em culturas e tradições diferentes, agora ele só deve ter voltado ao seu radar graças a retomada gradativa das relações com os Estados Unidos e a abertura de novas rotas internacionais de voos.

Mas será que vai mudar mesmo? Será que perderemos os últimos resquícios das heranças cubanas e logo veremos as ruas de Havana tomadas por fast food, franquias de cafés e redes de hotéis? Acredito que tão cedo isso não deva acontecer, só o número de turistas que escolhem o destino deve aumentar, graças a essa aura cheia de curiosidades comunistas que só Cuba consegue despertar.

Havana, a bela capital cubana

Havana, a bela capital cubana

Políticas à parte, vamos as principais dúvidas que aparecem quando começamos a planejar uma viagem ao país, as questões mais práticas continuam as mesmas para o turista, então é só se preparar:

Qual moeda levar para Cuba?

Mais do que perguntas sobre vistos e roteiros, viajar para Cuba também é viajar pelas questões cambiais. Atualmente, o país tem duas moedas vigentes: o peso cubano e o peso conversível, mais conhecido como CUC. Todos os serviços relacionados ao turismo são cobrados em CUC e o câmbio pode ser feito nas casas de câmbio oficiais logo na chegada do aeroporto de Havana ou no centro histórico.

O CUC tem paridade com o dólar americano, apesar disso, aqui mora uma pegadinha: não leve dólares para Cuba, a melhor moeda estrangeira é o euro e não é possível comprar CUCs em casas de câmbio no Brasil. Ao fazer essa conversão do euro para o peso conversível, você não será sobretaxado e ainda vai conseguir uma boa cotação. Outro detalhe importante: a maioria dos lugares não aceita cartão de crédito ou débito.

As pessoas, o povo cubano é realmente acolhedor com o turista

As pessoas, o povo cubano é realmente acolhedor com o turista

É preciso de visto para entrar em Cuba?

Sim, todos os brasileiros que querem viajar para Cuba precisam solicitar a emissão do visto de turista. Existem dois caminhos possíveis: se você vai voar com a Copa Airlines via Cidade do Panamá, basta solicitar a compra do visto diretamente com a própria cia. A Copa é a única empresa a oferecer esse tipo de benefício para quem visita o país, mas ligue no SAC para confirmar os procedimentos necessários.

Voando com qualquer outra cia, será necessário providenciar o visto na embaixada ou consulado mais próximo da sua cidade. Os documentos podem ser enviados pelos Correios para a Embaixada em Brasília ou para o Consulado Geral em São Paulo. Você também pode fazer esse processo pessoalmente. Esse trâmite todo pode durar cerca de um mês.

Cuba é a perfeita combinação de cultura, tradição e belas praias. Aqui as Playas Del'Este

Cuba é a perfeita combinação de cultura, tradição e belas praias. Aqui as Playas Del’Este

Outros detalhes importantes:

Não esqueça seu seguro viagem, porque ele é um item obrigatório para quem viaja para Cuba. A vacina contra a febre amarela não é exigida na hora da entrada no país. E por fim, não se preocupe mais com aquela antiga taxa aeroportuária que era cobrada na saída do país, ela não existe mais.

Quanto à segurança, não encontrei relatos que levantassem grandes questões. Fique atento aos seus pertences pessoais e não dê bobeira, haja como se estivesse viajando por qualquer país da América Latina.

Trinidad

Trinidad

Principais destinos para quem visita Cuba:

A porta de entrada para conhecer as raízes históricas de Cuba, sem dúvidas, é Havana. Das icônicas imagens dos antigos casarios, dos carros clássicos e das homenagens à Che Guevara, desbravar as ruas da cidade é se jogar numa cultura intensa, é conversar com pessoas cheias de histórias para contar e quem sabe ainda se aventurar na busca pelo melhor charuto ou rum cubano ou cair em uma das festas e danças típicas.

A pequena e histórica Trinidad é o contraponto perfeito à capital. Com casinhas histórias coloridas e ares de vida pacata no interior, a cidade é tida como uma das mais charmosas do país.

Já no quesito praias, Cuba também bate um bolão. Praias famosas internacionalmente como Varadero e Cayo Largo possuem uma estrutura de resorts pé na areia bem estabelecida e não fazem feio para nenhum outro destino caribenho mais conhecido como Punta Cana ou Bahamas. Cayo Coco e Cayo Santa María são as novas apostas para quem procura aquele mar impressionante do Caribe, mas quer fugir dos destinos de turismo de massa.

Combinar Havana, Trinidad e algumas das regiões de praias citadas acima é conhecer um pouco da alma cubana: das tradições e costumes até as belezas naturais impressionantes, você não voltará o mesmo depois dessa viagem incrível.

As belas praias de Cayo Largo

As belas praias de Cayo Largo

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)