Compartilhe
0

Bangkok: a região de Chatuchak e seus mercados

O bairro Chatuchak ficou famoso entre turistas por conta de seu “weekend market”, que acontece às sábados e domingos. O que muitos não sabem, é que há outras opções de mercados na região, que funcionam em dias e horários diferentes.

Chatuchak Market

Chatuchak Market

Chatuchak Weekend Market

O Chatuchack Weekend Market, ou JJ (de Jatujak) como é chamado pelos locais, foi criado em 1942, é o maior mercado da Tailândia e um dos maiores do mundo. São 8 mil estandes, divididos em 27 zonas e 11 categorias. Eles recebem cerca de 200 mil visitantes por dia. Andar nele requer um bom mapa à mão, mas se perder também pode ser uma boa opção.

Qualquer coisa que você imaginar, é provável que encontrará para comprar no Chatuchak. Você sabe o porquê de ter tantos mercados na cidade? Em 1948 o Primeiro Ministro Jompol Por Pibulsongkraam criou uma lei que todos os bairros tinham que ter seu próprio mercado. Ele é hoje tão visitado por locais quanto pelos turistas.

Mais do Chatuchak Weekend Market

Mais do Chatuchak Weekend Market

Dá para passar o dia inteiro andando por ele com direito a almoço, descanso para uma massagem e compras. Lá se encontram roupas, acessórios, artesanato, cerâmica, móveis e objetos de decoração, comida e bebida, plantas e material de jardinagem, arte, animais e acessórios, livros, discos, antiguidades e objetos colecionáveis, souvenirs, miscelâneas e roupas usadas.

O mercado só abre aos sábados e domingos, das 9 às 18h, mas o melhor horário é chegar às 10h, quando praticamente todos os estandes estão abertos e é um bom horário para barganhar. Não deixe de ter uma garrafa d’água a tiracolo, pois o calor chega a ser insuportável.

Mapinha pra poder caminhar por lá sem se perder

Mapinha pra poder caminhar por lá sem se perder

A 2 é a minha zona favorita de roupas e acessórios, muitos deles de estilistas locais. É a área mais hipster, onde tem muita coisa de qualidade e exclusiva. Já as zonas 5 e 6, que são relativamente perto. Para quem quiser comprar badulaques e tecidos, fazer massagem, é só atravessar a rua e entrar na zona 21, 22 e 23. Para discos e livros, o lugar certo é a zona 1.

Não esqueça de ir com um sapato bem confortável e levar o que pretende gastar em dinheiro, pois é mais fácil para negociar.

Endereço: 587/10 Kamphaeng Phet 2 Rd, Khwaeng Chatuchak, Khet Chatuchak, Krung Thep Maha Nakhon

Estação BTS Mo Chit ou metrô Kamphaeng Phet (que já dá na entrada da zona 2)

Horários: Sábado e domingo, das 9 às 18h

JJ Green Market

JJ Green Market

JJ Green Vintage Market

Devido ao calor, visitar um mercado à noite pode ser uma ótima opção e elas não faltam na cidade. O JJ Green Market fica no parque ao lado do Chatuchak Weekend Market. Ele é focado em produtos vintage e abriu as portas em 2014. É uma opção similar ao Talad Roi Fai Market.

O JJ Green Market funciona de quinta a domingo, das 18 à 1h. Ele é bem mais arrumadinho e charmoso que o vizinho Chatuchak. Ele é ótimo para garimpar roupas e acessórios, novos e usados, discos antigos, comer e até cortar os cabelos. Tem vários restaurantes deliciosos com uma boa variedade de cozinha. Eu comi um ótimo hambúrguer por lá na primeira vez que fui.

O mercado é tomado por jovens locais que vão lá para comer, beber, ouvir música e, claro, comprar. É um bom programa para se fazer à noite quando estiver em Bangkok e com tempo curto: faz o happy-hour, compras, janta e ainda encerra a noite por lá mesmo.

Endereço: 1 Kamphaeng Phet 3, Chatuchak, perto da estação BTS Mo Chit
Horários: Quinta a domingo, das 18 à 1h

A feira Artbox (Lalai Persson)

Entrada do Artbox (Foto: Lalai Persson)

Artbox

O Artbox Tailândia é um mercado pop-up também ao lado do Chatuchak Weekend Market. Ele é todo feito com containers, tem uma ótima área de alimentação e é o menor dos três.

O mercado é bem arrumadinho e oferece opções de roupas, acessórios, design, arte e também shows, performance e até um festival de luzes.

Também virou um ponto de encontro dos jovens tailandeses. São 100 opções de lugares para comer, 150 lojinhas para comprar roupas, 20 de objetos de decoração e 50 estandes vendendo produtos artesanais. O lugar foi produzido propositadamente para ser fotografado. Frases de efeito se espalham e marcam paredes, a iluminação é perfeita e fotogênica. Tem muitas lojinhas de blogs que hoje vendem seus produtos por lá (tem uma carinha meio etsy).

A seção de comida é bem confortável, incluindo gramado artificial (ah, sim!), puffs e mesinhas de madeira espalhadas por uma grande área. Vale a visita!

Endereço: Estação de metrô Kamphangphet – saída 1
Horários: Sexta a domingo, das 15 às 23h. Até abril/2017.

Compartilhe
0
Lalai Persson

Lalai Persson

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Lalai Persson é DJ e produziu festas por 5 anos em São Paulo, trabalhou por 10 anos com publicidade, é uma das co-fundadoras da agência Remix Social Ideas, além de ser curadora da área de música de eventos como youPIX e Campus Party. É blogueira desde o início de 2000 e em 2013 criou o Chicken or Pasta, site de lifestyle de viagens. Atualmente está na estrada sempre que possível.
Lalai Persson

Últimos posts por Lalai Persson (veja todos)