Atacama – um luxo possível

O deserto do Atacama foi um dos destinos que mais me surpreendeu, tanto por sua beleza natural quanto pela infraestrutura hoteleira e pelos diferentes passeios que sempre mostravam um novo ponto de vista.

O Atacama fica no norte do Chile e tem mais de mil quilômetros de extensão de vegetação rasteira, diversos tons de marrom acobreado e paisagens totalmente diferentes do que já conhecemos. Ele também é considerado o deserto mais seco e mais alto do mundo. É uma baita experiência como viajante.

Para os mais aventureiros, uma visita a este deserto ainda pode render um “bem bolado” com o Salar de Uyuni na Bolívia, mas esse detalhe merece outro post .:)

Os dias costumam ser bem quentes e as noites, bem frias, beirando temperaturas negativas. Confirme os dados metrológicos antes de fazer a sua mala, assim você evita qualquer surpresa climática desagradável.

Também vale caprichar na nécessaire com os produtos de cuidados básicos da pele e cabelo: protetor solar, hidratantes, protetor labial, óleos e águas termais. E não esqueça a hidratação: tome muita água mesmo sem sentir sede, isso pode fazer muita diferença no seu bem-estar.

Mas a dúvida permanece: como chegar ao Atacama? A logística é mais simples do que parece: basta voar de Santiago até Calama. São cerca de duas horas de voo – e você encontra ofertas de passagens para esse trecho aqui na Expedia. Chegando lá, contrate um transfer do aeroporto de Calama, a cidade mais próxima, até São Pedro de Atacama, o povoado com cerca de três mil habitantes que fica no coração do deserto. Esse traslado dura uma hora e meia, aproximadamente, e, dependendo do hotel reservado, esse percurso já pode estar incluso na sua diária.

A oferta de passeios oferecidos no Atacama é muito variada, por isso, quanto mais noites você conseguir ficar, mais passeios diferentes poderá aproveitar. Não se preocupe, existem opções para os diferentes condicionamentos físicos: dos mais sedentários, como eu, até os mais atletas. Alguns dos passeios mais conhecidos te levam a cenários incríveis: Salar de Tara, Vale da Lua, Vale da Morte, Geysers del Tatio, Lagunas Altiplanicas, Lagunas Cejar e Tebinquiche. Também é possível fazer trekking, trilhas de bike e 4×4.

O Atacama é um destino democrático quando o assunto é hospedagem. Ele recebe muitos mochileiros, mas também recebe muito bem quem busca por um luxo mais rústico. E aqui mora a minha dica: dependendo da época da sua viagem, vale a pena buscar ofertas e pacotes completos nos hotéis mais tops da região, pois muitos deles podem oferecer meia pensão ou pensão completa, bem como alguns passeios exclusivos na sua diária.

Por que vale a pena procurar essas ofertas? Pelo conforto, charme, qualidade do serviço e comodidade dos passeios. Os hotéis mais conhecidos dentro dessa proposta são Tierra Atacama, Explora, Alto Atacama, Awasi e Kunza.

Na Expedia você também encontra ofertas para os diversos tipos de hospedagens no Atacama.

Confira também as ofertas de voos do Brasil para o Chile aqui na Expedia.

Natalie Soares

Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e Diretora de Mídias Digitais da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem. 

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *