Compartilhe
0

6 lugares para comer bem – e de forma sustentável – em Berlim

Falar em ‘gastronomia sustentável’ ainda parece grego para a maioria das pessoas. Mas privilegiar a produção de bens e alimentos da forma mais limpa para o planeta e para os indivíduos, o que permite a continuidade e longevidade dos processos, será algo mais e mais essencial ao nosso cotidiano. Nada de metais pesados, agrotóxicos, trabalho desumano ou sofrimento animal é o lema. E é fundamental que seja assim, porque o planeta é um só e a forma como produzimos nossa comida – e o que escolhemos comer – molda, e muito, como ocupamos e ‘usamos’ a Terra.

E no tocante à sustentabilidade, a Alemanha é um destaque mundial. Mas se fôssemos eleger uma cidade que congrega a alma deste movimento, sem dúvida seria Berlim. Berlim é a meca dos produtos, lojas, restaurantes, bares e docerias orgânicos e da grande e crescente cena vegana e vegetariana.

Berlim, a capital de cultura, inovações, originalidade

Berlim, a capital de cultura, inovações, originalidade

Que tal curtir sua viagem comendo deliciosamente bem e de forma limpa? Aqui vão algumas dicas de excelentes estabelecimentos que respeitam a saúde da terra e dos consumidores – e fazem ótima comida.

VÖNER

Vöner é a denominação criada para os doner kebabs veganos – ou seja, sem produtos de origem animal. Engana-se quem acha que isso é impossível de ser conciliado com sabor. O Vöner é um dos primeiros endereços focados no preparo, é barato e é ótimo. A receita da “carne” é segredo, mas entre os ingredientes há lentilhas, grão de bico e páprica – e o segredo óbvio é que é mesmo muito bem temperado.

A casa vegana de kebabs em Berlim

A casa vegana de kebabs em Berlim

WITTY’S BIO CURRYWURST

Um dos pratos mais icônicos da cidade, o currywurst, tem aqui sua versão orgânica. Os porcos com os quais são feitas as salsichas são criados soltos e sem antibióticos; os tomates do catchup, assim como as batatas, são livres de agrotóxicos; o óleo da fritura é de girassol.  Zero pesticidas, zero hormônios, zero agrotóxicos – e gostoso demais!

O tradicional currywurst, feito de forma totalmente orgânica e ainda assim delicioso

O tradicional currywurst, feito de forma totalmente orgânica e ainda assim delicioso

NO MILK TODAY

Pequenino e aconchegante café, a No Milk Today serve mais de dez tipos de leites vegetais como de coco, aveia, amaranto, nozes e macadâmia. Com eles são feitos cafés , doces, pastas para passar no pão. Mas se você quiser café com leite de vaca, também tem, mas claro que é orgânico – assim como tem uma gianduia artesanal de matar de boa, ótimos e frescos sucos naturais e saladas.

10 diferentes tipos de leites vegetais em um único lugar

10 diferentes tipos de leites vegetais em um único lugar

CAFE A.HORN

Instalado em uma bela e calma área ao lado do rio, o A.Horn tem cozinha que preza por ingredientes sazonais em pratos e sandubas bem reconfortantes. Há diversos tipos de bagels artesanais recheados, bolos, cookies, saladas, massas – e tudo muito, muito bem servido. Enquanto você come, acompanhe pela janela no fundo do salão o trabalho da oficina de bicicletas vintage, dos mesmos proprietários.

xxx

Espaço ao ar livre do A.Horn para curtir o dia enquanto toma um maravilhoso café com bagels artesanais

CANDY ON BONE

Dos mesmos proprietários do ótimo restaurante Katz Orange, a Candy on Bone é uma mistura de doceria, rotisseria e loja de produtos fair trade e orgânicos. Tudo ali é preparado com ingredientes provenientes de pequenos produtores locais, produtores de fora do país com trabalho sustentável e absolutamente tudo é fair trade, ou seja, não envolve trabalho escravo ou semiescravo e respeita recursos naturais e pessoas. Mas seu negócio é só comer? Ok, coma e seja feliz, porque ali os doces, cafés e comidas para levar são deliciosos e a preços razoáveis.

O clima de fora bem à frente da fachada do Candy on bone

O clima de fora bem à frente da fachada do Candy on bone

VEGANZ MARKET

Que tal perder o preconceito – que a maioria das pessoas ainda tem – de que vegetarianismo é sinômino de comer mal, encher a cara de soja e ser triste? Dê um pulo em uma das unidades do Veganz, rede de mercados veganos – ali não entra nada de origem animal – e veja por você mesmo. Leve pro seu hotel/apartamento alguma das dezenas de variedades de ‘salsichas’ veganas. Sério. Como tempero bem colocado e uso criativo de grãos e sementes podem resultar em receitas boas! Se acha que é muita inovação, vá até a prateleira de chocolate e coma algum com leite vegetal no lugar de leite de vaca. Ó, bem do bom.

Essa rede de mercados totalmente recheada de produtos orgânicos vale a pena para comprar aquele lanche como também ver o que há de novo

Essa rede de mercados totalmente recheada de produtos orgânicos vale a pena para comprar aquele lanche como também ver o que há de novo

Compartilhe
0
Ailin Aleixo

Ailin Aleixo

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Ailin Aleixo é jornalista e há 15 anos escreve sobre gastronomia. Já foi editora de revistas como Viagem e Turismo, Época e VIP. Há seis anos criou um dos maiores sites de gastronomia e turismo gastronômico do país, o Gastrolândia.
Ailin Aleixo

Últimos posts por Ailin Aleixo (veja todos)