Compartilhe
13

As melhores dicas para organizar uma viagem internacional de ano novo

O final do ano já chegou e com ele a época favorita de muita gente para viajar: as festas de ano novo. Se você é da turma que vai aproveitar o recesso no trabalho e as férias escolares para começar 2017 com o pé direito em outro país, confira nossas dicas para amenizar qualquer contratempo e deixar a viagem mais leve e tranquila.

Que tal um cruzeiro pelo Caribe para a virada do ano?

Que tal um cruzeiro pelo Caribe para a virada do ano?

Faça as reservas com antecedência e guarde os comprovantes

A dica mais valiosa do mundo: resolva todas suas reservas agora mesmo. Nem pense na possibilidade de viajar sem hotel, sem aluguel de carro ou sem seguro viagem. O fluxo de gente saindo de férias nessa época do ano é muito intenso e costuma deixar muitos aeroportos e hotéis sobrecarregados.

Essa dica vale também para os restaurantes e festas nos dias próximos ao ano novo. Muitos estabelecimentos, principalmente no hemisfério norte, costumam oferecer menus especiais apenas sob reserva e tendem a ter uma grande procura. Outros já preferem dar férias coletivas e fecham as portas por algumas semanas.

Uma alternativa ao preço inflacionado desse tipo de menu fechado, é fazer a festa em mercados locais, comprando vários quitutes como bons queijos, pães, vinhos e espumantes e organizar um pequeno e diferente jantar no próprio quarto do hotel, antes ou depois de cair na balada.

E por fim, não se esqueça de conferir todos seus documentos: o passaporte está dentro da validade? Vai para algum destino que exige visto, certificação internacional de vacinação ou PID (permissão internacional para dirigir)? É difícil conseguir resolver esse tipo de burocracia na véspera do recesso.

Os fogos da bela Paris

Os fogos da bela Paris

Arrume as malas com calma

A presa sempre foi inimiga da perfeição. Organizar a mala cinco minutos antes de correr para o aeroporto é uma forma de já sair de casa estressado e descabelado. Acertar tudo com calma é uma boa maneira para evitar o risco de esquecer algo importante como passaporte e moeda estrangeira.

No aeroporto

Final de ano não tem jeito: é trânsito pesado nas vias de acesso aos aeroportos, é fila pra cá e fila pra lá. E isso não é só mérito brasileiro, não. Já pensou quantos americanos estão fugindo do frio? Ou quantos canadenses vão curtir uma praia no Caribe?

A melhor maneira de evitar dor de cabeça e corre-corre nos aeroportos lotados é chegar um pouco mais cedo do que o horário proposto pela própria companhia. Assim, você ameniza o efeito das filas, tanto de check-in quanto dos trâmites de raio-x e da polícia federal e ainda consegue tomar um café ou dar uma espiadinha no free shop antes de embarcar.

O animado Reveillon na Times Square, em Nova York

O animado Reveillon na Times Square, em Nova York

Conheça os hábitos e costumes locais

Para evitar frustrações com o destino escolhido para o ano novo, a melhor solução é estudar previamente os hábitos e costumes da região para essa época. Quais são os pratos típicos que os moradores costumam comer por lá? Tem queima de fogos? Há festas nas ruas? Esquema de segurança? E como fica o transporte público? Festas fechadas? Passeios de barco ou rooftop? Essas dúvidas dependem muito do destino escolhido e podem fazer toda diferença na hora do seu planejamento de viagem.

Transporte público da hora da virada

Investir mais tempo no planejamento e não deixar tudo para a última hora é muito importante. Nas grandes cidades da Europa ou na América do Norte, o transporte público não costuma operar na madrugada da festa e os táxis – que costumam ser bem raros – cobram pequenas fortunas para corridas curtas. Vale ficar próximo do burburinho ou a uma distância possível de ser caminhada no frio.

Talvez seu ano novo não seja de branco, nem comendo lentilha ou pulando sete ondinhas, mas só pelo fato de você estar viajando e curtindo essa experiência, já tenho certeza de que esses serão os primeiros sinais de que o próximo ano será cheio de viagens inesquecíveis.

Que tal a virada antecipada em Sidney?

Que tal a virada antecipada em Sidney?

Compartilhe
13
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)