Bruxelas das histórias em quadrinhos: conheça a cidade do Tintim

Na carona do Tintim e seu fiel escudeiro, o cachorrinho Milu, acompanhamos por muito tempo as aventuras desse repórter e jovem viajante belga que, nem em suas maiores peripécias, poderia imaginar que um dia se tornaria artigo de museu e símbolo de um país.

Em 1929, o cartunista belga Hergé deu vida ao Tintim, um dos personagens mais famosos da Bélgica. A partir daí ele traria consigo um movimento que, por décadas seguintes, influenciaria diretamente a cultura local e daria a Bruxelas o título de capital internacional das histórias em quadrinhos.

xxx

Bruxelas respira hist√≥rias em quadrinhos at√© no metr√ī

Apesar de existirem movimentos semelhantes at√© mesmo em outros pa√≠ses e artistas trabalhando nessa mesma linha, Herg√© rompeu a barreira e liderou o movimento dos quadrinhos belgas tamanho sucesso de p√ļblico. At√© hoje a B√©lgica (e particularmente Bruxelas) consome muito da produ√ß√£o de hist√≥rias em quadrinhos europeus como forma de arte, entretenimento e, at√© mesmo, de cr√≠tica social.

Um exemplo de como os quadrinhos s√£o importantes para a cidade √© o museu dedicado exclusivamente a contar a trajet√≥ria de suas hist√≥rias. O museu dos quadrinhos – tamb√©m conhecido como Belgian Comic Centre – mostra os precursores desse movimento cultural, assim como trabalhos contempor√Ęneos e a trajet√≥ria dos personagens mais famosos da B√©lgica como os Smurfs, que tamb√©m foram criados no pa√≠s em 1958.

Por dentro do animado Belgian Comic Centre

Por dentro do animado Belgian Comic Centre

O ingresso custa 10 euros e a lojinha √© cheia de itens para colecionadores e edi√ß√Ķes especiais dos principais quadrinhos do pa√≠s publicados em diferentes idiomas.

Nas ruas que dão acesso à praça Sablon, também conhecida como praça do chocolate graças às várias boutiques dedicadas à arte do cacau, é possível encontrar muitos antiquários e lojas divertidas que vendem objetivos para os aficionados em histórias em quadrinhos.

Em Bruxelas s√£o desenhos e quadrinhos espalhados pela cidade toda

Em Bruxelas s√£o desenhos e quadrinhos espalhados pela cidade toda

Talvez a mais interessante seja a The Cartoonist que vende todo tipo de objetos relacionados a esse universo: quadrinhos, livros, p√īsteres, action figures, al√©m de pe√ßas para colecionadores e de decora√ß√£o. A loja √© incr√≠vel, mas o hor√°rio de funcionamento √© bem limitado, por isso confira no site oficial para n√£o correr o risco de dar de cara com a porta fechada.

Sabe outra curiosidade sobre o Tintim? Ele possui um museu exclusivo para contar toda sua hist√≥ria: desde a cria√ß√£o, at√© a evolu√ß√£o dos seus tra√ßos e o amadurecimento dos personagens secund√°rios e de seus vil√Ķes. Entretanto, s√≥ h√° um pequeno probleminha: o museu do Tintim n√£o fica necessariamente em Bruxelas.

Musee Herge: tudo sobre o Tintim

Musee Herge: tudo sobre o Tintim

O Muse√© Herg√© fica na cidade Louvain-la-Neuve, dentro de um campus universit√°rio a cerca de 40 km da metr√≥pole belga. O ingresso adulto custa 9,50 euros e, devido √† dist√Ęncia, o caminho n√£o √© t√£o r√°pido assim, por isso considere praticamente o dia todo de passeio entre sair do seu hotel em Bruxelas, chegar at√© o local, visitar o museu e retornar com calma.

Comic book route ou a rota das histórias em quadrinhos e a arte de rua em Bruxelas

Figurinhas carimbadas nas fotos de instagram de Bruxelas, o centro da cidade foi tomado por grandes painéis de grafites, ou street art, que deram origem a um roteiro especial e que faz um belo contraponto à arquitetura clássica e imponente das principais ruas da região.

xxxx

Tintim em toda parte da cidade

Chamado de comic book route Рou a rota das histórias em quadrinhos Рela conta atualmente com mais de 50 painéis diferentes.

Esse movimento começou em 1990, quando antigos painéis de propaganda foram substituídos gradativamente por enormes grafites e arte baseados nos quadrinhos mais famosos da cidade.

Quem diria que, tanto tempo depois, eles se transformariam em grandes atrativos turísticos? Para conferir o circuito completo, a prefeitura disponibiliza um mapa sinalizando todos os pontos dessa rota.

Street art em Bruxelas

Street art em Bruxelas

 

 

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
P√≥s-graduada em M√≠dias Sociais pela FAAP, √© autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associa√ß√£o Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conte√ļdo online e vive fazendo planos para a pr√≥xima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

√öltimos posts por Natalie Soares (veja todos)

One thought on “Bruxelas das hist√≥rias em quadrinhos: conhe√ßa a cidade do Tintim”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *