Compartilhe
0

Destinos para quem gosta de comer bem no Brasil

Nas últimas duas décadas, nós vimos uma revolução gastronômica acontecer bem diante dos nossos olhos. Chefs levantaram a bandeira da gastronomia brasileira, passaram a valorizar mais nossos tradicionais ingredientes locais e viraram, praticamente, embaixadores dos nossos sabores por todo o mundo. E o reconhecimento veio logo em seguida: prêmios internacionais, restaurantes brasileiros encabeçando listas dos melhores do mundo e o turismo gastronômico ganhando novas proporções.

Se um gringo me parasse na rua e perguntasse quais são os melhores destinos para comer bem no Brasil, quais cidades eu recomendaria? Pergunta difícil essa, mas como não sou de recusar desafios, vou tentar destacar alguns.

São Paulo

Impossível falar sobre destinos gastronômicos no Brasil sem dar o merecido destaque a São Paulo, uma das cidades precursoras desse movimento nacional. É possível encontrar restaurantes de comidas típicas do mundo inteiro e, claro, de cozinha brasileira de qualidade. Dos mercados de rua, ao Mercadão com seus sanduíches de mortadela, aos food trucks da moda, passando pelos grandes chefs premiados pelo Guia Michelin, São Paulo é a meca para os fãs da boa mesa no país.

O Mercadão de São Paulo é um local tradicional para compras e principalmente para provar seu famoso sanduíche de mortadela

O Mercadão de São Paulo é um local tradicional para compras e principalmente para provar seu famoso sanduíche de mortadela

No quesito cozinha genuinamente brasileira, meus favoritos são o Mocotó e o Esquina Mocotó do chef Rodrigo Oliveira, o Tordesilhas da chef Mara Salles e o Clandestino da chef Bel Coelho. Falando em comida de boteco, as coxinhas do Veloso e a carta de cervejas do Empório Sagarana merecem toda a fama que levam.

Procurando por novidades na cena gastronômica paulistana? Não deixe de conhecer o restaurante A Casa do Porco, nova empreitada do chef Jefferson Rueda, ex-Áttimo, e da chef Janaina Rueda, do também excelente Bar Dona Onça. O menu é uma exaltação a cozinha brasileira e a carne de porco. Merece todos os elogios que vem arrancado da crítica especializada.

O restaurante de comida nordestina Mocotó é ponto de encontro de todo o tipo de paulistano

O restaurante de comida nordestina Mocotó é ponto de encontro de todo o tipo de paulistano

Conseguir definir o melhor da gastronomia da capital em poucas linhas é praticamente missão inviável, afinal, uma das suas principais qualidades é a sua capacidade frequente de conseguir se reinventar e sempre trazer um novo olhar à mesa.

Se você quer continuar aproveitando o melhor de São Paulo, aí vão algumas boas sugestões:

E se quiser explorar os sabores da cidade, uma sempre ótima e atualizada fonte de consulta é o site Gastrolândia, da crítica Áilin Aleixo.

Rio de Janeiro

Outro destino que faz muito bonito na cozinha e que também contribuiu e muito para o crescimento desse novo movimento gastronômico do Brasil é o Rio de Janeiro. A cidade maravilhosa foi escolhida por grandes chefs como Roberta Sudbrack e Claude Troisgros para ser o endereço de suas famosas e importantes casas.

O típico bolinho de bacalhau português da Adega Pérola, no Rio de Janeiro

O típico bolinho de bacalhau português da Adega Pérola, no Rio de Janeiro

Mais do que alta gastronomia, o Rio também bate um bolão quando o assunto é comida de boteco. A lista nunca para de crescer, aliás, esse é um item muito importante ao montar seu roteiro de viagem pelo Rio de Janeiro: capriche na seleção dos melhores bares cariocas, garanto que vai deixar sua programação muito mais divertida e saborosa.

Aconchego Carioca: porções deliciosas em ambiente tipicamente carioca

Aconchego Carioca: porções deliciosas em ambiente tipicamente carioca

Aliás, já publicamos um roteiro por alguns dos melhores botecos, padarias e lanchonetes da cidade, veja aqui.

Belém

Outro destino que tem saltado aos olhos de quem gosta de comer bem é Belém, no Pará. A cidade, que representa toda a originalidade e autenticidade da cozinha do norte do Brasil, vem ganhando cada vez mais espaço e reconhecimento no cenário nacional e internacional.

Dos famosos pratos de tacacá no tucupi até o açaí com peixe, uma viagem a Belém é, sem dúvidas, uma imersão em novos sabores e aromas.

Um dos grandes símbolos dessa revolução é um jovem talento de 27 anos chamado Thiago Castanho. Seu restaurante, o Remanso do Bosque, logo entrou para a badalada lista dos melhores da América Latina da revista Restaurant. Ele faz bonito não só na cozinha, como no campo da pesquisa e da valorização das nossas raízes e história.

Outras grandes cidades como Salvador, Belo Horizonte, Tiradentes e Porto Alegre também fazem bonito na passarela da boa mesa. E para a nossa alegria, nosso leque de possibilidades está cada vez maior e melhor: menos fast food e comida processada e mais cozinha genuína e de ingredientes locais. Quem disse que gastronômica não poderia ser uma super viagem?

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)