Compartilhe
0

A’Dam Tore, o novo arranha-céu de Amsterdã

Amsterdã não é uma cidade para arranha-céus e é essa a beleza dela. Seus prédios tortos e baixinhos permitindo uma visão mais ampla do horizonte. Porém, a cidade vai crescendo nas “bordas” e por lá vão surgindo prédios modernosos e altos cada vez mais. Hoje a cidade coleciona no seu entorno construções de 150m de altura. Para uma comparação: o prédio mais alto de São Paulo, o Mirante do Vale, tem 170m de altura.

O A’Dam Tore não é exatamente um prédio novo. Ele abriu suas portas em 1971 e foi, até 2009, casa da Shell até 2009. Desde então passou por uma grande renovação, ganhou novo nome, A’DAM, que significa “Amsterdam Dance and Music”, que reflete exatamente o conceito da nova história do edifício de 80m de altura em seus 21 andares.

Vista da A'Dam Tore Tower

Vista externa da A’Dam Tore Tower (Foto: divulgação)

O prédio, agora multi-funcional, abriga uma coleção de histórias, todas envolvendo música. Escritórios, café, restaurante, hotel, um ponto de observação, escola de música, clube noturno são o que compõe o novo espaço.

Mas o que tem de diferente por lá? Apesar de outros prédios serem mais altos, pouquíssimos oferecem seu terraço para que possamos vislumbrar a bela Amsterdã sob nossos pés. E é esse o objetivo do A’Dam Lookout, que fica no 20 e 21º andares do A’Dam Tore.

A vista do alto da torre para o chão

A vista do alto da torre para o chão (Foto: Lalai Persson)

Para chegar ao topo é necessário desembolsar 12,50 euros, por isso vale muito a pena tentar ir para contemplar o pôr-do-sol, que pode ser um espetáculo único visto lá do alto.

O passeio é vendido como uma grande aventura, que começa antes de entrar no elevador, onde um fotógrafo nos aguarda para fazer uma foto que terá como pano de fundo a vista do alto do prédio.

A experiência incrível do elevador da torre (Foto: Lalai Persson)

A experiência incrível do elevador da torre (Foto: Lalai Persson)

Mas o elevador é a primeira experiência de fato. As portas fecham e os olhos já se direcionam para o teto transparente. É possível avistar o teto final do último andar. Ele sobe os 21 andares em apenas 20 segundos. Um jogo de luz, com formas geométricas projetadas em led, emula uma viagem por um túnel vertiginoso dando a impressão que o elevador está numa velocidade ainda muito superior a que está de fato e de que estamos entrando nos fachos de luzes que vão percorrendo toda a estrutura. A vista do alto é de tirar o fôlego, mas a subida de elevador é de virar os olhos (e o pescoço). A impressão é que você será jogado no céu.

Na saída damos de cara com um corredor com paredes claras e linhas finas de luzes formando três belos cubos, onde não há como resistir e não tirar fotos. Vira-se à direita e finalmente estamos na área fechada do A’Dam Lookout. Toda a parede lateral é de vidro com certa profundidade, dando a impressão que vamos cair do prédio. O fascínio cresce ao perceber como Amsterdã é tão bela do alto quanto do chão. Na frente o grande canal, que separa a estação central da região onde estamos. No chão, um grande círculo transparente causa vertigem em quem olha. Alguns não se atrevem. Dali se vê a calçada abaixo dos seus pés, pois este último andar se sobrepõe ao prédio abaixo. Entre o prédio e esse cubo, há um andar redondo, onde funciona o novo restaurante Moon, que gira lentamente, proporcionando os 360º de visão da cidade sem precisar sair do lugar.

A vista do alto do A'dam (Foto: Lalai Persson)

A vista do alto do A’dam Lookout (Foto: Lalai Persson)

Na outra lateral o teto branco majestoso do Eye e todo seu entorno. As pessoas viram formiguinhas. Na parte detrás um grande campo de obra e guindastes mostram que a área norte de Amsterdã ainda trará muitas novidades para a cidade. Ansiosos esperamos.

No meio do salão, o bar e restaurante Ma’Dam com mesas viradas para as grandes paredes de vidro. Drinques, cervejas e comidinhas são servidas por simpáticos garçons. Os preços, diferentemente do que pensamos, não é abusivo. Uma cerveja custa 5,50 euros, mas ali a boa pedida é mesmo uma taça de champagne como aperitivo. Após o sol se por, o espaço dá lugar à música se transformando no clube noturno mais alto de Amsterdã.

O banheiro tem, provavelmente, uma das vistas mais bonitas de qualquer banheiro que você já tenha ido. Ao invés de espelhos, uma parede de vidro apresenta o norte de Amsterdã aos seus curiosos olhos.

Sim, temos a vista do banheiro, uma das melhores (Foto: Lalai Persson)

Sim, temos a vista do banheiro, uma das melhores (Foto: Lalai Persson)

Há ainda um terraço, onde em breve terá o Over the Edge, que permitirá que você fique “suspenso” no ar para apreciar o chão 21 andares abaixo de você.

O A’Dam Toren conta também com um hotel butique de luxo, o Sir Adam, que conta com 108 quartos espalhados em 8 andares e só tem disponibilidade para novembro. As tarifas custam a partir de 188 euros. Em setembro o subsolo ganha um clube noturno, o Shelter. Já o 18º andar ganhou um clube exclusivo para 360 membros, o Adam&Co.

O bar do A'dam Lookout (Foto: (Lalai Persson)

O bar do A’dam Lookout (Foto: (Lalai Persson)

Caso esteja passando por Amsterdã, não deixe de conhecer e vivenciar a cidade das alturas. O A’Dam Tore fica no norte da capital holandesa, mas é bem fácil chegar lá. Vá até a Estação Central, atravesse-a por dentro no sentido oposto ao Centro e pegue uma balsa para o Eye, que é gratuita. E, claro, não deixe de visitar o icônico Eye Film Institute. Caso dê tempo, almoce ou jante por lá, pois a comida é de comer de joelhos.

A’Dam Lookout

Overhoeksplein, 1 – Amsterdã

Diariamente das 10 às 22h. Última entrada às 21h.

Ingresso: 12,50 euros normal e 20 euros no horário do pôr-do-sol

Compartilhe
0
Lalai Persson

Lalai Persson

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Lalai Persson é DJ e produziu festas por 5 anos em São Paulo, trabalhou por 10 anos com publicidade, é uma das co-fundadoras da agência Remix Social Ideas, além de ser curadora da área de música de eventos como youPIX e Campus Party. É blogueira desde o início de 2000 e em 2013 criou o Chicken or Pasta, site de lifestyle de viagens. Atualmente está na estrada sempre que possível.
Lalai Persson

Últimos posts por Lalai Persson (veja todos)