Compartilhe
0

Chubut: onde avistar baleias na patagônia argentina

A província de Chubut, na patagônia argentina, proporciona aventuras inusitadas para quem procura por um roteiro diferente e de puro contato com a natureza. Os principais passeios oferecidos entre Trelew, Puerto Madryn e a Península Valdés envolvem observação de animais como pinguins, baleias, leões marinhos e golfinhos.

Cenário da natureza da região de Chubut

Cenário da natureza da região de Chubut

Punta Tombo: para fazer amizades com pinguins

O centro de preservação de Punta Tombo é o ponto perfeito para observação dos pinguins de Magalhães, que partem da costa do Rio de Janeiro rumo às águas geladas da patagônia entre setembro e abril. É lá também que fica a maior colônia reprodutiva da espécie em toda a patagônia. O passeio é feito por uma trilha de cerca de 3 km e com dois mirantes posicionados de frente para o mar.

Punta Tombo, a praia dos pinguins

Punta Tombo, a praia dos pinguins

Puerto Pirámides: para ver de perto a magnitude das baleias

Os guias garantem que Puerto Pirámides é o único lugar com chances reais de encontrar baleias durante a navegação. E não é que elas resolveram dar o ar da graça mesmo? É incrível vê-las ao vivo e livres na natureza. A melhor época para avisar as baleias vai de junho até a primeira semana de dezembro, já de março a abril é a vez das orcas tomarem conta do pedaço.

Puerto Pirámides

As baleias de Puerto Pirámides

Puerto Madryn: para mergulhar com leões marinhos

Puerto Madryn é uma região muito procurada por quem gosta de atividades de ecoturismo e esportes de aventura como canoagem, trilhas de bicicleta e passeios a cavalo. Essa área também é conhecida como ponto de mergulho com leões marinhos. O passeio é feito apenas com snorkel e, como os animais estão acostumados, eles acabam chegando bem próximos dos nadadores.

Passeio de barco para observar as baleias a partir de Puerto Madryn

Passeio de barco para observar as baleias a partir de Puerto Madryn

Puerto Rawson: golfinhos velozes

As toninas são uma versão rápida e saltitante dos golfinhos. No passeio de barco que parte do Puerto Rawson, é possível avistá-las passando quase que voando perto do barco. A espécie é típica desse trecho do Atlântico e a navegação em alto mar dura cerca de 2 horas.

Apesar de um pouco distante e fora do nosso radar turístico, a província de Chubut é um destino perfeito e ainda intocado para quem gosta de passeios em meio a natureza selvagem e pra quem gosta de ver animais vivendo em seus habitats naturais.

Outros programas imperdíveis em Chubut:

Além dos quatro programas citados, a região também guarda outras atividades como a visita à Estância San Lorenzo, um centro de preservação da vida dos pinguins que também concentra um restaurante típico que oferece o melhor cordeiro patagônico de Chubut; diferentes trekkings; trilhas de bicicleta; passeios a cavalo ou 4×4 e tours de barco partindo de Punta Delgada ou Punta Cantor para avistar elefantes-marinhos, ou de Punta Norte para ver de perto lobos marinhos e as orcas.

Para complementar seu roteiro, não pule a visita ao Museu Paleontológico Egidio Feruglio, onde estão os fósseis do maior dinossauro já encontrado no mundo, e à Gaiman, uma cidade gaulesa que ainda preserva tradições celtas e é famosa pelas casas de chá.

Estância San Lorenzo

Estância San Lorenzo

Qual a melhor época para visitar a Península Valdés e Chubut?

A melhor época para visitar esses locais é de setembro a dezembro, pois é o único período do ano em que você consegue fazer os passeios de observação dos principais animais da região: baleias, golfinhos, pinguins e leões marinhos.

 

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)