Conheça Sevilha, no coração da Andaluzia

Uma das cidades mais bonitas de toda a Espanha fica na região da Andaluzia. Poucas horas de trem separam Madri de Sevilha, um destino único, cheio de encantos e muitas histórias.

Expedia - Sevilha (1)

Antes de sugerir bons motivos para você incluí-la no seu próximo roteiro, preciso contar um detalhe: faz muito calor em Sevilha. Muito mesmo. Por isso, nos meses mais quentes do ano, não subestime a temperatura; capriche no protetor solar, na hidratação, nos tintos de verano e nas sangrias – drinks típicos e bem refrescantes da Espanha. 🙂

Se existisse um Oscar do Turismo, sem dúvida, Sevilha levaria várias indicações, começando pelo Real Alcázar, uma obra do século XIV considerada a mais antiga residência real ainda em uso na Europa. Semelhante à famosa Alhambra, em Granada, o palácio também foi tombado como patrimônio da humanidade, e seus jardins e detalhes arquitetônicos são impecáveis.

Expedia - Sevilha (3)

Outro patrimônio da humanidade muito importante em Sevilha é sua catedral. Dona de números bem impressionantes, ela é considerada a maior da Espanha e a maior catedral gótica do mundo: são cinco naves de 120 metros, 23,5 metros quadrados de área ocupada e 90 metros de altura.

A catedral foi erguida em cima de uma antiga mesquita e levou séculos para ser terminada. Por isso, ela também possui características renascentistas, barrocas e neoclássicas. Cristóvão Colombo está enterrado por lá. É, sem dúvida, uma das catedrais mais bonitas de toda a Europa.

Expedia - Sevilha (2)

No Pátio das Laranjeiras, ao lado da catedral, fica um dos pontos mais conhecidos de Sevilha: a Torre da Giralda, uma torre moura anexa à catedral e construída como mirante semelhante à Mesquita de Kutubia, em Marrakesh.

Outra torre muito fotografada na capital da Andaluzia é a Torre del Oro. Ninguém sabe ao certo a origem desse nome, mas alguns acreditam que vem de um antigo revestimento de azulejo com reflexos metálicos. Outros dizem que sua função era servir como depósito de metais preciosos trazidos da América.

Outro bom motivo, além de sua rica história, para pensar em Sevilha com muito carinho é a cultura de “tapas”: come-se muito bem e relativamente barato na cidade. Não deixe de provar todos os pratos típicos da região.

Para curtir a noite, a dica é seguir até a Alameda Hércules a cerca de 10 minutos de caminhada dos principais pontos turísticos de Sevilha. Lá, você irá encontrar vários bares em meio a esculturas de Júlio César e Hércules, construídas em meados do século XVI.

Expedia - Sevilha (4)

Para complementar seu roteiro, Sevilha também é um ótimo lugar para você assistir a uma tradicional apresentação de dança flamenca, dança característica da Espanha.

Os cenários de Sevilha não poderiam ser mais surpreendentes. Com um conjunto arquitetônico antigo e cheio de influências europeias e marroquinas, caminhar sem rumo entre as pequenas ruas históricas é uma sensação incrível.

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *