Conheça o Circuito das Águas, no interior de São Paulo

O Circuito das Águas é uma rota turística composta por nove pequenas cidades do interior paulista conhecidas por diversos motivos: suas histórias, seus artesanatos, pelo ecoturismo e turismo rural, e até mesmo por suas estâncias de águas termais. São destinos que combinam muito bem com um roteiro de final de semana ou de um feriado prolongado. Também são opções interessantes para quem quer aproveitar uma viagem bem relax, com amigos, família ou a dois, sem gastar muito, pertinho da capital – vale até para quem estiver viajando para São Paulo e puder dar uma esticadinha. Algumas cidades rendem até mesmo um bate-volta! 🙂

Águas de Lindóia

Distância de São Paulo: 163 quilômetros

Águas de Lindóia ficou muito conhecida nas décadas passadas por ter se tornado a capital brasileira do termalismo. Muitas pessoas acreditam que suas estâncias de águas termais são ótimas fontes de curas para doenças. A cidade também conta com bons hotéis e resorts e um circuito de montanhas com várias trilhas bonitas.

Uns dias de pernas para o ar em uma das cidades do Circuito das Águas é tudo que você precisa para renovar as energias (Crédito da foto: Natalie Soares)

Uns dias de pernas para o ar em uma das cidades do Circuito das Águas é tudo que você precisa para renovar as energias (Crédito da foto: Natalie Soares)

Um dos principais pontos turísticos é a Praça Adhemar de Barros, que foi projetada pelo arquiteto Roberto Burle Marx e recebe todo ano um grande encontro de admiradores e colecionadores de carros antigos. É de lá que saem passeios particulares em veículos 4×4 para apreciar a natureza da região – um dos destinos é o Morro do Pelado, onde há um hotel-fazendo e de onde se tem uma vista de tirar o fôlego.

Além disso, a cidade tem ótima cena gastronômica e outros atrativos para quem curte aquele clima gostoso de interior, como passeios à cavalo.

Lindóia

Distância de São Paulo: 156 quilômetros

Lindóia têm um título importante: é considerada a capital nacional da água mineral. Das fontes que ficam na cidade, são extraídos aproximadamente 40% do volume de água mineral consumido no Brasil. Geralmente, os visitantes conhecem Lindóia em um bate-volta saindo de Águas de Lindóia, sua vizinha.

Seu principal ponto turístico é o Complexo do Grande Lago, de cinco quilômetros de extensão, utilizado para prática de esportes aquáticos e outras atividades de lazer. Os praticantes de ecoturismo não podem deixar de dar um pulo no Rio do Peixe, que corta a cidade, e oferece, além de belas paisagens, boas cachoeiras ao seu redor.

Amparo

Distância de São Paulo: 138 quilômetros

Capital histórica do circuito das águas, a Estância Hidromineral de Amparo é famosa pelas simpáticas casas, construções e fazendas da época áurea do café. Quem gosta de passeios na natureza não pode deixar de conhecer o parque linear, que acompanha a margem do rio Camanducaia. A fonte luminosa do parque tem água tratada e pode ser utilizada para banho no calor.

Para completar seu passeio pela cidade, visite a Fazenda Benedetti em um ambiente rústico e familiar onde é possível provar cachaças artesanais, mel, queijos e outros embutidos produzidos ali mesmo.

Ah, e se você visitar a cidade até o dia 12 de agosto, vai poder curtir o Festival de Inverno de Amparo, que reúne atrações culturais e oferece também um espaço gastronômico com várias delícias para degustar no friozinho.

Socorro

Distância de São Paulo: 135 quilômetros

Socorro tem ganhado cada vez mais destaque no turismo nacional graças à estrutura para prática de esportes de aventura no coração da Serra da Mantiqueira. Além do famoso rafting no Rio do Peixe, no Parque dos Sonhos é possível fazer vários programas ao ar livre como tirolesa, rapel, escalada, arvorismo, passeios a cavalo e trilhas pela mata, além de várias cachoeiras para quem quer mesmo é sentar na sombra e curtir a natureza.

Socorro também é conhecida como um importante polo têxtil, por isso, o turismo de compras é mais um atrativo na cidade. Quando estiver por lá, não deixe de visitar a Feira Permanente das Malhas e o Moda Shopping.

Serra Negra

Distância de São Paulo: 142 quilômetros

Serra Negra talvez seja o nome mais conhecido do Circuito das Águas. Com diversos parques e praças, a cidade atrai viajantes em busca do seu clima mais ameno e de suas famosas fontes de águas termais. A cidade também é conhecida graças aos seus diversos hotéis-fazenda e programação especial de eventos que acontece ao longo do ano.

A cidade tem vários pontos turísticos bacanas e atividades tradicionais das cidades do interior paulista, como o Cristo Redentor, o teleférico, o trenzinho que faz o tour completo pela cidade. Quem gosta de natureza pode fazer um piquenique no Lago dos Macaquinhos, dar uma volta pelo Parque Dr. Jovino Silveira e subir até o Alto da Serra, ponto culminante de Serra Negra, de onde é possível tirar belas fotos.

Serra Negra também faz parte do circuito das malhas e dos couros, por isso, além do turismo rural, os passeios de compras são programas bem procurados na região.

Jaguariúna

Distância de São Paulo: 125 quilômetros

Jaguariúna, famosa entre os fãs de música sertaneja por causa do seu rodeio (é a 3ª maior festa de peão do Brasil), também tem outros ótimos atrativos.

Além do turismo rural muito presente na cidade, Jaguariúna preserva um importante patrimônio ferroviário. Da estação da cidade, sai o passeio de maria-fumaça, feito em uma legítima locomotiva da antiga Companhia Mogiana, de 1952. O passeio vai até Campinas e, se você topar fazê-lo, pode aproveitar para conhecer também o Museu Ferroviário.

Pedreira

Distância de São Paulo: 138 quilômetros

Pedreira é considerada a capital da porcelana, e é muito conhecida pelas suas mais de 400 lojas e fábricas de artigos para casa e cozinha. Na Serra da Mantiqueira e às margens do Rio Jaguari, Pedreira é uma típica cidade do interior onde a vida passa em um ritmo mais tranquilo.

Além das compras, os visitantes também podem curtir outros passeios bacanas, como a Praça Coronel João Pedro (onde acontece a feira de artesanato), o Museu da Porcelana, o Casarão Real de Pedreira e o Morro do Cristo.

Monte Alegre do Sul

Distância de São Paulo: 130 quilômetros

Monte Alegre do Sul é uma cidadezinha envolta em belas montanhas, com clima ameno, casarios históricos do século 19 e ótimas estâncias de águas termais. É perfeita para quem procura pousadas mais românticas e tranquilas. Um passeio pelo centro histórico e uma visita ao balneário municipal não podem faltar no seu roteiro e, se você gosta de cachaças e vinhos, a cidade tem vários alambiques para aproveitar.

A região também é repleta de pequenas cachoeiras, principalmente no trecho que liga Monte Alegre do Sul ao distrito de Mostardas. A Cachoeira das Mostardas e a do Falcão são algumas das mais bonitas.

Holambra

Distância de São Paulo: 120 quilômetros

Holambra, a capital das flores, conta com uma das maiores comunidades de imigrantes holandeses do Brasil. A Expoflora, a festa das flores de Holambra, atrai visitantes do Brasil inteiro em busca de flores, dicas de paisagismo, shows e comidas típicas.

A cultura dos países baixos está presente por toda a cidade. O Moinho Holandês foi construído como símbolo desta cultura, que também pode ser apreciada no Museu Histórico de Holambra. A cozinha holandesa marca presença no Roteiro Gastronômico da cidade, formado por 13 restaurantes.

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *