Compartilhe
0

3 Motivos para visitar o Japão ainda em 2016

Cá entre nós, mas o Japão não precisa de muitos motivos para visitá-lo. O que precisa mesmo é planejamento e dinheiro, já que é um país caro, especialmente nesse momento tão crítico da nossa economia.

Mas ainda assim dá para buscar algumas razões e criar uma boa desculpa para ir para lá. Eu embarco no fim de setembro para a minha primeira odisseia no país, então selecionei alguns programas imperdíveis para eu curtir durante a minha temporada no Japão:

Uma das incríveis intervenções ao ar livre de

Uma das incríveis intervenções ao ar livre da Setouchi Triennale

  • Conhecer uma das trienais de arte mais incríveis do mundo, a Setouchi Triennale, que acontece na charmosa cidade Kagawa, no mar de Seto (6 horas ao sul do Tóquio). É o evento perfeito para aficcionados por arte ou para aqueles que buscam referências e inspiração no meio. São ilhas idílicas, algumas oferecendo uma chance única de visitá-las, ver instalações de arte e projetos desenvolvidos por artistas em residência em Naoshima, Teshima, Megijima, Shodoshima, Oshima, Inushima, Sayajima, Motojima , Takamijima, Awasima e nos portos de Takamatsu e Uno. São pelo menos três dias para fazer a visita, que acontece até dia 4 Setembro e depois retorna para a última temporada entre 8 de Outubro e 6 de Novembro. Além da arte, poderá também ter experimentar a cultura local de ilhas do interior do Japão como estas, bem diferentes das experiências que terá em cidades como Tóquio e Kyoto, por exemplo.
Foto: Andrew Evans

As luzes do Labyrinth (Foto: Andrew Evans)

  • Foi no Sónar Barcelona que conheci diversos DJs e produtores japoneses, na época em que o festival começava a apostar em Tóquio. Com isso veio uma vontade grande de vivenciar a cena de música eletrônica no Japão. Eles são intensos, ousam na experimentação e apresentam novas sonoridades, algumas estranhas, mas sempre interessantes. E é justamente por lá que acontece o Labyrinth, um dos 10 melhores festivais de música do mundo em Setembro, de acordo com a bíblia de música eletrônica Resident Advisor. O festival é dedicado ao techno e tem uma grande reputação em levar para os palcos um line-up impecável com alguns dos melhores artistas do gênero. Além disso, o festival também acontece nas belas montanhas iluminadas de Naeba Greenland, na prefeitura de Niigata, e o soundystem de primeira linha e muitos nomes para conhecer. E, claro, a animação peculiar dos japoneses curtirem uma boa pista de dança. O festival acontece entre 17 e 19 de Setembro, em Niigata, Japão. Infos aqui.

    Vista panorâmica da cidade de Sapporo

    Vista panorâmica da cidade de Sapporo

  • Já ouviu falar do festival SXSW, que acontece anualmente em Austin, no Texas? O SXSW reúne por 10 dias música, cinema e interatividade. É de lá que saíram as grandes plataformas digitais que amamos, como o foursquare, por exemplo. É de lá também que alguns artistas estouraram e filmes ganharam projeção maior do que o esperado. Agora imagina tudo isso no Japão? O NoMaps, que acontece em outubro, tem essa ambição, de ser a versão oriental do festival. Eles garantem que vai ter programação extensa em inglês e também terão os mesmos temas: música, cinema e interatividade. O que vira minha cabeça é imaginar o quanto eles estão à frente no que se refere à tecnologia, realidade virtual, inteligência artificial. A promessa é voltar de lá com a cabeça explodindo de ideias, referências e um pouco do que vai ser o futuro, que por lá já é presente. O festival acontece de 10 a 16 de Outubro, em Sapporo, Japão. Infos aqui.
Compartilhe
0
Lalai Persson

Lalai Persson

Autora chez Viajando - Expedia Brasil
Lalai Persson é DJ e produziu festas por 5 anos em São Paulo, trabalhou por 10 anos com publicidade, é uma das co-fundadoras da agência Remix Social Ideas, além de ser curadora da área de música de eventos como youPIX e Campus Party. É blogueira desde o início de 2000 e em 2013 criou o Chicken or Pasta, site de lifestyle de viagens. Atualmente está na estrada sempre que possível.
Lalai Persson

Últimos posts por Lalai Persson (veja todos)