ecoturismo em pirenopolis

Conheça os 15 destinos imperdíveis no Centro-Oeste do Brasil

Seja do Norte ao Sul ou do Leste ao Oeste, o Brasil é rico em belezas naturais e locais turísticos. É por este motivo que listamos aqui os melhores destinos do Centro-Oeste do país, baseado na experiência dos usuários da Expedia Brasil. A região retrata como poucas a variedade de atrações do país.

1. Brasília, Distrito Federal

arquitetura de brasilia

Catedral Metropolitana de Brasília – Foto: doraisa/Shutterstock.com

Em meio aos prédios governamentais espalhados por todo o Plano Piloto, os parques e pontos turísticos de Brasília fazem da cidade um destino cobiçado no Centro-Oeste. A orla do Lago Paranoá e o Parque da Cidade Sarah Kubitschek são as melhores pedidas para quem busca uma pausa para relaxar. O mesmo vale para a Ermida Dom Bosco, que oferece uma das mais belas vistas do pôr do sol no Planalto Central. É imperdível também a visita à Catedral Metropolitana, próxima aos setores norte e sul de hotéis em Brasília, com seus arcos que formam uma das mais icônicas obras de Oscar Niemeyer.

2. Goiânia, Goiás

praça do ratinho goiania

Monumento dos Três Marcos – Foto: Marcia Cobar/Shutterstock.com

Outra boa opção entre as viagens para a região Centro-Oeste do Brasil está a pouco mais de 200km de Brasília. Passar férias em Goiânia é ter um pouco mais de contato com o Cerrado brasileiro. O passeio pode ter início na Praça Cívica, onde encontra-se o Centro Administrativo, sede do governo do Estado, e o Museu Zoroastro Artiaga, que conta um pouco da história local. A música sertaneja é um traço forte da cultura goiana, e curtir um dos festivais que agitam a cidade é uma opção. Assim como não deve se deixar o município sem provar o arroz com pequi, uma fruta típica.

3. Cuiabá, Mato Grosso

Voos para Cuiabá são literalmente voos para o centro da América do Sul. A cidade representa o ponto central do continente, e o marco é celebrado por um monumento chamado Centro Geodésico da América do Sul. É um bom início para explorar o município, que conta ainda com seu Centro Histórico, reconhecido como patrimônio nacional pelo IPHAN. Na Praça Popular, por fim, você encontrará ainda os bares e restaurantes para relaxar, antes de rumar de carro à Chapada dos Guimarães, com suas cachoeiras, grutas e rios, ao lado da capital mato-grossense.

4. Campo Grande, Mato Grosso do Sul

maior parque em campo grande

Parque das Nações Indígenas em Campo Grande – Foto: Vinicius Bacarin/Shutterstock

O Parque das Nações Indígenas é imperdível quando se fala em o que fazer em Campo Grande. É a principal e mais movimentada área verde da cidade, com inúmeras opções de lazer e eventos que acontecem no decorrer do ano. Nele, ainda se localiza o Museu das Culturas Dom Bosco, conhecido como Museu do Índio, aberto em 1950. A presença indígena se faz ainda mais relevante em Campo Grande, pois esta é a única cidade brasileira com uma aldeia urbana, a Aldeia Indígena Urbana Marçal de Souza, onde também fica o Memorial da Cultura Indígena. Viajar a Campo Grande é, sem dúvida, uma ótima oportunidade para se ter contato com a cultura nativa brasileira.

5. Caldas Novas, Goiás

Caldas Novas é conhecida como a “Capital das Águas Quentes”. Não é para menos: a cidade é a maior estância hidrotermal do mundo, com águas que superam os 45ºC, o que atrai milhões de turistas ao município todos os anos. Sua rede hoteleira é vasta, preparada para abrigar as pessoas que querem adaptar roteiros em Caldas Novas e aproveitar seus parques aquáticos. Caso queira um descanso das piscinas, uma boa opção é o Parque Estadual Serra de Caldas, que preserva área do Cerrado nacional e exibe um pedaço da fauna local, mesmo estando muito próximo ao centro.

6. Taguatinga, Distrito Federal

Taguatinga é uma das principais cidades-satélites de Brasília e uma opção para quem quer fugir do Plano Piloto. No Centro Cultural do Sesi, há uma intensa programação aberta às pessoas que visitam o município. Com aproximadamente 15m de altura, vale a visita ao principal ponto turístico da cidade, o Relógio da Praça Central, que chama a atenção por seu formato e não à toa foi tombado como patrimônio cultural e artístico do Distrito Federal.

7. Bonito, Mato Grosso do Sul

lagoa em bonito

Águas claras para mergulho em Bonito – Foto: ThiagoSantos/Shutterstock.com

Uma breve busca por imagens explica por que viajar para Bonito é uma decisão sábia. A 300km de Campo Grande, a cidade apresenta algumas das mais belas atrações naturais no Brasil. Um exemplo é o Rio de Prata, com sua água transparente. Um mergulho entre os peixes com visibilidade quase total é de tirar o fôlego. Outra flutuação imperdível é feita no Aquário Natural, cuja vegetação aquática diferenciada lhe proporciona incríveis sensações. As grutas também têm valor destacado nos roteiros. A Gruta do Lago Azul e a Gruta de São Miguel podem ser visitadas em um só dia, por exemplo. O Abismo Anhumas é o lugar ideal para quem gosta de esportes radicais, com opções de rapel em uma descida de mais de 70m de altura.

8. Águas Claras, Distrito Federal

Águas Claras é um dos mais belos entornos da capital do Brasil, sobretudo em seu Parque Ecológico. O local é o ideal para passear com crianças e ter um dia agradável em uma área verde, distante do rush do dia a dia brasiliense. A pouco mais de 20 minutos da cidade-satélite se localiza ainda a Capela São Francisco de Assis, em um vale pouco movimento, mas capaz de recarregar as energias do viajante.

9. Anápolis, Goiás

Anápolis é sede de uma das mais importantes bases da Força Aérea Brasileira (FAB). Esporadicamente, a base abre as portas e recebe milhares de visitantes para expor os caças que fazem a segurança da capital brasileira, com demonstrações e cerimônias. Ainda na cidade próxima a Goiânia, o Parque Ambiental Ipiranga fica no coração de Anápolis e é uma boa pedida ao ar livre, assim como o Parque da Cidade e a Praça Bom Jesus.

10. Pirenópolis, Goiás

ecoturismo em pirenopolis

Cachoeira do Rosario em Pirenópolis – Foto: rodrigobark/Shutterstock.com

A arquitetura colonial de Pirenópolis dá à região a diversidade turística que é uma das razões pelas quais o Centro-Oeste pode ser considerado a melhor região do Brasil. Um passeio a pé por seu centro histórico lhe coloca em contato com um dos mais charmosos locais da cidade. Sente-se, sem pressa, e jante na Rua do Rosário, conhecida como Rua do Lazer, onde as mesas na rua e a iluminação antiga dão um ar diferente à refeição. Como não pode faltar, o Parque Estadual Serra dos Pirineus proporciona uma experiência diferenciada, com trilhas, cachoeiras e a fauna típica do Centro-Oeste, a apenas 20km do centro de Pirenópolis.

11. Alto Paraiso de Goiás, Goiás

cachoeiras para mergulhar

Cachoeira Loquinhas – Foto: Larissa Chilanti/Shutterstock.com

Alto Paraiso de Goiás, por sua vez, destaca-se por ser a mais estruturada entre as cidades do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. As pousadas e restaurante proporcionam opções aos visitantes que desejam aventurar-se pela Chapada, considerada um dos patrimônios mundiais pela UNESCO. Além da Cachoeira Santa Bárbara e do Vale da Lua, cuja estrutura rochosa remete à superfície lunar, que são as mais tradicionais atrações do local, há também a Cataratas dos Couros, junção de quatro quedas d’água de enorme volume. A vegetação do Cerrado é predominante na Chapada, assim como os esportes radicais, como a tirolesa e o rapel.

12. Formosa, Goiás

A pouco mais de 80km de Brasília, Formosa aposta em suas belezas naturais para atrair turistas de todo o Brasil e do exterior. Uma delas é o Poço Azul que, como o próprio nome diz, conta com uma água azul turquesa diferente de tudo que pode ser visto por aqui. O Salto do Itiquira, no Parque Municipal do Itiquira, é uma das maiores quedas d’água do Centro-Oeste brasileiro e vale cada segundo da visita. Para quem tem apresso por antiguidades, os Sítios Arqueológicos de Bisnau e da Toca da Onça, ambos nas cercanias de Formosa, são formações rochosas, repletas de pinturas rupestres que remetem a nossos antepassados.

13. Nobres, Mato Grosso

Uma excelente alternativa ao grande fluxo de turistas de Bonito está no estado vizinho. As atividades turísticas em Nobres em muito se assemelham à sua versão no Mato Grosso do Sul. As flutuações em águas cristalinas e cachoeiras dão o tom nos passeios, a começar pelo Rio Triste e o Aquário Encantado. Pegue seu snorkel e divirta-se observando a interação dos peixes de todos os tamanhos enquanto é levado pela leve correnteza. A Cachoeira da Serra Azul é uma ótima pedida para quem gosta de trilhas, com sua queda d’água de 46 metros de altura e de cor inconfundível.

14. Itumbiara, Goiás

cidade as margens do rio paranaiba

Itumbiara a noite – Foto: Vinicius Naves/Shutterstock.com

Construída no início do século passado, a Ponte Affonso Penna sai de Minas Gerais e chega a Goiás por meio da cidade de Itumbiara. É a mais antiga ponte pênsil do Brasil e a porta de entrada do estado. Em Itumbiara, o passeio na orla do Rio Paranaíba atrai visitantes que desejam caminhar, correr ou apenas relaxar. A subida do Farol Beira Rio também atrai os turistas, que de lá podem ter uma vista panorâmica da cidade.

15. Cáceres, Mato Grosso

cidade as margens de um rio

Cáceres vista de cima – Foto: Prefeitura de Cáceres

Cáceres é o ponto de partida perfeito para quem deseja explorar o Pantanal brasileiro. A cidade fica na fronteira com a Bolívia e uma das principais atividades é a pesca esportiva. Por estar às margens do Rio Paraguai, Cáceres traz a opção de navegar pelo Pantanal, com sua fauna e flora inconfundíveis. Reserve ainda um tempo para visitar a Dolina Água Milagrosa, uma lagoa de água cristalina em uma gruta com 200m de altura. O Marco de Jauru e a Catedral de São Luiz, no centro de Cáceres, são dois locais que o visitante têm de conhecer e que contam um pouco da história do município.

 

E aí gostou da lista? Qual cidade é sua favorita na região Centro-Oeste?

Autor

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.

Anterior Las Vegas. Com que roupa eu vou?
Próximo Brasileiros revelam 25 destinos secretos pelo país

13 Comments

  1. Bonito não é praia, se achou caro é porque só conhece praia na vida….vai para a praia ficar sentado sem fazer nada, tomando água de cocô, mas por favor não reclama do preço…

    Reply

Deixe um comentário