16 melhores cidades para surfar e viajar no Brasil

Levando em consideração que o Brasil está entre os sete melhores países do mundo para surfar, não seria loucura tentar escolher uma, ou algumas, das belíssimas praias dos nossos mais de 7 mil quilômetros de litoral para cair no mar. Observando também que nem todos que “acompanham” os surfistas são experts no assunto, o bacana é que fora das águas também tem bastante coisa para ver e fazer enquanto a sequência da maré faz a alegria dos mais aventureiros.

Em busca pelas melhores ondas da costa brasileira, a Expedia Brasil conversou com o surfista profissional Bino Lopes para entrar no clima. Autoridade no assunto, o baiano levou o título de campeão brasileiro em 2015 e atualmente briga pela qualificação da elite do surf mundial. Entre fundos de areia, pedras ou recifes de corais, Bino dá as dicas com base nas suas próprias preferências, mas sempre lembrando que nossos mares são perfeitos para uma surf trip com direito a ondas épicas e paisagens fantásticas para todas as tribos.

“Um dos melhores sentimentos que já tive no esporte”.
Bino Lopes, Surfista Profissional

 

Aqui estão as melhores praias do Brasil para surfar e explorar.

Veja só se não vai dar vontade de começar a arrumar as malas:

  1. Fernando de Noronha, Pernambuco

A posição geográfica do arquipélago é o que garante as ondas perfeitas e como consequência o título de “Havaí Brasileiro”. Além das praias da Conceição e do Cachorro, os famosos ‘tubos cilíndricos’ são a sensação durante o verão na belíssima Cacimba do Padre. Por outro lado, em qualquer época do ano, as belezas naturais de toda a região garantem um dos melhores pontos de mergulho do mundo, passeios de buggy sensacionais em um cenário inesquecível.

 

Fernando de Noronha – Antônio Melcop edi

2. Ipojuca, Pernambuco

A cidade da Região Metropolitana do Recife é a casa de um dos destinos mais procurados para surfar do nordeste brasileiro: as ondas da Praia de Maracaípe são consideradas as melhores de Pernambuco. As vizinhas Porto de Galinhas e Serrambi também são excelentes para o surf e, na maré baixa, a “Piscininha” de Serrambi é uma das piscinas naturais mais lindas da região. Dali vale a pena fazer o passeio de barco até o Santuário Ecológico do Rio Sirinhaém.

  1. Baía Formosa, Rio Grande do Norte

As belezas da pequena cidade do litoral sul do Rio Grande do Norte fica por conta da maior reserva de Mata Atlântica do estado. Os ventos protegidos pelas dunas e falésias da baía transformam o mar em um verdadeiro playground para os surfistas – o ano inteiro. Os picos mais concorridos são o Pontal, o Picão e o Mar Aberto. Para relaxar, as águas escuras da Lagoa da Coca-Cola e o pôr do sol da praia do Porto são praticamente imperdíveis.

  1. Mata de São João, Bahia

Além de ser a cidade natal do Bino, esse pequeno paraíso no litoral norte da Bahia é um dos points favoritos dos surfistas de plantão que carinhosamente ganhou o apelido de “Polinésia Brasileira”. A Praia do Forte é reconhecida pelas suas ondas com fundo de coral e, fora da água, os Projetos Tamar e Baleia Jubarte merecem uma visita. A agência Portomar oferece passeios de escuna para observação das baleias e, para matar a fome em grande estilo, experimente as delícias artesanais da 7Pizzas. A Pousada Casa do Forte é uma ótima opção de estadia. 

Praia do Forte – Foto por: Filipe Fortes

5. Camaçari, Bahia

Talvez por Camaçari estar apenas a 41 km da capital mais animada do país, Salvador, a festa também rola solta dentro d’água. Itacimirim, a última praia da Estrada do Coco fica cheia no verão mas, para quem vai atrás das grandes ondas, o melhor é esperar as férias passarem quando a praia se torna um refúgio perfeito para relaxar. Descendo um pouquinho dá pra se encantar com o encontro do mar com o rio na Barra de Jacuípe. 

  1. Linhares, Espírito Santo

Conhecido como o “Paraíso das Águas”, o município de Linhares é famoso tanto por suas 64 lagoas que formam o maior complexo lacustre da Região Sudeste, como pelas grandes ondas da praia de Regência. De lá também dá para alugar caiaques e barcos para explorar a região, e ainda tem como agendar visitas aos tanques de tartarugas e às trilhas ecológicas do Projeto Tamar da Reserva Biológica de Comboios. 

  1. Salvador, Bahia

Entre tantas outras coisas, ainda que reconhecida no mundo inteiro pelos seus saborosos acarajés e o casario colorido do Pelourinho, as ondas fortes da praia da Aleluia também devem entrar nessa lista. Com apenas 500 metros de extensão ela é considerada uma das melhores praias de Salvador e a Barraca do Lôro completa o sucesso da programação. 

acarajé tradicional brasileiro

Acarajé tradicional em Salvador.

  1. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Discretamente “disfarçada” entre tantas outras belezas da Cidade Maravilhosa, a Prainha fica no finzinho do Recreio dos Bandeirantes e é um ótimo exemplo de concorrência dos surfistas. Dica: se não chegar bem cedo é quase impossível encontrar lugar para estacionar. Já que está na área, considere visitar o encantador Museu Casa do Pontal, considerado o maior e mais significativo museu de arte popular do país.

  1. Guarujá, São Paulo

A natureza foi generosa no litoral sul paulista e a recompensa, ainda na década de 70, veio com o título de “Pérola do Atlântico”. As ondas fortes do mar agitado da Praia do Tombo são alguns dos tesouros para quem procura um bom surf. A beleza do cenário formado por muito verde e paisagens impecáveis podem ser contempladas do alto do Morro do Maluf, do Mirante da Gávea ou da Ponta das Galhetas.

Pôr do sol no Guarujá

10. São Sebastião, São Paulo

As 33 praias do litoral norte também estão com a bola toda. Ou melhor, com muita onda. Conhecida como umas das praias mais famosas de São Sebastião, Maresias é o point da galera mais jovem e, principalmente, da meca do surf. Para aproveitar o máximo dos famosos tubos rápidos para a direita, evite os finais de semana. E para encher a barriga, tem os pratos super bem servidos do Terral e as dezenas de sabores delicioso dos sorvetes do Rochinha.

  1. Ubatuba, São Paulo

Chamada por muitos de capital paulista do surf, orgulhosa de suas mais de 100 praias, alguns dos destaques de Ubatuba são as ondas encontradas em Itamambuca, no Félix e na Vermelha do Norte.  Se tiver criança no pacote, na Vermelha do Norte tem o parque aquático Red Beach. E se estiver com fome, a receita caiçara Azul Marinho (peixe com banana) – que virou patrimônio cultural – é sempre uma boa pedida.

  1. Saquarema, Rio de Janeiro

Já Saquarema leva a fama de capital do surf brasileiro e, para os mais íntimos, o ‘Maracanã do Surf’. Nada é por acaso. Na praia de Itaúna, um dos picos mais concorridos, as ondas chegam a três metros. E para apreciar um dos visuais mais lindos da Região dos Lagos, suba no morro entre Itaúna e a Vila. Quem disse que você tem que se contentar só com as vistas dos tradicionais hotéis no Rio de Janeiro.

  1. Florianópolis, Santa Catarina

No quesito surf a capital de Santa Catarina é privilegiada já que recebe ondas do sul e do leste praticamente o ano inteiro. Bino, diga-se de passagem, realizou o sonho de vencer uma das etapas do campeonato brasileiro nas famosas ondas da Joaquina. Outros dois destaques tanto pela beleza como pelas suas ondulações são as belíssimas praias Mole e do Campeche. Dá para aproveitar e visitar a Ilha do Campeche de barco, mergulhar e explorar as trilhas.

Joaquina

14. Garopaba, Santa Catarina

Também sede das etapas de vários campeonatos nacionais e internacionais de surf, Garopaba é um dos lugares mais disputados do litoral catarinense. A Praia de Ferrugem, por sua vez, é o paraíso dos surfistas e de gente bonita. A noite por lá é longa e a moçada fica até o amanhecer. Um pouco mais ao norte, outra atividade bem divertida é descer as enormes dunas de Siriú de sandboard. 

  1. Imbituba, Santa Catarina

Tão lindo quanto, o mar de Imbituba também recebe os que gostam de “voar” sobre as ondas praticando windsurf e kitesurf. Mas, claro, as águas azuis do mar aberto da incrivelmente bela praia do Rosa é onde os surfistas se encontram. Quem também dá as caras por lá são as baleias francas, entre os meses de junho e novembro elas aparecem para procriar. E que tal explorar esse paraíso de bike? A Rosa EcoAdventure oferece vários passeios interessantes.

  1. Torres, Rio Grande do Sul

Dispensando muitas apresentações, foi na praia dos Molhes em Torres que Bino conquistou a etapa decisiva do circuito do campeonato brasileiro. É fácil identificar onde estão as ondas notando a concentração no canto direito da praia. Além da cidade ficar muito mais calma fora do verão, entre abril e dezembro é quando são oferecidos os passeios para visitar os lobos e leões-marinhos na Ilha dos Lobos.

Expedia Brasil

Expedia Brasil

Bem-vindos ao site Viajando com a Expedia - Aqui, você encontrará todas as dicas e conselhos de viagem da nossa rede de especialistas do mundo todo, além das novidades sobre as novas tendências de viagem e as ùltimas notìcias sobre os problemas enfrentados pela indùstria do turismo. Viajando com a Expedia traz também milhares de informaçöes e recursos para que você possa desfrutar ao máximo de sua próxima viagem. Aproveite e explore o que a Expedia tem a oferecer!.
Expedia Brasil

Últimos posts por Expedia Brasil (veja todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *