A Oktoberfest de Munique: a melhor festa da cerveja do mundo

A Oktoberfest foi criada para celebrar o casamento do rei Ludwing I em 1810 e até hoje é considerada a maior e mais importante comemoração do gênero no mundo. Tanto é que até ganhou edições similares no sul do Brasil e em outros cantos como nos Estados Unidos.

A Baviera sustenta grande tradição na produção de cervejas alemãs e nesse ano ainda está comemorado os 500 anos da lei da pureza, considerada a primeira portaria de regulamentação de produtos alimentícios do mundo.

E a festa conta muita, muita gente

E a festa conta muita, muita gente

A Oktoberfest de Munique é a maior e melhor festa dedicada à cerveja do mundo. Os números são impressionantes: mais de seis milhões de turistas passam pelo parque de exposição ao longo das três semanas de celebração. E toda essa turma consome mais de sete milhões de litros da bebida que são produzidos especialmente para esses dias.

Apesar do nome sugerir uma festa em outubro, a Oktoberfest sempre começa em setembro e em 2016 vai de 17 de setembro e 10 de outubro, já em 2017 ela acontece entre os dias 16 de setembro a 3 de outubro. A cidade fica lotada de foliões do mundo todo. Imagine um grande carnaval da cerveja e você terá uma vaga ideia do que é a festa. Por isso, vale reservar o hotel com bastante antecedência e viajar com muito espírito esportivo para relevar a superlotação da cidade.

Atrações do parque da Oktoberfest

Atrações do parque da Oktoberfest

Para chegar até o Theresienwiese, o parque onde acontece a Oktoberfest, é montado um esquema especial do transporte público na cidade com as principais linhas de U-Bhan – U3, U4, U5 e U6 – operam com mais frequência durante a festa. Só assim é possível dar conta de absorver esse grande fluxo de pessoas transitando de um lado para outro.

Também é possível chegar até lá com o S-Bahn, o trem suburbano com cara de metrô. Siga até a estação Hackerbrücke e caminhe até a Oktoberfest. Quase todas as linhas de S-Bahn passam lá e são menos de 10 minutos a pé até o parque.

Com tamanha importância, você logo deve estar se perguntando quanto custa o ingresso para essa festança. Por incrível que pareça, a entrada é franca, até mesmo nas tendas das cervejarias.

O prato que não pode faltar, batata e salsicha alemã

O prato que não pode faltar, batata e salsicha alemã

As principais cervejarias de Munique (Spaten, Löwenbräu, Augustiner-Bräu, Hofbräu-München, Paulaner e Hacker-Pschorr, entre outras) organizam suas próprias tendas gigantes com grandes mesas coletivas. Lá dentro são servidos litros e mais litros de cerveja e muita comida típica. A melhor maneira de conseguir um lugar à mesa é entrando em contato diretamente com uma das empresas e solicitando uma reserva. Nos horários de pico – de noite e nos finais de semana – é praticamente impossível encontrar lugar disponível.

Talvez você nem repare, mas a cerveja fabricada exclusivamente para a Oktoberfest é conhecida como Oktoberfestbier e é produzida de acordo com a receita datada das primeiras festas e costuma ser servida com uma graduação maior de álcool, algo entre 5,5 e 6%, do que os rótulos que são feitos normalmente.

Se possível, evite visitar a Oktoberfest nos finais de semana, esses são os dias que a festa fica superlotada. Nos outros dias da semana, o evento fica menos muvucado, sendo é o melhor período para curtir e conhecer os espaços e as tendas.

As pessoas levam muito à sério a customização dos trajes típicos, por isso, se quiser entrar no clima, compre seu próprio dirndl ou lederhosn – que são aquelas famosas roupas típicas alemãs. Você vai encontrar diversas lojas espalhadas por Munique que vendem esses trajes coloridos.

A tradição é um fator fundamental para a festa, trajes típicos estão por toda parte

A tradição é um fator fundamental para a festa, trajes típicos estão por toda parte

Entre um canecão e outro, se você é fã da bebida e quer conhecer mais sobre sua história, recomendo uma exposição incrível sobre a história da Lei da Pureza e da cerveja na Baviera que acontece no Stadtmuseum até dia 8 de janeiro de 2017.

Por fim, a prefeitura de Munique divulgou uma nota recentemente dizendo que a segurança durante essa edição da festa será reforçada e por isso não será permitido entrar com mochilas nessa área. Portanto não siga para a festa carregado grandes volumes.

Divirta-se!

 

Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)