Compartilhe
0

Comer bem: conheça algumas das melhores padarias e restaurantes orgânicos de São Paulo

Esse é um post para os amantes da boa gastronomia, saudável e só com alimentos frescos e orgânicos. Algo que só São Paulo faz por nós.

Enoteca Saint VinSaint

Você provavelmente não verá a Enoteca Saint Vin Saint estampando a capa de nenhuma publicação dedicada a gastronomia e nem em roteiros de jornais e revistas. E nada disso se deve ao fato da comida não ser boa ou o chef, incompetente. Nesse caso, aliás, muito pelo contrário.

Lis Cereja, a proprietária, sommelière e chef, se preocupa muito mais com seus ideais do que com fama rápida ou tapinhas invejosos nas costas. Se preocupa em servir a melhor comida possível na acepção mais pura da palavra – sazonal, sem agrotóxicos, hormônios nem sofrimento animal – do que fazer média com a mídia. “Escolhemos o caminho mais difícil: não fazer divulgação. Nunca acreditei que a mídia fosse me trazer os clientes e os amigos que me entenderiam. E eu estava certa. Mas é um processo dolorido. Você perde dinheiro, perde forças, passa noites em claro fazendo contas até que os clientes começam a aparecer. Mas quando aparecem, não tem volta. E hoje a maioria dos dias, só atendemos com reservas”, diz Lis.

Um dos meus endereços favoritos na cidade, a Enoteca também possui carta de vinhos 100% orgânica, natural e/ou biodinâmica. Um lugar para conhecer – e virar fã.

Rua Professor Atílio Innocenti, 811, Vila Nova Conceição.3846-0384

Salão da enoteca

Salão da Enoteca, para conhecer e experimentar vinhos totalmente orgânicos

Le Manjue

Um dos primeiros restaurantes de pegada orgânica a aparecer em bairros nobres de São Paulo, o Le Manjue tem cozinha comandada pelo chef Renato Caleffi, um entusiasta do uso da biomassa de banana verde e da comida funcional.
A maior parte dos insumos usados ali são orgânicos, muitos provenientes de horta própria. Durante a semana, o almoço conta com um bem montado e gostoso bufê que inclui saladas, vegetais, grãos, pastas – e que pode ser complementado por proteína animal preparada na hora.

Rua Domingos Fernandes, 608 – Vila Nova Conceição, 3034 0631

xxx

O belo espaço do Le Manjue

P.A.O.

A P.A.O. (Padaria Artesanal Orgânica) faz um dos melhores pães de São Paulo: integrais, levam farinha orgânica e sal rosa do Himalaia, passam por longa fermentação e são assados na pedra. Para melhorar, também servem bolos sensacionais – como o de amora, o de milho cremoso, o de cacau -, ovos mexidos orgânicos, sanduíches que são minha tentação (o que falar do que leva mussarela de búfala, azeite e tomate assado!?) e uma bela média com café orgânico. Não dá pra negar: é minha parada preferencial no café da manhã/tarde.

Pães artesanais da P.A.O.

Pães artesanais da P.A.O.

Chef Vivi

Casa aberta há quatro anos, na Vila Madalena, o Chef Vivi sempre apostou na sazonalidade dos ingredientes da maneira mais extrema: o cardápio muda todos os dias. Na composição dos pratos, o máximo possível de orgânicos, muitos vegetais servidos em seu maior vigor e sabor e porções de proteína animal de tamanho sensato. No salão, presença quase zero de foodies, intagramers à procura de likes e congêneres – o Chef Vivi não é nem quer ser ‘cool’ ou ‘da moda’. Ela quer servir comida deliciosa, simples, viva. E consegue.

Você pode encontrar creme de abóbora japonesa, iogurte natural orgânico, raspas de limão siciliano e brotos), delicadíssimo Linguini de grano duro, cogumelos salteados, flor de nirá, lascas de grana padano e broto de girassol, suculenta Moranga orgânica ao forno, repolho roxo orgânico tostado, figo com mel in natura e redução de laranja e especiarias…

Rua Girassol, 833, Vila Madalena. 3031-0079

Equipe do Chef Vivi em ação

Equipe do Chef Vivi em ação

Casa S

A Casa S é a primeira loja da marca SSimplesmente, voltada à alimentação orgânica, vegetariana, sustentável e saborosa. Funciona assim: dê uma olhada nas geladeiras abastecidas com saladas, doces, chocolates, chás, sucos, sopas e pães e escolha seu preferido. Pegue o pote de vidro e os talheres de bambu e coma por ali (depositando-os, vazios, nas caixas demarcadas) ou pague e leve para casa.

O menu muda semanalmente, de acordo com a sazonalidade dos ingredientes, e pode incluir gostosas salada de lentilhas, maçã, uva passas, pepino e manjericão, salada de quinoa, folha de beterraba, alho poró e sublimes de coco ou pistache.

Rua Mourato Coelho, 1008, Vila Madalena. 3032-4532

Outro destaque da Casa S., o ambiente gostoso com mesinhas ao ar livre

Outro destaque da Casa S, o ambiente gostoso com mesinhas ao ar livre

Arturito

Hoje o que me agrada no Arturito vai além do uso magistral do forno a lenha, da cozinha que prima por ingredientes orgânicos e sazonais, do ponto de cocção perfeito dos alimentos, do ambiente informal no qual o que é servido importa muito mais do que quem é servido. O que me agrada ali é a própria Paola Carosella.  É seu discurso.

É o uso do seu imenso espaço na mídia para tocar em temas como desperdício de alimento, em maus tratos animais, em educação alimentar. Paola manteve-se fiel a si mesma e utiliza o sucesso que fez por merecer para passar a mensagem que lhe é tão obviamente cara: “Voltar a cozinhar é fundamental para que a sociedade volte a ser mais saudável”.

Tenho ido mais ao Arturito no almoço por gostar da iluminação natural que adentra pelo teto retrátil. Curto sentar sozinha e comer, com toda a calma, um dos melhores pães da minha vida: fermentado naturalmente, leve toque azedinho, alto, de miolo macio e crosta externa levemente chocante, me lembra demais o pain des amis da boulangerie parisiense Du Pain et Des Idées.  Ele e a manteiga feita na casa compõe o meu couvert favorito em São Paulo. A boa notícia é que o próximo projeto de Paola – que já tem duas unidades da casa de empanadas La Guapa – é abrir uma padaria. Como disse a ela, estou na fila desde agora.

Rua Arthur de Azevedo, 542, Pinheiros, 3063-4951

Arturito, uma ótima opção durante o dia também, com luz natural

Arturito, uma ótima opção durante o dia também, com luz natural

Compartilhe
0
Ailin Aleixo

Ailin Aleixo

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Ailin Aleixo é jornalista e há 15 anos escreve sobre gastronomia. Já foi editora de revistas como Viagem e Turismo, Época e VIP. Há seis anos criou um dos maiores sites de gastronomia e turismo gastronômico do país, o Gastrolândia.
Ailin Aleixo

Últimos posts por Ailin Aleixo (veja todos)