Corniche atração do Catar

10 curiosidades sobre o Catar

Com voos diretos do Brasil, o Catar se tornou um dos destinos mais procurados pelos turistas brasileiros. Esse pequeno país do Oriente Médio conta com inúmeras atrações que atraem os mais variados perfis de viajantes, além de ostentar uma natureza exuberante e uma cultura riquíssima de tradições e costumes.

Para mostrar como o Catar é surpreendente e por que se tornou um destino de viagem tão desejado no mundo todo, preparamos um artigo com 10 curiosidades incríveis sobre o país e o seu povo.

Edifício do The Pearl em Doha no Catar

1. O Catar é considerado o país mais rico do mundo

De acordo com o Fundo Monetário Internacional, o Catar é o país com o maior PIB per capita do mundo, o que o coloca na primeira posição entre as nações mais ricas do planeta.

Isso se reflete diretamente nos investimentos e na estrutura do país, especialmente na capital. Doha é uma cidade repleta de construções modernas, luxuosas e com construções gigantescas, que desafiam os limites da engenharia humana.

2. O Catar fica entre o mar e o deserto

Um dos principais atrativos de uma viagem para o Catar é admirar a natureza e a geografia inigualáveis do país, que fica entre o Golfo Pérsico e o enorme Deserto de Khor Al Udeid. Essa localização garante ao Catar paisagens deslumbrantes e bem diversificadas, que vão desde um litoral com falésias e águas claras até dunas e piscinas naturais que parecem miragens em pleno deserto.

Estrada com uma praia ao fundo em Doha no Catar

3. A origem do nome “Catar”

O nome “Catar” vem de “Qatara” que, segundo a tradição, refere-se à antiga cidade de Zubarah, famosa por ter sido um importante porto comercial na região. A primeira citação conhecida da palavra foi encontrada em um mapa de Ptolomeu e indicava justamente a localização do país.

4. A história do Catar é milenar

O Catar tem uma história muito longa, que começa há 50 mil anos, com os primeiros registros de ocupação humana na região. Ao longo dos séculos, o território esteve sob domínio de diversos povos, incluindo portugueses. Em 1915, com a divisão do Império Otomano após a Primeira Guerra Mundial, os territórios catarenhos passaram a ser um protetorado britânico governado pela família Al Thani.

Em 1971, o Catar se tornou definitivamente independente da coroa britânica e se transformou em um Estado soberano, regido por uma monarquia.

5. Mais da metade da população do Catar é estrangeira

Outra curiosidade do Catar é que a sua população é dividida entre descendentes das antigas civilizações locais e estrangeiros de diversas outras origens. Isso torna o país o segundo principal destino em proporção de imigrantes no mundo todo, atrás apenas da vizinha Arábia Saudita.

A maior parte dos estrangeiros que vivem no Catar é de indianos, seguidos de nepaleses e paquistaneses. Estima-se que, pelo menos, 800 brasileiros vivam no Catar e façam parte dessa estatística.

A população é quase que totalmente urbana e o IDH do Catar é considerado um dos mais elevados do mundo.

6. O islã é a principal religião do Catar

O islã é a religião oficial do país, seguida por quase 70% da população. No entanto, devido ao grande número de estrangeiros vivendo no Catar, também é possível encontrar uma parcela considerável de hindus, cristão e budistas.

A força da fé islâmica na cultura local pode ser notada no acervo do MIA (Museum of Islamic Art), que detém o maior acervo de arte islâmica do mundo e é uma das principais atrações da capital Doha.

Vista do Museu de Arte Islâmica à noite

7. O falcão é o animal mais popular no Catar

Enquanto os cachorros e gatos são maioria entre os pets no mundo inteiro, no Catar, o falcão é que ocupa essa posição. A arte de criar o animal se chama cetraria e é uma tradição de longa data entre os povos árabes.

Porém, nesse país, a cultura parece ser ainda mais forte e presente entre a população. Em uma viagem para o Catar, por exemplo, os turistas encontram grandes exposições para a venda e o treinamento desses pássaros.

Esse é o caso do mercado Souq Waqif, o mais antigo e tradicional de Doha e um dos principais pontos turísticos da cidade, onde se encontra um espaço dedicado exclusivamente ao comércio da ave: o Falcon Souq.

8. O Souq Waqif é o representante máximo da cultura do Catar

O Souq Waqif é uma das principais atrações de Doha e, sem dúvidas, um dos lugares mais interessantes de todo o país. Nesse mercado típico que preservou costumes, histórias e tradições é possível, ainda hoje, encontrar o que há de mais original na cultura catari.

Porém, a cultura à mostra nos corredores do mercado não é a principal curiosidade do local. Esse mérito vai para a história por trás do nome do mercado: “Waqif” significa “em pé”. Acredita-se que o local recebeu esse nome por causa das constantes inundações do espaço pela água do mar, o que obrigava os mercadores a trabalharem sempre em pé.

9. As casas tradicionais no Catar são amarelas

No Catar, as casas tradicionais de pessoas de origem catari são pintadas com tons de amarelo. A explicação para isso é que alguns costumes árabes remetem as cores à essência do pequeno emirado: o deserto.

Essas construções costumam ser bem amplas e ficam nos subúrbios de Doha e de outras cidades do país. Já no coração da capital, principal centro econômico do Catar, a arquitetura é marcada por arranha-céus modernos e edifícios luxuosos, entre hotéis e grandes prédios comerciais.

10. O Catar é considerado o país mais seguro do mundo

O Catar é um dos países com menor risco de incidentes relacionados a desastres naturais. Isso ocorre devido a sua posição privilegiada e protegida pelo Golfo Pérsico e por outros aspectos da geografia do país.

Quer ver essas curiosidades de perto? Comece a planejar sua viagem para o Catar, descubra tudo o que essa joia do Oriente Médio oferece e volte com muitas histórias para contar.

Autor

Expedia Brasil

Adoramos viajar e queremos ajudar você a planejar suas férias com dicas e informações interessantes sobre destinos no Brasil e no mundo. Leia os nossos artigos e prepare-se para a sua próxima aventura!

Anterior Melhores praias para passar o réveillon em Santa Catarina
Próximo Óleo no Nordeste: tudo o que você precisa saber

0 Comentários

Ainda sem comentários

Deixe um comentário