Compartilhe
0

48 horas em Foz do Iguaçu: como provar tudo em um final de semana

Foz do Iguaçu é um dos destinos mais redondinhos do Brasil. Ele cabe apenas em um final de semana ou em um feriado prolongado e é uma ótima escolha para quem gosta de natureza e ecoturismo, mas busca um roteiro light, sem grandes trilhas ou dificuldades.

É difícil até descrever a sensação de encanto e surpresa ao se aproximar de uma das cataratas mais bonitas do mundo todo. Isso mesmo, a região reserva um dos cenários mais ricos da América do Sul. Se as Cataratas do Iguaçu participassem de um campeonato de futebol, ganhariam de 7×1 das Cataratas do Niagara e chegariam facilmente à final desse mundial.

A beleza das águas que dividem Brasil e Argentina

A beleza das águas que dividem Brasil e Argentina

As Cataratas de Foz do Iguaçu fazem parte do grupo de Patrimônios Mundiais Naturais da UNESCO desde 1986. E essa maravilha natural está aí, no nosso quintal, e a gente acaba não dando a atenção merecida. Shame on us!

Sabe outro quesito que o destino também bate um bolão? Ele é um dos roteiros mais bem preparados para receber tanto o turista brasileiro quanto o estrangeiro.

Para chegar até Foz do Iguaçu é fácil, pois existem voos diretos saindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. Partindo de outras cidades, será necessário fazer uma conexão em São Paulo ou Curitiba.

A estrutura para conhecer as Cataratas é muito boa, com trilhas fáceis para caminhadas e pontes para o turista chegar rapidinho lá

A estrutura para conhecer as Cataratas é muito boa, com trilhas fáceis para caminhadas e pontes para o turista chegar rapidinho lá

A cidade também conta com hotéis para todos os perfis de viajantes, desde o clássico Hotel das Cataratas que hoje pertence ao grupo Belmond, o mesmo que comanda o simbólico Copacabana Palace, até os mais econômicos e para mochileiros. Em toda extensão da Rodovia das Cataratas, aquela que dá acesso ao parque, você vai encontrar bons resorts, ideais para quem viaja com crianças.

Mas então o que fazer em 48 em Foz do Iguaçu?

Reserve um dia inteiro para conhecer o lado brasileiro das cataratas. Tudo é muito bem sinalizado e as trilhas são muito tranquilas e de fácil acesso. Você ainda pode almoçar no Restaurante Porto Canoas que fica dentro do parque e tem uma vista exclusiva para as grandes quedas d’águas. Para garantir uma boa mesa perto da janela, faça uma reserva pelo e-mail.

O ingresso que dá acesso às cataratas no lado brasileiro custa 57 reais para adultos e pode ser adquirido diretamente no site, uma vantagem para quem tem pouco tempo e quer evitar fila logo na entrada.

Para os aventureiros de plantão, ainda é possível complementar esse roteiro dentro do parque fazendo o Macuco Safari, um passeio de barco que chega pertinho das principais cachoeiras. É muita água! O ingresso para esse passeio cheio de adrenalina custa 198 reais.

Macuco Safari, passeios de bote de aventura para todas as idades

Macuco Safari, passeios de bote de aventura para todas as idades

Termine seu dia no Parque das Aves, uma área privada com 17 hectares de mata nativa e muitas aves da fauna brasileira. O mais curioso desse programa é que você entra nas enormes áreas onde os animais vivem. Alguns, curiosos que são, chegam bem próximos da gente. É bonito e inusitado. O ingresso custa 30 reais.

Tucano dentro do Parque das Aves

Tucano dentro do Parque das Aves

No segundo dia vale muito a pena visitar o lado argentino das cataratas. Não troque esse programa por compras no Paraguai, por exemplo, pois não vale a pena. A visita a Puerto Iguazú é complementar a Foz e ainda te proporciona paisagens distintas e novas perspectivas das cataratas, afinal, é dali que se vê o lado brasileiro delas.

Lá dentro, também é possível fazer algumas trilhas sinalizadas sobre enormes passarelas que passam próximas a muitas quedas d’água. Com tempo disponível, tente percorrer tanto o circuito inferior quanto o superior.

O local é surpreendente e, no final das contas, quando te perguntarem qual lado é mais bonito – o brasileiro ou o argentino – você vai conseguir desempatar esse jogo. O ingresso custará, a partir de maio deste ano, 330 pesos para os adultos.

Dá para passar o dia todo visitando o lado argentino e ainda terminar esse tour dando uma passadinha no enorme free shop que fica na rodovia que liga os dois países.

Com mais tempo ou disposição, conhecer a enorme usina de Itaipu ou fazer o sobrevoo de helicóptero complementam esse roteiro com chave de ouro.

A vista aérea das Cataratas

A vista aérea das Cataratas

Para curtir o melhor da noite, faça como muitos moradores de Foz e siga para Puerto Iguazú. Eu esqueceria os cassinos e jantares dançantes comuns na região e aproveitaria as típicas churrascarias argentinas como El Quincho del Tío Querido e La Rueda.

Na mala, não deixe de levar roupas bem confortáveis, tênis, mochila, repelente e filtro solar. Mantenha-se sempre hidratado e com a câmera a postos, afinal, é impossível resistir a imensidão das cataratas.

 

Compartilhe
0
Natalie Soares
Siga-me no

Natalie Soares

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Pós-graduada em Mídias Sociais pela FAAP, é autora do blog de viagem e tecnologia Sundaycooks e fundadora da ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem). Atualmente trabalha como editora de conteúdo online e vive fazendo planos para a próxima viagem.
Natalie Soares
Siga-me no

Últimos posts por Natalie Soares (veja todos)